conecte-se conosco


CUIABÁ

Mudança de modal não apresenta consistência técnica, aponta ex-secretário nacional de Mobilidade

Publicado

Dando continuidade ao ciclo de debates técnicos da Conferência Municipal Sobre o Modal de Transporte Público (VLT X BRT), realizada nesta quinta-feira (07), o ex-secretário da Secretaria Nacional de Mobilidade e Serviços Urbanos e secretário-geral da Associação Latino-Americana de Ferrovias (ALAF), Jean Carlos Pejo, avalia que o projeto BRT não possui nenhuma consistência técnica.

“Quando foi apresentado pelo Governo, em dezembro de 2020, a substituição do sistema VLT e a implementação do sistema BRT, infelizmente, aquilo faltou transparência. Aquilo que foi apresentado demonstrou um total desconhecimento sobre o que é o sistema VLT, através de um jogo de números incorretos em que comparavam as comparações de vantagens do sistema VLT com o BRT não condizem com a realidade. Em algumas entrevistas eu dizia que, infelizmente, com todo respeito às pessoas de Mato Grosso, mas é um BRT monstro. O que nos parece é que o que foi apresentado como base para esse empreendimento, foi típico de um ajuste de contas para permitir que fosse construído um sistema que coubesse no orçamento que foi falado anteriormente, porque se fosse fazer um BRT de verdade, provavelmente, o orçamento apresentado seria muito maior”, destaca Pojo.  

“Para completar esse cenário, tudo isso praticamente pronto, com todo o sistema elétrico fornecido e com todos os trens entregues e mantidos em condição satisfatória, só restando uma parte pequena de conclusão. Realmente me chamou muito a atenção quando foi tomada a decisão de que para ter continuidade no processo do BRT foi antecipado o pagamento de uma dívida com a Caixa Econômica Federal, em um valor que permitia concluir o primeiro trecho da obra se tivesse utilizado esse recurso e hoje o modal teria sido entregue para a sociedade que diuturnamente está na fila de ônibus”, acrescenta o especialista.

Leia mais:  Cuiabá pretende ampliar cobertura vacinal com Campanha de Vacinação contra a Poliomielite e Multivacinação

A mesma opinião é compartilhada pelo presidente da Associação Brasileira da Indústria Ferroviária (Abifer), Vicente Abate, que também elenca que a licitação para implantação do BRT não possui base técnica.“Foram elencados vários atributos, todos sem consistência técnica nenhuma, tanto é que não existe projeto básico funcional executivo, que a própria licitação que está suspensa pede para que as empresas apresentem os projetos executivos, questão de licenças ambientais e desapropriações. Então, se tivesse um projeto executivo não precisaria ser pedido agora depois de quase dois anos”, pontuou.

Representando a Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), o deputado estadual Carlos Avallone, esteve presente na Conferência e falou sobre a importância do debate. “É muito importante esse debate, uma vez que essa discussão sobre VLT x BRT vem se arrastando por muito tempo e a sociedade vem pagando um preço por isso. A cidade de Cuiabá ainda tomou algumas precauções, cuidou um pouco mais da parte urbana, mas lá na Avenida da FEB os várzea-grandenses e quem passa por lá sofrem com aquela situação. Então, esse é um assunto que precisa ter uma solução definitiva e a Assembleia é uma parte importante nessa discussão”, disse Avallone.

O prefeito Emanuel Pinheiro afirma que o principal objetivo do evento é garantir transparência às informações e apresentar, de fato, as vantagens e ou desvantagens dos dois modais, a fim de promover a cidadania e dignidade para quem depende do transporte público.

“Essa Conferência Municipal é voltada exclusivamente para o povo e para a sociedade. Não é para nenhuma autoridade, prefeito, vereador ou Governo. É uma contribuição que a Prefeitura de Cuiabá, com a realização desse encontro, dá para colocar luz no debate sobre a escolha do melhor modal de transporte. O Brasil está colocando luz, para que Cuiabá possa sair das trevas desse embate que já dura cerca de dez anos, com 44 vagões parados e um projeto já aprovado”, declarou o prefeito.

Leia mais:  Secretaria de Meio Ambiente lança questionário sobre Plano Diretor de Arborização

Fonte: Prefeitura de Cuiabá MT

Comentários Facebook
publicidade

CUIABÁ

Membros do Conselho Municipal de Educação de Cuiabá participam de formação continuada

Publicado

O Conselho Municipal de Educação de Cuiabá (CME) realiza nesta quinta e sexta-feira (18 e 19), no Hotel Mato Grosso Palace, a formação continuada para conselheiros. A atividade é uma ação da gestão do biênio 2021/2023.

A presidente do Conselho Municipal de Educação, Andrea dos Santos, explica que a atual composição do órgão deliberativo é bastante plural, por isso a necessidade da formação. “Além do mais, é imprescindível que possamos subsidiar a formação dos conselheiros, contribuindo para que eles adquiram conhecimento necessário para atuação e exercício de suas atribuições e competências”, destacou Andrea dos Santos.

O foco desta etapa da formação continuada é a construção de saberes para que os conselheiros possam analisar, normatizar e emitir pareceres, contribuindo com a melhoria das ações no âmbito municipal e na garantia dos direitos à educação e fortalecimento do Sistema Municipal de Ensino de Cuiabá. 

Programação

Na programação do evento, que começa às 8h, com a abertura oficial, será realizado um painel com o tema “O papel do conselheiro no fortalecimento dos órgãos de controle social”. Esse painel contará com a participação da doutora em Controle Social, Cassyra Lúcia C. Barros Vuolo, e da Prof.ª Dra. Gilvânia Nascimento, Diretora de Legislação e Normas da União Nacional dos Conselhos Municipais de Educação da Bahia (UNCME – BA).

No período da tarde, será feito um panorama sobre a “Organização da Educação Brasileira com foco no Sistema Municipal de Ensino e Introdução às Bases Legais”, com palestra ministrada pelo Prof. Me. Geraldo Grossi Junior e pelo Prof. Ilder de Oliveira Barros.

No dia 19, no período da manhã, a presidente do Conselho Municipal de Cuiabá, Prof.ª Me. Andréa dos Santos, abordará o tema “A BNCC nos novos Currículos com foco na análise dos processos de autorização e respectivas renovações, a fim de garantir sua implementação nos Projetos Políticos Pedagógicos das Unidades Educacionais do Sistema Municipal de Ensino de Cuiabá”. 

Leia mais:  Secretaria de Meio Ambiente lança questionário sobre Plano Diretor de Arborização

No período da tarde, a Prof.ª Esp. Annyê Moraes G. César trabalhará com o tema “Ánálise Processual e seus respectivos produtos” e em seguida, será apresentado um case sobre o tema com o objetivo de elaboração prática de Pareceres e Despachos para os Atos Autorizativos.

“Com essa formação avançamos e saímos na vanguarda dos Conselhos Municipais de Educação de todo o Brasil, de forma inédita, com a elaboração do Planejamento Estratégico em colaboração com as equipes das Secretaria Municipal de Planejamento e de Educação de Cuiabá”, salientou a presidente do Conselho.

Conselho Municipal de Educação

O Conselho Municipal de Educação de Cuiabá tem como finalidade assegurar aos grupos representativos da sociedade civil e poder público municipal o diálogo e o direito de participar na definição e acompanhamento da execução das políticas públicas, concorrendo para elevar a qualidade dos serviços educacionais.

O órgão é formado por 17 membros e seus respectivos suplentes, que representam a Secretaria Municipal de Educação de Cuiabá; o Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Público (Sintep); o Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino (Sinepe); Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino (Sintrae); Conselho Municipal de Promoção da Igualdade Racial (CMPIR); representação de pais de alunos da Educação Básica Municipal; representação dos Estudantes Secundaristas (UBES); Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Cuiabá (CMDCA) e representante do Colegiado de Diretores da Secretaria Municipal de Educação.

Serviço

Formação Continuada para Conselheiros Municipais de Educação de Cuiabá

Data: 18 e 19/08

Hora: 8h (abertura)

Local: Mato Grosso Palace Hotel

Fonte: Prefeitura de Cuiabá MT

Comentários Facebook
Continue lendo

CUIABÁ

Sugestão de Pauta: Prefeito Emanuel Pinheiro entrega reforma geral do CEIC Ale Guilherme

Publicado

O prefeito Emanuel Pinheiro entrega nesta quinta-feira (18), às 18h, a obra de reforma geral do Centro Educacional Infantil Cuiabano (CEIC) Ale Guilherme Arfux da Costa Ribeiro. Localizada no bairro Jardim União, Regional Norte, a unidade oferece as etapas do Maternal, Jardim I e Jardim II, faixa etária de 0 a 3 anos e 11 meses, com capacidade para atender 138 crianças.

A obra de reforma geral da unidade foi iniciada em julho de 2021 e contou com investimento de recursos próprios do Município.

A reforma geral compreendeu a ampliação da capacidade de atendimento da unidade, que passou de duas para quatro salas de atividades; reforma e readequação da cozinha e despensas; reforma geral dos banheiros coletivos; reforma geral da cobertura, com a troca das telhas para telhas termoacústicas; ampliação do pátio externo; criação de área para descanso dos funcionários; adequação da acessibilidade; novo paisagismo; pintura geral; construção de novo e amplo parquinho; reparos  e ampliação dos muros da unidade; além da construção de uma torre de caixa d’água, que aumentou o volume do reservatório para 20 mil litros.

A unidade ganhou também novos equipamentos destinados ao uso em escala infantil, como louças sanitárias, pias, bancadas e acessórios em geral.

Serviço

Entrega da Reforma Geral do Centro Educacional Infantil Cuiabano (CEIC) Ale Guilherme Arfux da Costa Ribeiro

Dia: quinta-feira (18)

Hora: 18h

Endereço: Rua Rodrigues de Campos, nº 14, bairro Jardim União

 

Fonte: Prefeitura de Cuiabá MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Cuiabá pretende ampliar cobertura vacinal com Campanha de Vacinação contra a Poliomielite e Multivacinação
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana