conecte-se conosco


POLICIAL

Homicídio é esclarecido e autor é preso em flagrante, seis horas após o crime

Publicado

Um homicídio ocorrido na madrugada de domingo (12.06) em Juína foi rapidamente esclarecido pela Polícia Civil, que prendeu o autor em flagrante horas depois do crime.

Thiago Pereira Cardoso, de 21 anos, foi morto em um bar localizado no bairro São José Operário. Ele foi atingido por disparos de arma de fogo dentro do estabelecimento depois de se envolver em briga com várias pessoas que estavam no local.

Uma segunda pessoa também foi atingida e encaminhada para atendimento no hospital regional de Juína.

Conforme testemunhos coletados pela Delegacia de Juína, a vítima se envolveu em uma confusão durante a noite, sacou um revólver por diversas vezes e apontou para pessoas que estavam no bar e ameaçou também sua companheira. Thiago era amigo de algumas pessoas que estavam no local e foi atingido pelos disparos após mais uma rodada de confusão, quando ele apontou a arma de fogo para o irmão do autor do crime, proprietário do local.

Uma equipe policial coordenada pelo delegado Ronaldo Binotti Filho realizou diligências e apurou que o suspeito do homicídio, de 24 anos, fugiu do local em uma motocicleta e estaria escondido em uma propriedade na zona rural do município.

Os policiais civis o localizaram em uma chácara, escondido em meio à vegetação, o conduziram para a delegacia. O suspeito apontou o local em que estava escondida a arma de fogo utilizada no crime.

Após a prisão do suspeito, os investigadores retornaram ao bar e encontraram na parte de trás do estabelecimento a arma de fogo que estava sendo usada por Thiago.

O autor dos disparos declarou em depoimento que fez os disparos contra a vítima porque achou que Thiago havia atirado contra seu irmão e pelas brigas ocorridas no estabelecimento.

Leia mais:  Armas de fogo são apreendidas em investigação sobre crimes de violência doméstica e suspeito detido

Após o auto de prisão, o autor do homicídio foi encaminhado ao centro de detenção de Juína.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
publicidade

POLICIAL

Polícia Civil e Polícia Rodoviária Federal apreendem caminhão com madeira irregular na fronteira

Publicado

Um caminhão carregado de madeira irregular foi apreendido na noite de quinta-feira (30.06), no município de Comodoro, região oeste do Estado, após ação conjunta da Polícia Civil e Polícia Rodoviária Federal. Três pessoas foram presas em flagrante pelo crime ambiental.
 
Os policiais civis de Comodoro e os agentes da PRF realizavam barreiras na região de fronteira, visando o combate a extração ilegal de madeira em terras Indígenas, quando na noite de quinta-feira (30), avistaram um caminhão transportando a matéria prima. 
 
A fiscalização policial foi montada na Rodovia BR 174, próximo ao KM 555, entre os municípios de Comodoro e Vilhena, no Estado de Rondônia.  Durante a abordagem foi verificado que o veículo era ocupado pelo motorista e mais dois indivíduos.
 
Na ocasião não foram apresentados os documentos obrigatórios, além da documentação exigida para o transporte de madeiras, como o Documento de Origem Florestal e a Guia Florestal, além disso, o caso do transporte da madeira feito no período noturno, constitui uma agravante ao crime ambiental previsto na Lei Federal  9.695/98.
 
Diante dos fatos, o caminhão com a carga de madeira foi apreendido, e os três suspeitos conduzidos para Delegacia de Comodoro, onde foram interrogados e autuados em flagrante delito.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Polícia Civil recebe identificação de vítima encontrada morta em posto de combustível desativado na Capital
Continue lendo

POLICIAL

Tio de 62 anos é preso pela Polícia Civil por estupro de vulnerável contra sobrinha

Publicado

Um homem investigado pela Polícia Civil pelo estupro de vulnerável contra a própria sobrinha foi preso nesta sexta-feira (01.07). O crime ocorreu na cidade de Denise e é investigado pela Delegacia de Barra do Bugres.

A Polícia Civil apurou que o investigado de 62 anos cometeu os abusos sexuais contra a vítima que atualmente está com 13 anos. Os abusos teriam iniciado quando ela tinha 10 anos.

A vítima procurou ajuda do Conselho Tutelar após assistir a uma palestra na escola sobre violência sexual, na cidade de Denise.

O fato foi registrado na Polícia Civil que deu início à investigação e apurou que, além do suspeito de 62 anos, outro tio da vítima também é investigado por cometer abusos contra a adolescente.

A partir das informações coletadas na investigação, a delegada Renata Evangelista representou pela prisão dos dois envolvidos. As buscas seguem para localizar o segundo envolvido.

O homem preso nesta sexta-feira respondeu anteriormente por outro crime de estupro.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Armas de fogo são apreendidas em investigação sobre crimes de violência doméstica e suspeito detido
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana