conecte-se conosco


POLÍTICA NACIONAL

Vídeo: Em meio à guerra com Molon, Ceciliano ganha apoio de Lula

Publicado

Lula ao lado de Ceciliano
Ricardo Stuckert/Twitter

Lula ao lado de Ceciliano

Nesta sexta-feira (22), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) voltou a afirmar que seu candidato ao Senado no Rio de Janeiro é o presidente da Alerj (Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro), André Ceciliano (PT). A posição do pré-candidato à presidência ocorre no mesmo período em que o Partido dos Trabalhadores suspendeu a convenção para oficializar o apoio a Marcelo Freixo ao governo fluminense.

Em vídeo enviado ao deputado, o petista reafirmou que Ceciliano será o único candidato ao Senado apoiado por ele no estado. Essa é uma resposta para a insistência do PSB em manter a pré-candidatura de Alessandro Molon para o cargo de senador.

“O senador que nós temos no Rio de Janeiro é André Ceciliano, atual presidente da Assembleia Legislativa, um companheiro que fez um verdadeiro milagre como presidente da Assembleia, unificando a Assembleia, ajudando todos os prefeitos do Rio de Janeiro, ajudando as universidades e fazendo aquilo que o Estado deveria fazer e não fez”, disse Lula.


No dia 7 de julho, o ex-presidente participou de um ato no Rio ao lado de Freixo e Ceciliano, deixando claro que apoiaria os dois, descartando totalmente a chance de estar no mesmo palanque que Molon.

Freixo também destacou que, em sua chapa, estaria o presidente da Alerj porque, na visão dele, é preciso de um candidato ao Senado que seja de total confiança do ex-presidente da República.

Leia mais:  MPRJ mantém condenação de Anthony Garotinho

Porém, Molon insiste em manter seu nome . O argumento usado por ele é que está em segundo lugar nas pesquisas, enquanto Ceciliano não consegue passar da quarta colocação.

O PT faria uma convenção para confirmar o apoio a Freixo no dia 25 de julho. No entanto, a sigla decidiu adiar o evento para poder solucionar o impasse . O diretório petista acusa o PSB de ter  traído o acordo e há chance das duas siglas romperem no estado fluminense.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. Siga também o perfil geral do Portal iG .

Fonte: IG Política

Comentários Facebook
publicidade

POLÍTICA NACIONAL

Aprovação do governo é maior entre quem recebe auxílio, diz PoderData

Publicado

Jair Bolsonaro
Isac Nóbrega/PR – 07.06.2022

Jair Bolsonaro

A primeira rodada da pesquisa PoderData, após início do pagamento do Auxílio Brasil com reajuste para R$ 600, mostra que o governo de Jair Bolsonaro (PL) está mais bem avaliado entre quem recebe o benefício do que entre a população em geral. Segundo o levantamento, que foi realizado entre 14 e 16 de agosto de 2022, a taxa de aprovação da atual gestão atual é de 45% entre as pessoas que receberam algum pagamento do programa substituto do Bolsa Família no último mês.

Já a taxa de desaprovação do governo nesse grupo é de 51%. No entanto, a pesquisa aponta um movimento favorável à administração Bolsonaro nos últimos 15 dias.

O levantamento aponta, ainda, um crescimento de Bolsonaro entre os beneficiários em termos de intenção de voto. Há duas semanas, o mandatário tinha 25% nesse grupo. Agora, são 39%.

Os dados da pesquisa foram coletados através de ligações para celulares e telefones fixos. Foram 3.500 entrevistas em 331 municípios nas 27 unidades da Federação. A margem de erro é de 2 pontos percentuais parta mais ou para menos. O intervalo de confiança é de 95%. O registro no TSE é BR-02548/2022

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Fonte: IG Política

Comentários Facebook
Leia mais:  Evento com Lula é cancelado por causa de segurança
Continue lendo

POLÍTICA NACIONAL

PoderData: 56% desaprovam governo de Jair Bolsonaro

Publicado

PoderData: 56% desaprovam governo de Jair Bolsonaro
MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL

PoderData: 56% desaprovam governo de Jair Bolsonaro

O governo de  Jair Bolsonaro (PL) é desaprovado por 56% do eleitorado brasileiro, de acordo pesquisa PoderData realizada de 14 a 16 de agosto. Além disso, 40% aprovam a gestão do atual presidente.

De acordo com a pesquisa, a aprovação do governo é ligeiramente mais favorável entre os beneficiários do Auxílio Brasil: 45% aprovam e 51% desaprovam.

Veja em quais grupos Bolsonaro tem mais dificuldade:

  • sexo – só 34% das mulheres aprovam o governo; entre homens, a taxa sobe para 46%
  • idade – aprovação é mais alta entre os adultos de 25 a 44 anos (47%)
  • região – moradores do Nordeste (61%) são os que mais desaprovam a gestão Bolsonaro
  • renda – desaprovação é de 61% entre os que têm renda familiar de até 2 salários mínimos

Os dados foram coletados de 14 a 16 de agosto de 2022, por meio de ligações para celulares e telefones fixos. Foram 3,5 mil entrevistas em 331 municípios nas 27 unidades da Federação. A margem de erro é de 2 pontos percentuais. O registro no TSE é BR-02548/2022.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Fonte: IG Política

Comentários Facebook
Leia mais:  Tebet diz que Lula e Bolsonaro se "alimentam do radicalismo"
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana