conecte-se conosco


ESPORTES

Grêmio vence a Ponte Preta e mantém sequência de invencibilidade no Brasileirão

Publicado

O Grêmio entrou em campo na tarde deste sábado, na Arena, diante de mais de 43 mil torcedores. O objetivo foi alcançado e a equipe de Roger Machado manteve a sua invencibilidade de agora 14 jogos na competição, após superar a Ponte Preta pelo placar de 2 a 1, com gols assinalados por Diego Souza e Campaz. Wallison descontou para os adversários na etapa complementar.

Com o resultado, o Tricolor somou mais três pontos, atingindo 36, mantendo seu lugar no G4, agora ocupando a vice-liderança do nacional.

Os instantes iniciais da partida foram de equilíbrio entre as duas equipes, mas o Grêmio foi quem investiu primeiro no ataque, com uma boa jogada de Villasanti, que tentou um passe em profundidade para Diego Souza – a bola acabou correndo demais e ficou com o goleiro adversário.

Já a Ponte Preta tentou pela direita, com Igor Formiga, que ia recebendo dentro da área, mas Nicolas fez a cobertura e conseguiu ganhar da marcação, cortando o perigo pela lateral.

Mas o Grêmio que imprimiu maior intensidade e superioridade no primeiro tempo da partida. Com 9 minutos jogados, foi o time de Roger Machado quem fez uma grande jogada e abriu o marcador, para a emoção dos milhares de gremistas na Arena. Diego Souza recebeu um lançamento preciso de Villasanti, dominou no peito de costas para o gol e, de bicicleta, mandou para as redes. A bola ainda tocou no goleiro e morreu no fundo do gol.

Seguindo no comando de ataque, o Tricolor chegou mais uma vez e por detalhe não ampliou a contagem. Desta vez, foi Diego Souza quem pifou e deixou Biel em condições de finalizar e mandar a gol, mas a bola passou perto e saiu pela linha de fundo.

Leia mais:  Rubro-Negro inicia a preparação para o jogo de volta das quartas da Copa do Brasil

A equipe paulista teve uma falta a seu favor próximo dos 20 minutos. Artur foi quem cobrou da intermediária, próximo a meia lua da grande área, mas carimbou a barreira, que afastou qualquer perigo da meta gremista.

Passados 25 minutos, o Grêmio ampliou os números na Arena. Após brigar pela bola no meio de campo, Villasanti levou a melhor, ganhou dos adversários e deu um lindo passe para Ferreira já na área, pela esquerda. O camisa 10 tentou tirar do goleiro e acertou a trave, mas a bola ficou viva e caiu para Campaz que completou, estufando as redes.

A Ponte Preta teve uma boa oportunidade e bola parada. Próximo à risca da meia lua da grande área, Amaral carimbou a barreira, a bola voltou para ele, que chutou de peito do pé, para a defesa de Gabriel Grando, aos 36’.

Na reta final dos primeiros 45 minutos, o Tricolor teve mais duas chances claras de gol. Primeiro, em uma falta da meia esquerda, que Bitello cobrou, procurando o ângulo da meta adversária, mas a bola subiu demais e passou por sobre o gol. Logo em seguida, Villasanti acionou Diego Souza, que fez o pivô de peito para Biel na direita. O atacante fez um cruzamento rasteiro buscando Ferreira, que por detalhe não alcançou e a bola acabou raspando a trave.

O técnico Roger Machado providenciou uma mudança no intervalo: Rodrigues entrou no lugar do Geromel.

Logo nos primeiros minutos, o Grêmio chegou com perigo, quando Campaz fez uma jogada pela meia esquerda e cruzou para Biel. O atacante entrou em velocidade, tentou de carrinho, mas não conseguiu completar a gol.

Leia mais:  Inter vence o Fluminense e volta ao G6 do Brasileirão

Aos 10 minutos, o Tricolor teve uma boa chance em cobrança de falta. Ferreira carimbou a barreira, a bola voltou para os pés do atacante que cruzou para Bruno Alves, mas a direita. O zagueiro finalizou, mas o goleiro defendeu.

Três minutos depois, a Ponte Preta conseguiu descontar, após uma cobrança de escanteio. Wallisson subiu mais que a defesa e mandou para o gol.

Duas outras mudanças no Grêmio foram feitas na equipe: Lucas Leiva e Guilherme reestrearam com a camisa tricolor, ocupando os lugares de Campaz e Biel, aos 15’.

Em uma de suas primeiras participações no jogo, Guilherme foi acionado por Diego Souza, saiu em velocidade, invadiu a área pela direita e tentou a finalização, mas a zaga cortou o lance para escanteio. Nicolas cobrou, Lucas Leiva subiu mais que todo mundo e desviou de cabeça, mandando à direita da meta.

Os paulistas tiveram uma grande chance para empatar em um erro defensivo do Tricolor, quando Echaporã se aproveitou, fez uma jogada individual e finalizou, mandando à direita do gol. Villasanti salvou e ajudou a desviar pela linha de fundo, passados 30’.

Mais uma mudança foi feita no Grêmio, quando Bitello deu lugar a Pedro Lucas, com 31 minutos.

A reta final da partida ficou equilibrada, com os gremistas mais recuados, o que possibilitou maior acesso da Ponte Preta ao campo de ataque, criando chances de gol. Em uma delas, Da Silva abriu para Echaporã, que chutou buscando o ângulo direito, mas Gabriel Grando fez boa defesa.

A última oportunidade de gol foi gremista, quando Ferreira recebeu e seguiu para o ataque, já passados 40 minutos. O camisa 10 tentou mandar a gol, mas a zaga cortou.

Leia mais:  Treinador do Fortaleza fala da dificuldade de enfrentar o Fluminense na Copa do Brasil

A última alteração foi providenciada, com Janderson ocupando o lugar de Ferreira.

O Tricolor administrou o placar e alcançou a vitória por 2 a 1. Com o resultado, são mais três pontos somados e a vice-liderança da competição.

Público total no estádio: 43.687 torcedores.

fonte: https://gremio.net/noticias/detalhes/25460/gremio-vence-a-ponte-preta-e-mantem-sequencia-de-invencibilidade-no-brasileirao-

COMENTE ABAIXO:

Fonte: Agência Esporte

Comentários Facebook
publicidade

ESPORTES

Mengão vence Athletico-PR, com golaço de Pedro e garante vaga na semifinal da Copa do Brasil

Publicado

O Flamengo foi até a Arena da Baixada e venceu o Athletico-PR por 1 a 0 na noite desta quarta-feira (17,08) e avançou para as semifinais da Copa do Brasil.

O gol do Mengão foi marcado por Pedro, no início do segundo tempo. Agora, o Rubro-Negro aguarda seu adversário, que sairá do confronto entre São Paulo e América-MG.

O jogo

O Flamengo começou a partida tomando a iniciativa de ficar com a bola, trocando passes no campo ofensivo. Aos seis minutos, o Mais Querido criou a primeira boa oportunidade. Arrascaeta dominou na intermediária, limpou a jogada e bateu para o gol. A bola passou por cima do travessão.

O Athletico parava o jogo com muitas faltas, dificultando a saída de bola do Fla. Na reta final da primeira etapa, o time rubro-negro voltou a crescer na partida e ocupava o campo de ataque em busca de espaços na defesa paranaense. Aos 38’, Everton Ribeiro lançou Gabigol pela direita, o atacante cruzou na área e Arrascaeta cabeceou para fora.

Aos 41’, Arrascaeta ajeitou para Gabigol soltar a bomba de canhota. Bento espalmou para escanteio. O Flamengo foi melhor na etapa inicial, porém o placar não saiu do zero.

O segundo tempo começou com o mesmo panorama do primeiro: o Flamengo dominando as ações e o Athletico fechado atrás esperando para descer no contra-ataque. Aos 6’, Rodinei recebeu de Everton Ribeiro e bateu cruzado. Bento deu rebote para o meio da área e Fernandinho fez o corte.

De tanto insistir, o Mengão abriu o placar com um golaço! Rodinei foi na linha de fundo e cruzou na pequena área. Pedro apareceu livre para emendar uma linda bicicleta, sem chances para o goleiro: 0 a 1.

Leia mais:  Rubro-Negro inicia a preparação para o jogo de volta das quartas da Copa do Brasil

Após o gol, o Athletico passou a sair mais para o ataque, deixando o jogo mais aberto. Aos 29’, Pedro arrancou em velocidade, ficou cara a cara com o goleiro e rolou para Gabi, que chutou na trave. Ótima oportunidade desperdiçada.

Nos minutos finais, o Athletico pressionou em busca do empate, mas o Fla conseguiu se segurar e saiu de campo com a vitória e a classificação garantida para a semifinal.

Próximo compromisso

O Mais Querido volta a campo no domingo (21) para enfrentar o Palmeiras, às 16h, no Allianz Parque, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro.

FICHA TÉCNICA: 

ATHLETICO-PR 0 x 1 FLAMENGO

Competição: Copa do Brasil – jogo de volta das quartas de final

Data e hora: 17 de agosto de 2022 (quarta-feira), às 21h30 (de Brasília)

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)

Árbitro: Raphael Claus (Fifa/SP)

Auxiliares: Danilo Ricardo Simon Manis e Neuza Ines Back (SP)

VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (SP)

Cartões amarelos: Terans, Fernandinho, Hugo Moura (ATH); João Gomes (FLA) Gol: Pedro, aos 11 minutos do primeiro tempo (FLA)

ATHLETICO: Bento; Matheus Felipe (Cuello), Thiago Heleno e Pedro Henrique; Khellven, Erick, Hugo Moura (Vitor Bueno), Fernandinho e Abner; Terans (Vitinho) e Pablo (Canobbio). Técnico: Luiz Felipe Scolari

FLAMENGO: Santos, Rodinei, Fabrício Bruno, Léo Pereira e Filipe Luís; João Gomes, Vidal (Victor Hugo), Arrascaeta (Diego) e Everton Ribeiro (Pablo); Gabigol (Everton Cebolinha) e Pedro (Lázaro). Técnico: Dorival Júnior.

Fonte: Agência Esporte

Comentários Facebook
Continue lendo

ESPORTES

Timão goleia o Atlético-GO e garante vaga na semifinal da Copa do Brasil

Publicado

A noite desta quarta-feira (17.08) foi marcante para a Fiel! O Corinthians entrou em campo para mais um desafio importante na temporada 2022 e conseguiu um resultado grandioso, pelas quartas de final da Copa do Brasil, o Timão encarou o Atlético-GO e, após derrota na partida de ida por 2 a 0, venceu diante da Fiel na Neo Química Arena por 4 a 1.

Os gols alvinegros foram marcados por Gil, na primeira etapa, e três de Yuri Alberto, na segunda.

Com a vitória por 4 a 3 na soma dos placares, o Coringão se garantiu na fase semifinal da competição nacional. O Timão não conquistava este feito desde o ano de 2018, quando foi vice-campeão. O adversário do Corinthians será o Fluminense e as datas ainda serão definidas pela CBF.

O Timão começou a partida já em busca do gol. Logo no primeiro lance de jogo, o Coringão trocou bons passes e chegou até a grande área adversária. Yuri Alberto tentou cruzamento rasteiro, mas foi bloqueado pela zaga. 

Aos dois minutos, com Róger Guedes, mais uma chegada de perigo. O camisa 10 mandou uma bomba da entrada da área e obrigou o goleiro a fazer a defesa e mandar pela linha de fundo. 

Aos cinco minutos, quem quase abriu o placar foi Yuri Alberto. O centroavante recebeu passe de Adson na entrada da área, abriu espaço e bateu cruzado, mas o goleiro mais uma vez evitou o gol alvinegro.

Os minutos seguintes seguiram com domínio corinthiano, com boas jogadas em direção ao ataque. 

Aos 35 minutos, o Coringão chegou muito perto de abrir o placar. Róger Guedes fez ótima jogada, carregou e, de fora da área mesmo, finalizou forte, mas a bola explodiu na trave esquerda do goleiro. 

Leia mais:  Cuiabá vai reencontrar o técnico Jorginho na próxima rodada do Brasileirão

O Timão tentou, tentou, e conseguiu o gol ainda na primeira etapa! Aos 41 minutos, Renato Augusto recebeu na direita, dominou e cruzou na segunda trave para Gil. O zagueiro subiu bem e testou forte para abrir o placar para o Corinthians. 1 a 0 para o Alvinegro na Neo Química Arena! 

Segundo tempo

O Corinthians iniciou a etapa complementar sem alterações e em busca do segundo gol. A primeira finalização veio logo aos dois minutos. Du Queiroz trabalhou na direita, bola sobrou para Fausto chegar batendo, mas a bola desviou na defesa do Atlético-GO. 

E na segunda finalização, o segundo gol do Corinthians! Róger Guedes foi lançado em velocidade, abriu espaço e tocou para Yuri Alberto. O atacante recebeu, invadiu a área e bateu com força. A bola passou entre as pernas do goleiro e balançou a rede. 2 a 0 pro Timão em Itaquera!

Aos oito minutos, quase o terceiro gol! Mais uma vez Gil subiu bem na grande área e cabeceou firme, mas agora o goleiro conseguiu buscar no cantinho e mandar para escanteio. 

E foi aos 10 minutos que veio o terceiro! E mais uma vez com ele, Yuri Alberto. Renato Augusto cobrou falta no meio da área e o centroavante subiu mais alto que todo mundo e desviou para ampliar a vantagem alvinegra. 3 a 0 Corinthians! 

Aos 18 minutos, a primeira alteração na equipe. Entrou Giuliano no lugar de Du Queiroz. 

E ainda tinha mais guardado para o Yuri Alberto. Aos 27 minutos, o terceiro gol do camisa 7! Gil deu chutão e Renato Augusto ajeitou de cabeça. O atacante invadiu a área do Atlético-GO e tocou com classe, por cima do goleiro. Um golaço do Corinthians na Neo Química Arena. 4 a 0! 

Em seguida, mais duas alterações no Alvinegro. Saíram Adson e Renato Augusto para as entradas de Cantillo e Gustavo Silva. 

Leia mais:  Londrina consegue empate com o Bahia no último lance

As duas últimas mudanças na equipe aconteceram aos 38 minutos. E ambas foram no ataque. Saíram Róger Guedes e o artilheiro da noite, Yuri Alberto, para as entradas de Giovane e Jr. Moraes. 

Em seguida, o Atlético-GO ainda conseguiu marcar aos 41 minutos. Depois, foi só segurar a vantagem. Goleada e classificação garantida na Copa do Brasil 2022. 

FICHA TÉCNICA 

CORINTHIANS 4×1 ATLÉTICO-GO 

Competição: Copa do Brasil (volta das quartas de final) 

Data e hora: 17 de agosto de 2022 (quarta-feira), às 21h30 (de Brasília) Local: Neo Química Arena, em São Paulo 

Árbitro: Bruno Arleu de Araujo (RJ) 

Assistentes: Guilherme Dias Camilo (MG) e Rodrigo Figueiredo Henrique Correa (RJ)

Árbitro de Vídeo (VAR): Rafael Traci (SC)

 Cartões amarelos: Wellington Rato (ATG), Raul Gustavo (COR), Yuri Alberto (COR), Giovane (COR), Cássio (COR) 

Cartões vermelhos: não houve

 Gol: Gil (COR), aos 41 min do 1° tempo; Yuri Alberto (COR), aos 4 min do 2° tempo, aos 11 min do 2° tempo e aos 26 min do 2° tempo; Wellington Rato (ATG), aos 42 min do 2° tempo 

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Gil, Balbuena e Fábio Santos; Du Queiroz (Giuliano), Fausto Vera e Renato Augusto (Cantillo); Adson (Gustavo Mosquito), Róger Guedes (Giovane) e Yuri Alberto (Júnior Moraes). Técnico: Vitor Pereira 

ATLÉTICO-GO: Renan; Dudu (Hayner), Wanderson, Lucas Gazal e Jefferson (Arthur Henrique); Baralhas, Marlon Freitas e Jorginho (Airton); Wellington Rato, Léo Pereira (Ricardinho) e Luiz Fernando. Técnico: Jorginho

Fonte: Agência Esporte

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana