conecte-se conosco


POLICIAL

Polícia Civil recupera gado furtado, identifica os autores do crime e apreende armas de fogo

Publicado

Policiais civis da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf), de Confresa (1.160 km a nordeste de Cuiabá), recuperaram na terça-feira (14.06), animais bovinos subtraídos na região e identificaram os autores do crime. Duas armas de fogo e várias munições também foram apreendidas.

Uma mulher de 33 anos foi autuada em flagrante por posse ou porte ilegal de arma de fogo e uso restrito ou proibido. A suspeita e mais dois envolvidos (o sogro e o companheiro da autuada) responderão por furto.

Na tarde de terça-feira (14), a Derf foi informada sobre uma ocorrência de furto de gado, ocorrido na zona rural de Confresa. Conforme informações prestadas pela vítima, os policiais civis inciaram as diligências preliminarmente.

Na ocasião foi identificada uma propriedade situada ao lado da fazenda da vítima, onde possivelmente estaria o gado subtraído.

Com base nos indícios, a equipe realizou a incursão na área e encontrou um animal com vida, e outro já abatido, porém foi ocalizado o couto jogado pela pastagem com a identificação indicando pertencer a vítima.

De acordo com o delegado Bruno Gomes Borges, ao verificar esse animal morto notou-se que este havia sido abatido através de arma de fogo.

“Imediatamente foi feita busca na residência rural e apreendidas duas armas de fogo tipo espingarda, além de diversas munições de calibre 22, 28, tudo ocultadas no interior da casa, sendo possivelmente usa delas utilizada para abater o animal”, destacou o delegado.

No local havia uma mulher, a qual também está envolvida no furto em investigação. A mesma foi conduzida para Derf interrogada e autuada em flagrante pela posse ilegal de arma de fogo, bem como responderá por furto.

Os demais envolvidos, sogro e o companheiro da autuada, que não foram localizados até o momento, serão indiciados no inquérito policial instaurado para apuração de furto. 

Leia mais:  Polícia Civil prende em flagrante tio pelo crime de estupro contra a sobrinha

Após a confecção dos autos, a presa efetuou o pagamento da fiança e responderá aos crimes em liberdade.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
publicidade

POLICIAL

Polícia Civil e Polícia Rodoviária Federal apreendem caminhão com madeira irregular na fronteira

Publicado

Um caminhão carregado de madeira irregular foi apreendido na noite de quinta-feira (30.06), no município de Comodoro, região oeste do Estado, após ação conjunta da Polícia Civil e Polícia Rodoviária Federal. Três pessoas foram presas em flagrante pelo crime ambiental.
 
Os policiais civis de Comodoro e os agentes da PRF realizavam barreiras na região de fronteira, visando o combate a extração ilegal de madeira em terras Indígenas, quando na noite de quinta-feira (30), avistaram um caminhão transportando a matéria prima. 
 
A fiscalização policial foi montada na Rodovia BR 174, próximo ao KM 555, entre os municípios de Comodoro e Vilhena, no Estado de Rondônia.  Durante a abordagem foi verificado que o veículo era ocupado pelo motorista e mais dois indivíduos.
 
Na ocasião não foram apresentados os documentos obrigatórios, além da documentação exigida para o transporte de madeiras, como o Documento de Origem Florestal e a Guia Florestal, além disso, o caso do transporte da madeira feito no período noturno, constitui uma agravante ao crime ambiental previsto na Lei Federal  9.695/98.
 
Diante dos fatos, o caminhão com a carga de madeira foi apreendido, e os três suspeitos conduzidos para Delegacia de Comodoro, onde foram interrogados e autuados em flagrante delito.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Polícia Civil realiza 4ª edição do projeto CGP Itinerante na região de Cáceres
Continue lendo

POLICIAL

Tio de 62 anos é preso pela Polícia Civil por estupro de vulnerável contra sobrinha

Publicado

Um homem investigado pela Polícia Civil pelo estupro de vulnerável contra a própria sobrinha foi preso nesta sexta-feira (01.07). O crime ocorreu na cidade de Denise e é investigado pela Delegacia de Barra do Bugres.

A Polícia Civil apurou que o investigado de 62 anos cometeu os abusos sexuais contra a vítima que atualmente está com 13 anos. Os abusos teriam iniciado quando ela tinha 10 anos.

A vítima procurou ajuda do Conselho Tutelar após assistir a uma palestra na escola sobre violência sexual, na cidade de Denise.

O fato foi registrado na Polícia Civil que deu início à investigação e apurou que, além do suspeito de 62 anos, outro tio da vítima também é investigado por cometer abusos contra a adolescente.

A partir das informações coletadas na investigação, a delegada Renata Evangelista representou pela prisão dos dois envolvidos. As buscas seguem para localizar o segundo envolvido.

O homem preso nesta sexta-feira respondeu anteriormente por outro crime de estupro.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Polícia Civil e Politec realizam reprodução simulada de morte de paciente no Pronto Socorro de Barra do Garças
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana