conecte-se conosco


POLÍTICA NACIONAL

Saiba quem era Jerominho, ex-vereador assassinado no Rio

Publicado

Jerominho foi assassinado na zona oeste do Rio de Janeiro nesta quinta-feira (04)
Reprodução – 04/08/2022

Jerominho foi assassinado na zona oeste do Rio de Janeiro nesta quinta-feira (04)

ex-vereador Jerônimo Guimarães Filho, de 73 anos, conhecido como Jerominho, foi assassinado a tiros na Estrada Guandu do Sapé, em Campo Grande (RJ), nesta quinta-feira (4). Ele e o irmão, Natalino Guimarães (ex-deputado) foram condenados por serem fundadores da milícia conhecida como Liga da Justiça.

Jerominho era ex-policial civil e ex-vereador do Rio. Ele ingressou na política em 1998, quando concorreu a deputado estadual pelo PSC e não foi eleito. Em 2000, ele conseguiu se eleger vereador pelo MDB, com 20.560 votos. Em 2004 foi reeleito.

Em 26 de dezembro de 2007, durante o segundo mandato (2004-2008), Jerominho foi preso acusado de chefiar a Liga da Justiça, uma famosa milícia da zona oeste do Rio, junto com seu irmão Natalino. O ex-vereador cumpriu pena por 11 anos, entre 2007 e 2018. 

Jerominho foi uma das 225 pessoas incriminadas pela Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Milícias. A comissão foi criada pela Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) e presidida pelo então deputado estadual Marcelo Freixo (então no PSOL) em 2008. 

O ex-policial voltou a ser preso em 27 de janeiro deste ano. Ele era acusado de um crime cometido em 2005 (extorsão praticada com uso de arma de fogo, contra motoristas de van). Foi libertado em 1º de fevereiro, após a Justiça concluir que ele já havia cumprido essa pena.

Em 25 de janeiro, Jerominho tinha anunciado que pretendia disputar as eleições de 2022 e se candidatar a deputado federal pelo Patriota.

Nesta quinta, o ex-vereador foi baleado em frente à instituição que mantinha, na Estrada Guandu do Sapé, zona oeste do Rio, por volta das 15h. Ele foi atingido no abdômen e na perna. Um cunhado do político, que estava ao lado, também foi ferido e segue estável. Jerominho foi levado ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos. Os atiradores fugiram e ainda não foram identificados.

Jerônimo Guimarães Filho foi socorrido após ser baleado, mas não resistiu aos ferimentos
Reprodução

Jerônimo Guimarães Filho foi socorrido após ser baleado, mas não resistiu aos ferimentos

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.


Fonte: IG Política

Comentários Facebook
publicidade

POLÍTICA NACIONAL

Haddad assume compromisso com Boulos

Publicado

Haddad diz que apoiará Boulos em 2024
Reprodução/YouTube – 17.08.2022

Haddad diz que apoiará Boulos em 2024

Nesta quarta-feira (17), o candidato ao governo de São Paulo Fernando Haddad (PT) afirmou publicamente que apoiará a candidatura de Guilherme Boulos (PSOL) para a prefeitura de São Paulo, em 2024. A declaração foi dada em sabatina realizada pelo jornal O Globo, Valor Econômico e Rádio CBN.

Durante a entrevista, o ex-prefeito foi perguntado se o Partido dos Trabalhadores ficaria sem candidato na capital paulista para estar no mesmo palanque que o psolista, que abriu mão da candidatura ao Palácio dos Bandeirantes para apoiar o petista na corrida eleitoral deste ano.

Haddad garantiu que negociou com Boulos e se comprometeu a apoiá-lo em 2024, independentemente do resultado da eleição deste ano. O ex-ministro da Educação deixou claro que, além dele, o PT também avisou que não lançará nenhum nome para concorrer ao cargo de prefeito.

“Eu vou apoiar, vou estar no palanque dele [Boulos], qualquer que seja o resultado da eleição, porque eu assumi um compromisso pessoal, e o PT também”, resumiu o candidato.

No ano passado, o psolista se colocou como pré-candidato ao governo de São Paulo, mas se retirou da disputa para concorrer ao cargo de deputado federal, tendo como objetivo ser o nome mais votado.

Desta forma, o PSOL passou a fazer parte da coligação que apoia Haddad. Agora a expectativa é que o PT cumpra o combinado e esteja com Boulos na corrida eleitoral de 2024 para a prefeitura da capital paulista.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Fonte: IG Política

Comentários Facebook
Continue lendo

POLÍTICA NACIONAL

Lula diz que vai melhorar o país e chama Bolsonaro de “tralha”

Publicado

Lula detonou Bolsonaro
Reprodução/YouTube – 17.08.2022

Lula detonou Bolsonaro

Nesta quarta-feira (17), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) disse que o Brasil tem totais condições para “deixar de ser pequeno” mundialmente e que o país não está conseguindo se desenvolver por “incapacidade” e pela “falta de gestão” do presidente Jair Bolsonaro (PL).

“Este país está pronto [para voltar a crescer], é só tirar essa tralha que tem lá e colocar a gente no lugar que vocês vão ver como vamos melhorar este país”, disse o petista na fundação Perseu Abramo no encontro com empresários de micro, pequenos e médios empreendimentos.

Ele relatou que tem muita experiência porque governo o Brasil por oito anos e agora terá a “a experiência” de Geraldo Alckmin (PSB), que foi governador de São Paulo em quatro oportunidades. “A vantagem é que vai ter dois caras que gostam de conversar, então é o momento oportuno de fazer a pauta de reivindicações”, destacou.

O ex-presidente ressaltou que sua maior preocupação é a questão econômica. Na avaliação dele, seu plano é controlar a inflação, diminuir o desemprego e permitir com que as empresas se desenvolvam.

“Vamos voltar a fazer com que os bancos públicos atuem como bancos públicos. Não queremos que eles deem prejuízo, mas que prestem uma função social a este país. O BNDES, por exemplo, vai ter que deixar de fazer empréstimos para grandes empresas e vai ter que se dedicar a pequenos e médios negócios, porque o restante pode pegar empréstimo em dólar em qualquer banco”, completou.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Fonte: IG Política

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana