conecte-se conosco


POLICIAL

Polícia Civil prende em flagrante pai que matou bebê asfixiado em Primavera do Leste

Publicado

Um pai suspeito de matar o próprio filho de apenas um ano e oito meses no município de Primavera do Leste (231 km ao sul de Cuiabá) foi preso em flagrante pela Polícia Civil, na segunda-feira (21.06), poucas horas após a criança dar entrada na UPA do município, onde foi constatada sua morte.

As investigações iniciaram ainda durante a manhã quando a Polícia Civil foi acionada da morte da criança. Segundo informações da equipe médica da UPA, os pais chegaram com o menino na unidade por volta das 06h50, sem sinais de agressões aparentes sendo a morte da criança constatada durante o atendimento.

Os pais foram conduzidos pela Polícia Militar à delegacia para prestar esclarecimentos. Diante dos fatos, a equipe da Delegacia de Delitos Gerais e Divisão de Homicídios de Primavera do Leste iniciou os trabalhos para apuração dos fatos, indo até a residência do casal, onde ocorreram os fatos.

Em conversa com o pai do menino, o suspeito apresentou a versão dizendo que por volta das 03h30 deu mamadeira para o filho e em seguida o colocou em um berço improvisado ao lado da cama do casal. Ele então cobriu a criança e deixou seu aparelho celular carregando em uma tomada ao lado do berço.

Quando o casal acordou cedo para levar o menino para creche, perceberam que o filho havia enrolado o carregador do celular no pescoço, momento em que o suspeito teria desenrolado o fio, e verificado que a boca da criança estava roxa, sem respiração e sem pulso, e começou o processo de reanimação do filho, que em seguida foi encaminhado para UPA.

Diante do cenário apresentado, o delegado Allan Vitor de Souza Mata acionou a equipe da Politec, que fez a análise preliminar do corpo da vítima, constatando que havia sinais de lesão na parte interna dos lábios, demonstrando que alguém teria feito força para tapar a boca da criança.

Leia mais:  Polícia Civil desarticula esquema criminoso e prende funcionário de empresa em Lucas do Rio Verde

Em conversa com a equipe médica da Politec de Rondonópolis, que realizou a necrópsia, foi relatado que a vítima apresentava sinais de asfixia por obstrução das vias aéreas e lesões na parte interna da cabeça e hemorragia no cérebro, que podem ter sido provocadas por instrumento contundente ou movimentação retida drasticamente da cabeça da vítima.

A mãe da criança também foi ouvida e disse que não percebeu nada, mas relatou ter visto o marido na sala, alimentando a criança durante a madrugada e ainda o momento em que ele colocou o filho no berço e deitou para dormir.

Com base no apresentado, o delegado Allan Vitor, deu voz de prisão ao suspeito sendo o flagrante lavrado pelo delegado plantonista, Honório Gonçalves dos Anjos Neto.

“Os vestígios encontrados derrubaram a versão apresentada pelo suspeito, sendo realizada a sua prisão em flagrante pelo crime de homicídio qualificado” disse o delegado Allan.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
publicidade

POLICIAL

Polícia Civil desarticula esquema criminoso e prende funcionário de empresa em Lucas do Rio Verde

Publicado

Um esquema criminoso articulado por funcionários de uma empresa de materiais de construção em Lucas do Rio Verde, região norte do estado, foi desarticulado pela Polícia Civil do município.

Um funcionário de 40 anos, foi autuado em flagrante por furto qualificado mediante abuso de confiança. Outros quatro envolvidos responderão inquérito policial instaurado para apurar os crimes de furto qualificado e receptação.

Na segunda-feira (27), a vítima representada pelo dono da empresa de materiais para construção que fica no bairro Industrial, procurou a Delegacia de Polícia para registrar a ocorrência de furto.

O comunicante informou que o responsável pelo setor dos centros de distribuição de mercadorias da loja, recebeu informações de que alguns funcionários do transporte e entrega da mercadoria, estavam acrescentando produtos a mais da mesma espécie e deixando em algum lugar para que um terceiro retirasse a mercadoria.

Conforme apurado, foi feito um serviço de entrega de vergalhões, sendo solicitado para que um dos funcionários separasse a quantidade exata dos metais.

Ceto tempo depois o comunicante solicitou para que sub-gerente da empresa conferir a quantidade separada na exata encomenda, sendo constatado que haviam colocado vergalhões a mais na carga, fugindo e muito da quantidade emitida na nota.

Então a vítima seguiu o caminhão que estava com a referida mercadoria, para localizar onde seria descarregada a quantidade extra. Após longo percurso e desvio de rota, o veículo estacionou no bairro Jaime Seiti Fugi, e o motorista deixou a mercadoria em um terreno baldio.

Com base nas informações os policiais civis imediatamente foram até centro de distribuição da empresa, e o suspeito que conduzia o caminhão e deixou os vergalhões no local, foi conduzido até a Delegacia de Polícia para esclarecimentos.

Leia mais:  Armas de fogo são apreendidas em investigação sobre crimes de violência doméstica e suspeito detido

Posteriormente a equipe foi até o ponto onde o suspeito havia deixado a mercadoria, a qual foi localizada e apreendida. O suspeito informou que fazia parte de um esquema de desvio de mercadoria da empresa, bem como revelou como o grupo agia para subtrair os produtos.

Diante dos fatos, o funcionário que dirigia o caminhão foi autuado em flagrante por furto qualificado mediante abuso de confiança. Mais quatro suspeitos serão investigados e indiciados pelos atos praticados.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

POLICIAL

Suspeito de abuso sexual contra enteada é preso em Sorriso pela Polícia Civil

Publicado

Um suspeito de cometer estupro contra a enteada teve a prisão cumprida pela Polícia Civil, nesta terça-feira (28), em Sorriso, na região norte do estado.

O Núcleo de Violência Doméstica e Crimes Sexuais da Delegacia de Sorriso cumpriu o mandado contra o homem de 42 anos. A prisão foi decretada pelo juízo da 2° Vara Criminal da Comarca de Sorriso.

Ele é investigado por estupro de vulnerável cometido contra a enteada. De acordo com a investigação, ele aproveitava a ausência da a esposa, mãe da vítima, para praticar os abusos sexuais.

O investigado responde ainda por um processo criminal de homicídio praticado no ano passado. Ele foi conduzido à unidade policial e depois encaminhado para o Centro de Ressocialização de Sorriso.
 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Autor de furto em propriedade rural tem prisão preventiva cumprida em Querência
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana