conecte-se conosco


POLÍTICA NACIONAL

Mourão manda recado para Moraes: “Se comporte de acordo com as regras”

Publicado

Vice-presidente, Hamilton Mourão
MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL

Vice-presidente, Hamilton Mourão

Nesta segunda-feira (1°), o vice-presidente Hamilton Mourão (Republicanos) disse que espera que o ministro Alexandre de Moraes siga as regras quando se tornar presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral). O magistrado foi eleito para o cargo em junho e assumirá em 16 de agosto, sendo responsável pelo comando da corrida eleitoral.

“Eu espero que ele [Moraes] se comporte de acordo com as regras. Ele não tem o VAR  [árbitro assistente de vídeo, da sigla em inglês Video Assistant Referee]. Ele é o juiz e não tem VAR. Tem que ser bem circunspecto e bem atento em todas as coisas que tem que fazer”, afirmou Mourão ao conversar com jornalistas na entrada do Palácio do Planalto.

O vice-presidente não quis fazer críticas diretas a Moraes, mas o provocou ao fazer questionamentos sobre o inquérito das fake news. O ministro é o responsável pela relatoria da investigação sobre informações falsas contra membros do Supremo Tribunal Federal.

“Eu critico é a questão, por exemplo, desse inquérito que eu julgo que está totalmente errado. A pessoa ser responsável pelo inquérito, denunciar e julgar quando ele também é um dos ofendidos no inquérito. Então, eu acho meio complicado isso aí. Acho que isso é poder demais e o poder demais ele corrompe”, comentou.

Bolsonaro foi o responsável por divulgar informações mentirosas sobre o processo eleitoral do Brasil em live feita em julho do ano passado. Em maio deste ano, Moraes juntou o inquérito sobre as declarações do presidente com a investigação que analisa suposta atuação deu ma milícia digital contra a democracia.

Mourão e a carta pela democracia

O vice-presidente também se manifestou sobre a carta pela democracia . Ele disse que há um “pânico desnecessário”. Ele demonstrou descontentamento com o manifesto pró-democracia feito pela Faculdade de Direito da USP (Universidade de São Paulo), conquistando mais de 630 mil assinaturas.


Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Fonte: IG Política

Comentários Facebook
publicidade

POLÍTICA NACIONAL

Haddad assume compromisso com Boulos

Publicado

Haddad diz que apoiará Boulos em 2024
Reprodução/YouTube – 17.08.2022

Haddad diz que apoiará Boulos em 2024

Nesta quarta-feira (17), o candidato ao governo de São Paulo Fernando Haddad (PT) afirmou publicamente que apoiará a candidatura de Guilherme Boulos (PSOL) para a prefeitura de São Paulo, em 2024. A declaração foi dada em sabatina realizada pelo jornal O Globo, Valor Econômico e Rádio CBN.

Durante a entrevista, o ex-prefeito foi perguntado se o Partido dos Trabalhadores ficaria sem candidato na capital paulista para estar no mesmo palanque que o psolista, que abriu mão da candidatura ao Palácio dos Bandeirantes para apoiar o petista na corrida eleitoral deste ano.

Haddad garantiu que negociou com Boulos e se comprometeu a apoiá-lo em 2024, independentemente do resultado da eleição deste ano. O ex-ministro da Educação deixou claro que, além dele, o PT também avisou que não lançará nenhum nome para concorrer ao cargo de prefeito.

“Eu vou apoiar, vou estar no palanque dele [Boulos], qualquer que seja o resultado da eleição, porque eu assumi um compromisso pessoal, e o PT também”, resumiu o candidato.

No ano passado, o psolista se colocou como pré-candidato ao governo de São Paulo, mas se retirou da disputa para concorrer ao cargo de deputado federal, tendo como objetivo ser o nome mais votado.

Desta forma, o PSOL passou a fazer parte da coligação que apoia Haddad. Agora a expectativa é que o PT cumpra o combinado e esteja com Boulos na corrida eleitoral de 2024 para a prefeitura da capital paulista.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Fonte: IG Política

Comentários Facebook
Continue lendo

POLÍTICA NACIONAL

Lula diz que vai melhorar o país e chama Bolsonaro de “tralha”

Publicado

Lula detonou Bolsonaro
Reprodução/YouTube – 17.08.2022

Lula detonou Bolsonaro

Nesta quarta-feira (17), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) disse que o Brasil tem totais condições para “deixar de ser pequeno” mundialmente e que o país não está conseguindo se desenvolver por “incapacidade” e pela “falta de gestão” do presidente Jair Bolsonaro (PL).

“Este país está pronto [para voltar a crescer], é só tirar essa tralha que tem lá e colocar a gente no lugar que vocês vão ver como vamos melhorar este país”, disse o petista na fundação Perseu Abramo no encontro com empresários de micro, pequenos e médios empreendimentos.

Ele relatou que tem muita experiência porque governo o Brasil por oito anos e agora terá a “a experiência” de Geraldo Alckmin (PSB), que foi governador de São Paulo em quatro oportunidades. “A vantagem é que vai ter dois caras que gostam de conversar, então é o momento oportuno de fazer a pauta de reivindicações”, destacou.

O ex-presidente ressaltou que sua maior preocupação é a questão econômica. Na avaliação dele, seu plano é controlar a inflação, diminuir o desemprego e permitir com que as empresas se desenvolvam.

“Vamos voltar a fazer com que os bancos públicos atuem como bancos públicos. Não queremos que eles deem prejuízo, mas que prestem uma função social a este país. O BNDES, por exemplo, vai ter que deixar de fazer empréstimos para grandes empresas e vai ter que se dedicar a pequenos e médios negócios, porque o restante pode pegar empréstimo em dólar em qualquer banco”, completou.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Fonte: IG Política

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana