conecte-se conosco


POLICIAL

Polícia Civil recupera valor subtraído de vítima do golpe de falso intermediador

Publicado

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada de Repressão a Crimes Informáticos (DRCI) em parceria com a Delegacia de Sinop, região norte do Estado, recuperou parte do valor subtraído de uma vítima do golpe do falso intermediador.

Nesta sexta-feira, a vítima de 45 anos procurou a Delegacia de Sinop para registrar a ocorrência. O comunicante informou que recebeu um anuncio da rede social Facekook, sobre a venda de um veículo Fiat Palio, e se interessou na compra.

A vítima entrou em contato com o suposto vendedor, o qual informou que o carro estava a venda por R$ 12 mil. Deste modo despertou o interesse devido ao valor, e o comunicante realizou a transferência na quantia de pouco mais de R$ 10 mil, para a conta bancária informada pelo golpista.

Na sequencia a vítima ainda realizou mais duas transferências, nos valores de R$ 1 mil e R$ 150, para outras diferentes contas também indicadas pelo suspeito. 

Em seguida ao ter pago todo o valor, a vítima foi até o cartório para realizar o registro com o verdadeiro dono do automóvel, momento em que foi informada que o proprietário desconhecia todo o ocorrido, bem como não havia recebido nenhum pagamento. 

A Delegacia de Sinop solicitou apoio da DRCI, que conseguiu recuperar através de bloqueio bancário, no valor de $ 6,3 mil subtraído da vítima. As investigações continuam visando identifcar o autor do crime.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Autor de homicídio de mulher em bar de Tapurah é preso pela Polícia Civil horas após o crime
publicidade

POLICIAL

Polícia Civil desarticula esquema criminoso e prende funcionário de empresa em Lucas do Rio Verde

Publicado

Um esquema criminoso articulado por funcionários de uma empresa de materiais de construção em Lucas do Rio Verde, região norte do estado, foi desarticulado pela Polícia Civil do município.

Um funcionário de 40 anos, foi autuado em flagrante por furto qualificado mediante abuso de confiança. Outros quatro envolvidos responderão inquérito policial instaurado para apurar os crimes de furto qualificado e receptação.

Na segunda-feira (27), a vítima representada pelo dono da empresa de materiais para construção que fica no bairro Industrial, procurou a Delegacia de Polícia para registrar a ocorrência de furto.

O comunicante informou que o responsável pelo setor dos centros de distribuição de mercadorias da loja, recebeu informações de que alguns funcionários do transporte e entrega da mercadoria, estavam acrescentando produtos a mais da mesma espécie e deixando em algum lugar para que um terceiro retirasse a mercadoria.

Conforme apurado, foi feito um serviço de entrega de vergalhões, sendo solicitado para que um dos funcionários separasse a quantidade exata dos metais.

Ceto tempo depois o comunicante solicitou para que sub-gerente da empresa conferir a quantidade separada na exata encomenda, sendo constatado que haviam colocado vergalhões a mais na carga, fugindo e muito da quantidade emitida na nota.

Então a vítima seguiu o caminhão que estava com a referida mercadoria, para localizar onde seria descarregada a quantidade extra. Após longo percurso e desvio de rota, o veículo estacionou no bairro Jaime Seiti Fugi, e o motorista deixou a mercadoria em um terreno baldio.

Com base nas informações os policiais civis imediatamente foram até centro de distribuição da empresa, e o suspeito que conduzia o caminhão e deixou os vergalhões no local, foi conduzido até a Delegacia de Polícia para esclarecimentos.

Leia mais:  Idoso investigado por homicídio qualificado tem prisão cumprida em Porto Alegre do Norte

Posteriormente a equipe foi até o ponto onde o suspeito havia deixado a mercadoria, a qual foi localizada e apreendida. O suspeito informou que fazia parte de um esquema de desvio de mercadoria da empresa, bem como revelou como o grupo agia para subtrair os produtos.

Diante dos fatos, o funcionário que dirigia o caminhão foi autuado em flagrante por furto qualificado mediante abuso de confiança. Mais quatro suspeitos serão investigados e indiciados pelos atos praticados.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

POLICIAL

Suspeito de abuso sexual contra enteada é preso em Sorriso pela Polícia Civil

Publicado

Um suspeito de cometer estupro contra a enteada teve a prisão cumprida pela Polícia Civil, nesta terça-feira (28), em Sorriso, na região norte do estado.

O Núcleo de Violência Doméstica e Crimes Sexuais da Delegacia de Sorriso cumpriu o mandado contra o homem de 42 anos. A prisão foi decretada pelo juízo da 2° Vara Criminal da Comarca de Sorriso.

Ele é investigado por estupro de vulnerável cometido contra a enteada. De acordo com a investigação, ele aproveitava a ausência da a esposa, mãe da vítima, para praticar os abusos sexuais.

O investigado responde ainda por um processo criminal de homicídio praticado no ano passado. Ele foi conduzido à unidade policial e depois encaminhado para o Centro de Ressocialização de Sorriso.
 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Suspeito que furtou celular em bar e apresentou nome falso tem flagrante convertido em prisão preventiva
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana