conecte-se conosco


MATO GROSSO

Seduc apresenta a Tocantins projetos e ações adotados na educação pública de MT

Publicado

A Secretaria de Estado de Educação de Mato Grosso (Seduc-MT) recebeu, nesta terça-feira (14.06), equipe técnica da Secretaria de Estado de Educação de Tocantins (Seduc-TO) para apresentar as ações e programas que estão sendo aplicados para melhorar os índices educacionais no Estado.

Os secretários de Educação, Alan Porto (MT) e Fábio Pereira Vaz (TO), abriram a reunião em torno de uma agenda voltada à troca de experiências entre as duas pastas. O encontro, que ocorreru na sede da Administração Central, em Cuiabá, contou com a participação de coordenadores nas áreas pedagógica, administrativa e tecnológica de ambas as secretarias.

Alan Porto destacou que, na atual gestão, Mato Grosso também foi a outros Estados conhecer programas e ações que estavam dando certo. Ele citou o exemplo do Programa Alfabetização na Idade Certa (Paic), do Ceará, que inspirou Mato Grosso a criar o Alfabetiza MT e, dentro do programa, o MT Muxirum. “Fico feliz por hoje sermos o exemplo. É a comprovação de que estamos no caminho certo”, disse.

O secretário destacou os recursos destinados ao setor em Mato Grosso. “Aqui, o Governo resolve os gargalos da Educação com investimentos. Vamos fechar 2022 com investimentos de aproximadamente 700 milhões de reais. Agora temos escolas mais modernas, com melhores condições para o aprendizado do aluno e um ambiente mais apropriado para os profissionais da educação que ali trabalham”, disse.

O projeto EducAÇÃO 10 Anos foi um dos destaques citados como case de sucesso. O objetivo é melhorar os índices educacionais de Mato Grosso até 2032. O projeto vai alinhar questões estratégicas, com ações e projetos desenvolvidos pela Seduc-MT. Sua missão é garantir o acesso, permanência e aprendizagem dos estudantes, com equidade, visando ser referência entre as cinco melhores redes de ensino público do país.

Leia mais:  Seduc participa da 1ª Formação de Professores de Inglês pela EF Education

Mesmo com dois anos de pandemia da Covid-19, Mato Grosso avançou em Educação com 30 propostas que abrangem todos os setores, do pedagógico à infraestrutura. Implantou o Sistema Estruturado de Ensino, Plataforma Digital e conectividade nas escolas. Junto, vieram novidades como o Google for Education e os conteúdos relativos ao Socioemocional, Mais Inglês e Educação Financeira, por exemplo.

“Investimos em notebooks para professores e coordenadores pedagógicos, Chromebooks para a comunidade escolar, iniciamos a entrega de televisores Smats de 65 polegadas para as salas de aula, doamos o dispositivo Orcam My Eye para alunos e professores cegos, além de fazermos a avaliação diagnóstica e somativa para contribuir com as ações da recuperação da aprendizagem”, completou Alan.

Fábio Pereira Vaz se impressionou com os números da estrutura, que também são gigantes. A Rede Estadual de Ensino em Mato Grosso conta com 700 unidades escolares e aproximadamente 370 mil estudantes. “Temos em Tocantins quase quinhentas unidades escolares e cerca de 160 mil alunos matriculados. Uma estrutura menor, no entanto, tão desafiadora quanto a rede de Mato Grosso”, analisou Vaz.

Segundo ele, o interesse pela experiência educacional de Mato Grosso começou após uma visita ao Ministério da Educação, em Brasília, e à sede do Google, em São Paulo. “Em ambas as instituições fomos recomendados a visitar a Secretaria de Educação de Mato Grosso e a conhecer os seus programas e ações. Hoje estamos aqui para verificar in loco e vamos aplicar em Tocantins tudo o que está dando certo aqui”, finalizou Fábio Vaz.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
publicidade

MATO GROSSO

Governador inaugura 112 km de asfalto novo em Planalto da Serra e Nova Brasilândia

Publicado

O governador Mauro Mendes irá inaugurar 112 quilômetros de asfalto novo nesta segunda-feira (27.06) em Planalto da Serra e Nova Brasilândia. Durante a visita aos municípios, o governador também vai inaugurar a recuperação de rodovias, pontes e assinar convênios para eventos culturais.

O governador chega em Nova Brasilândia no período da manhã e às 09h vai inaugurar a revitalização de 60 km da MT-244, realizado em parceria com a Prefeitura de Campo Verde, e o asfaltamento de outros 30,8 km da mesma rodovia, em parceria com a Associação Agrologística. Juntas, as duas obras representam um investimento de 17,1 milhões.

O evento será realizado no entroncamento entre a MT-244 e a MT-140, entre a Ponte do Rio Roncador e Nova Brasilândia.

Na sequência, será inaugurada a Travessia Urbana de Nova Brasilândia, obra na qual o Governo de Mato Grosso investiu R$ 10,9 milhões. 

Na saída para Planalto da Serra, serão inaugurados dois trechos da MT-140, com 81,1 km de extensão, nos quais o Estado investiu R$ 114 milhões.

Às 10h30 a comitiva do governador segue de carro para Planalto da Serra e no caminho irá inaugurar as pontes sobre o Ribeirão dos Cavalos e sobre o Rio Finca-Faca, ambas com 92 metros de extensão.

Em Planalto da Serra, a partir das 11h30 no parque de Exposições, o governador irá assina dois convênios para Nova Brasilândia: um para a a realização da Expobras, e outro para a celebração do 43º aniversário da cidade. No total, serão destinados R$ 410 mil para os eventos.

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO

09h – Ato de Inauguração de asfalto novo na MT-244. Local: Rotatória do entroncamento da MT-244 com a MT-140.

09h45 – Ato de inauguração da Travessia Urbana de Nova Brasilândia.

Leia mais:  Politec identifica uma das vítima fatais de acidente entre caminhão e carreta

10h15 – Ato de inauguração de asfalto novo na MT-140. Local: saída para Planalto da Serra.

10h30 – Deslocamento para Planalto da Serra, com inauguração das pontes sobre o Ribeirão dos Cavalos e Rio Finca-Faca.

11h30: Assinatura de convênios e pronunciamentos. Local: Parque de exposições.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

MATO GROSSO

Sema inicia aceiros mecânicos no Parque Estadual Encontro das Águas

Publicado

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT) iniciou na última quarta-feira (22.06) os aceiros na região do Parque Estadual Encontro das Águas, localizado no Pantanal mato-grossense, em Poconé (104 km de Cuiabá). A modalidade escolhida pelos técnicos foi o aceiro mecânico, sem o uso do fogo, pela rapidez na execução do trabalho. 

“Iniciamos as atividades de aceiros mecânicos com o objetivo de estabelecer as medidas de prevenção contra os incêndios florestais, antes do período proibitivo de 2022”, conta Raimundo Fagundes, gerente Regional do Parque Estadual Encontro das Águas.

Os aceiros são faixas onde a vegetação é completamente removida da superfície do solo, formando uma espécie de barreira natural para que o fogo não se propague. A finalidade é impedir a passagem do fogo para a área de vegetação, evitando o início do incêndio.

A ação é realizada pela Superintendência de Mudanças Climáticas e Biodiversidade (SUBIO), Coordenadoria de Unidades de Conservação (CUCO) e Gerência do Parque, com o apoio de instituições governamentais, associações, proprietários rurais e da comunidade local.    

Serão realizados 100 km de aceiros lineares ao longo do Parque, como no ano de 2021. O gerente aponta que os aceiros também funcionam como ponto de acesso para as futuras medidas de contenção em caso de incêndio, possibilitando maior efetividade nas ações preventivas. 

Criado em 1994, o Parque Encontro das Águas é uma área de proteção integral gerida pela Sema-MT, de 108 mil hectares, que abrange dois municípios, Poconé e Barão de Melgaço. 

Conforme a superintendente de Mudanças Climáticas e Biodiversidade, Gabriela Priante, esta é uma ação contínua que será feita no entorno do Parque. Ela explica que os maquinários utilizados na ação foram apreendidos de infratores flagrados em crimes ambientais, e que agora estão sendo utilizados em prol do meio ambiente.

Leia mais:  Gefron apreende 47 kg de cocaína e recupera veículo furtado na fronteira com a Bolívia

“Vale ressaltar que os operadores dos maquinários são funcionários capacitados das propriedades rurais parceiras, e o combustível é custeado pela secretaria”, pontua.

A Coordenadora de Unidades de Conservação, Sanny Saggin, destaca que as ações de prevenção são realizadas no âmbito de todas as Unidades de Conservação e não somente com a construção de aceiros. “Há também a capacitação de brigadistas nas comunidades e entrega de abafadores para que sejam utilizados em campo, no caso de início de focos de incêndio”.

Já foi realizada a capacitação de brigadistas no Encontro das Águas, e por isso é possível contar com os moradores para um atendimento imediato aos pequenos focos de incêndio, e para o monitoramento da região.

As medidas preventivas têm como objetivo principal proteger a região, conhecida como “refúgio das onças”, contra os incêndios florestais, e também à fauna local, que foi duramente castigada no ano de 2020. 

Período Proibitivo do Fogo

Esta ação antecede o período em que é proibido o uso do fogo em Mato Grosso, entre 1º de julho e 30 de outubro. As normas estão dispostas no decreto nº  1.356, de 13 de abril de 2022. Com o decreto, fica proibida qualquer atividade de limpeza de pastagem com o uso do fogo nas áreas rurais até o final do período proibitivo. O uso do fogo em áreas urbanas é proibido o ano todo.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana