conecte-se conosco


CUIABÁ

Grupo de mães e profissionais da saúde organizam Caminhada Pela Amamentação em Cuiabá

Publicado

Para dar as boas-vindas ao Agosto Dourado, mês que marca a defesa e promoção do aleitamento materno, o Grupo de Apoio Supermães, organização não-governamental (ONG) composta por mães, e diversos apoiadores estão organizando a “Caminhada pela Amamentação”, no próximo dia 30 de julho, a partir das 7h30, no Parque Tia Nair, em Cuiabá. O evento é aberto à toda sociedade, principalmente gestantes, puérperas, mães que amamentam e seus familiares e amigos. 

Além da caminhada, o evento contará com diversos atrativos, como pintura de barriga para gestantes e de seio para lactantes, exercícios aeróbicos, exposição de mães empreendedoras, orientações em amamentação, entre outros. 

Com o tema “Proteção ao aleitamento materno é dever de todos nós”, o grupo pretende chamar a atenção de toda a comunidade para a importância da rede de apoio em prol da mãe lactante, principalmente a puérpera (mãe com bebê de até 45 dias), por se tratar de uma fase em que a mulher encontra se fragilizada física e emocionalmente e mais suscetível às interferências negativas sobre a amamentação. 

De acordo com a presidenta do Grupo de Apoio Supermães, Josemara Lima, o evento marca o início do mês de conscientização do apoio e proteção ao aleitamento materno, o Agosto Dourado, e tem por objetivo ampliar e fortalecer a rede de apoio materna. “Quanto mais apoiadas e informadas as mães estiverem, maior será o tempo de amamentação, logo, mais proteção para mãe e bebê. Esperamos o comprometimento de todos, pois cuidar da saúde da criança traz um ganho social e em saúde pública para toda sociedade, é um dever a ser protegido por todos”, afirma. 

A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda que o aleitamento materno seja exclusivo, ou seja, o único alimento do bebê até os 6 meses de vida e complementar pelo menos até 2 anos de idade. Isso porque estudos mostram que a prática reduz a mortalidade até os cinco anos, evita diarreia e infecções respiratórias, diminui o risco de alergias, diabetes, colesterol alto e hipertensão, leva a uma melhor nutrição e reduz a chance de obesidade. Além disso, o ato contribui para o desenvolvimento da cavidade bucal do pequeno e promove o vínculo afetivo entre a mãe e o bebê. Para a mulher, amamentar ajuda a prevenir o câncer de mama e do colo do útero.

Leia mais:  Sugestão de Pauta: Secretaria Municipal da Mulher lança a campanha "Agosto Lilás" nesta segunda-feira (8)

De acordo com a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), além de benefícios para a saúde da mãe e do bebê, o aleitamento materno beneficia a saúde do planeta, uma vez que nessa prática não há necessidade de desmatamento para criar áreas de pastagem para o gado leiteiro, nem liberação de grandes quantidades de substâncias poluentes na atmosfera, nem requer produção em massa pelo setor industrial de derivados lácteos. Além disso, não há desperdício de água, nem de energia para fabricação do leite ou mesmo para fervura, durante a sua preparação. Não é preciso combustível para transporte de matéria-prima nem do produto em si. Para a economia familiar, o leite materno é de longe mais vantajoso do que o leite artificial, as chamadas fórmulas, por ser gratuito e não precisar de embalagens plásticas.

A Caminhada pela Amamentação conta com o apoio do Sindicato dos Servidores Públicos da Saúde do Estado de Mato Grosso (Sisma-MT), Associação de Doulas de Mato Grosso (Adomato), Doulas Para Elas, Marília Coach RitBox, Centro Educacional Recanto Kids, Prefeitura de Cuiabá, Secretaria de Estado de Saúde (SES), Água Lebrinha, Grupo Do Ventre ao Coração e IBFAN Brasil.

Serviço:

O quê: Caminhada Pela Amamentação 

Quando: 30 de julho (sábado), a partir das 7h30

Onde: Parque Tia Nair – Avenida Érico Preza, Jardim Itália, Cuiabá. 

Evento gratuito

Fonte: Prefeitura de Cuiabá MT

Comentários Facebook
publicidade

CUIABÁ

Secretaria de Educação realiza formação para coordenadores, professores e assessores pedagógicos que atendem a 3ª infância e meninice

Publicado

A Secretaria Municipal de Educação promove neste mês de agosto, o 4º encontro formativo para coordenadores pedagógicos e professores que atuam no ciclo de alfabetização, 3ª infância (1º e 2º Ano) e meninice (3º Ano).  A formação atende 793 profissionais da educação, sendo 97 coordenadores pedagógicos, 681 professores e 15 assessores do Ensino Fundamental de 80 unidades educacionais que desenvolvem o Programa de Alfabetização Cuiabano (ProAC), e da sede.

A secretária Municipal de Educação, Edilene de Souza Machado explicou que o Programa de Alfabetização Cuiabano atende 19.843 estudantes matriculados na rede pública municipal de educação. “Nosso objetivo é assegurar a aprendizagem de todos os estudantes das turmas da 3ª infância e meninice com foco no desenvolvimento das habilidades leitoras e escritoras, visando o efetivo processo de alfabetização e letramento”, destacou a secretária Municipal de Educação, Edilene de Souza Machado.

São muitos os desafios no processo de ensino e aprendizagem do sistema de escrita alfabética e habilidades leitoras nas turmas de alfabetização, desafios que exigem do professor uma prática baseada em diferentes metodologias que dêem conta da diversidade de níveis de desenvolvimento presentes em uma turma.

De acordo com a coordenadora técnica de Ensino, Elijane Gonçalves Lopes esses desafios se acentuaram após o período de pandemia em que as aulas ocorreram no formato não presencial. “Nosso foco neste momento é a recomposição das aprendizagens que requer um processo continuo de estudo dos docentes e uma proposta de formação que possibilite e expanda os conhecimentos relacionados à prática pedagógica’ salientou a coordenadora técnica, Elijane Gonçalves Lopes.

A assessora pedagógica responsável pelo Programa de Alfabetização Cuiabano, na Coordenadoria de Organização Curricular, Mirian Januário Oliveira Krummennuer explicou que a formação tem o compromisso de aprofundar conhecimentos e desenvolver um trabalho de qualidade que assegure o direito a aprendizagem de todos os estudantes.  “A formação continuada dos professores e gestores pedagógicos é fundamental para uma prática que atenda às necessidades da contemporâneidade, com estudantes alfabetizados e letrados.”

Leia mais:  5ª edição do "Mulheres em ação" realiza mais de 1.490 atendimentos no Distrito do Sucuri

Os estudos estão sendo conduzidos pela equipe da Aprender Editora sob a coordenação da professora especialista Solange Almeida que abordará o tema, ‘As perspectivas de Alfabetização Tradicional, Construtivista e Histórico-Cultural para compreensão critica de alfabetização e letramento’.

Serviço:

4º Encontro formativo para profissionais que atuam no ciclo de alfabetização –  3ª infância (1º e 2º Ano) e meninice (3º Ano)

Dias:  08 e 15/08/2022 – Estudo para os coordenadores – Todos no período vespertino no Hotel Fazenda mato Grosso. Das 14h às 17 h.

Dias:  09 a 12 e 16 a 19/08/2022 – Formação de professores nos períodos matutino e vespertino no Hotel Fazenda Mato Grosso.

 

Fonte: Prefeitura de Cuiabá MT

Comentários Facebook
Continue lendo

CUIABÁ

Assistência Social realiza entrega de 150 cobertores para a população em situação de rua com a chegada de nova frente fria

Publicado

Com a chegada da nova frente fria, a Prefeitura de Cuiabá, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, Direitos Humanos e da Pessoa com Deficiência, inicia nesta quarta-feira (09), a distribuição de 150 cobertores da ‘Campanha Aquece Cuiabá’. As entregas serão feitas pela equipe do Centro de Referência Especializado à População em Situação de Rua- Centro Pop, a partir das 18h, em diferentes pontos de concentração da população em situação de rua.

A distribuição dos cobertores será feita enquanto permanecerem as baixas temperaturas, previstas até o final dessa semana. Desde o mês de abril, já foram distribuídos cerca de dois mil. Os locais percorridos são as regiões da Rodoviária, Porto, Praça Ipiranga e Morro da Luz.

Além dessa medida, o Executivo mantém o atendimento por meio do Centro POP. A unidade entregue no final do mês de maio desse ano, é voltada exclusivamente para atendimento desse público, onde é realizado o trabalho de busca ativa, identificação, proximidade e acolhimento dessas pessoas.

A coordenadora de Proteção Especial, Fabiana Soares, lembra que muito mais que oferecer cobertores em razão do frio, a equipe possibilita acolhimento informando sobre as unidades existentes no município. “Sempre que realizamos esses tipos de trabalhos, realizamos essa abordagem para que essas pessoas sejam encaminhadas para as nossas unidades de acolhimento para adultos como, o Manoel Miraglia, da Guia e do Porto. No entanto, nem sempre eles aceitam”, comentou Fabiana.

A equipe de abordagem social realiza a entrega de 450 refeições diariamente, sendo 300 nos pontos de concentração da população em situação de rua e 150 aos trabalhadores do Aterro Sanitário. Essa ação acontece desde o início da adoção das medidas de enfrentamento à pandemia do novo coronavírus, no mês de março de 2020.

Leia mais:  Semob realiza leilões de veículos apreendidos ou removidos nos dias 24 e 31 de agosto

“É muito gratificante perceber que de uma forma ou de outra, estamos contribuindo para oferecer dignidade a essas pessoas que dependem do poder público. Graças ao empenho da gestão Emanuel Pinheiro, estamos mantendo a tradição, oferecendo acalento para os cuiabanos acostumados com o clima quente de Cuiabá”, concluiu a secretária municipal de Assistência Social, Direitos Humanos e da Pessoa com Deficiência, Hellen Ferreira.

Fonte: Prefeitura de Cuiabá MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana