conecte-se conosco


DIAMANTINO

Educação premia alunos na etapa municipal do MPT na Escola em Diamantino

Publicado

A Secretaria Municipal de Educação realizou a solenidade de entrega da premiação aos alunos que participaram da etapa municipal do MPT na Escola em Diamantino. O concurso selecionou trabalhos com o tema “Trabalho Infantil” e foi promovido por meio do projeto “Resgate à Infância”, desenvolvido pela Coordenadoria Nacional de Combate à Exploração do Trabalho da Criança e do Adolescente (Coordinfância). O evento que integra as ações da Semana de Erradicação do Trabalho Infantil ocorreu no auditório da secretaria, na última sexta-feira (10.06).

No total, nove alunos foram contemplados com uma bicicleta nova, premiação patrocinada pelo Conselho Municipal da Criança e do Adolescente, CMDCA. Agora, os vencedores que conquistaram o 1º lugar das quatro categorias do prêmio (poesia, conto e desenho), vão participar da etapa estadual do MPT na Escola.

Participaram da solenidade de premiação, a secretária Rose Carris, o vice-presidente do CMDCA, Carlos Fernando Pereira, a coordenadora do Desenvolvimento Humano, Marenice Queiroz, a professora Marinalva Conci, além de professores, gestores, alunos e familiares.

A secretária Rose Carris ressaltou que a iniciativa fortalece a educação e mobiliza toda a comunidade, conscientizando sobre a temática trabalhada. “É um momento que conseguimos envolver toda a comunidade, levando à reflexão sobre o tema de combate ao trabalho infantil na escola e ao mesmo tempo são desenvolvidas atividades pedagógicas que estimulam a aprendizagem, a criatividade dos alunos. Ficamos muito felizes de ver como eles participam e é sempre um desafio para nossa equipe a seleção dos trabalhos, porque são todos especiais para nós”, comenta. 

A presidente do CMDCA, Donata Glorinha, disse que é a segunda vez que o Fundo do órgão aprova e disponibiliza recurso para o projeto, assegurando os direitos das crianças e dos adolescentes. “Proporcionar alegria e autoestima a crianças e adolescentes é um dos objetivos do Conselho de direitos. O CMDCA sempre avalia esse tipo de projeto como de muita relevância e sempre procura aprovar, pois temos que reafirmar e garantir os esses direitos”, ressaltou.

Leia mais:  Prefeitura de Diamantino entrega tablets e uniformes para Agentes Comunitários de Saúde

O professor de artes, Valdinei Montalvao, comemorou a vitória de quatro alunas suas, da Escola Brás Maimoni, que venceram o concurso em 1º e 2º lugar na categoria desenho e 1º e 2º lugar na categoria poema.

 “A motivação é que leva as crianças a produzir mais. Não tem salário que paga isso, quando você vê o seu trabalho sendo reconhecido é o que nos motiva a acordar cedo, preparar aula todo dia, produzindo para os seus alunos. Esse trabalho está nos ajudando muito a motivar os alunos a ter o interesse em estudar, aprender e produzir mais”, destacou.

Ana Paula Coutinho, mãe da aluna Alice, uma das vencedoras do concurso na categoria desenho também vibrou com a conquista do prêmio. “Eu estou sem palavras de tão emocionante que é ver o caminho que eles estão trilhando. Assim, desde pequena, sempre dedicada, sempre gostou de estudar e esse incentivo que o município está proporcionando às crianças é muito bom, porque incentiva eles cada vez mais querer ser melhores. Isso é maravilhoso, só emoção, muito feliz e realizada pela filha que eu tenho”, declarou.  

MPT na Escola

O Prêmio MPT na Escola é nacional, mas passa por três etapas até sua finalização. A primeira é a municipal, quando a Secretaria Municipal de Educação seleciona os trabalhos que representarão a cidade. A segunda é a etapa estadual, com a inscrição dos trabalhos selecionados na primeira etapa junto ao MPT-MT.

Uma comissão julgadora decide quais foram os melhores trabalhos em cada categoria e escreverá o primeiro colocado de cada uma delas na última etapa, a Nacional. O Prêmio MPT na Escola, culminância do Programa Resgate à Infância, é uma premiação dos melhores trabalhos literários, artísticos e culturais produzidos por alunos das escolas participantes após atividades, em sala de aula, sobre o combate ao trabalho infantil. O objetivo é fomentar a participação de crianças e adolescentes nas ações de mobilização, conscientização e prevenção do trabalho infantil.

Leia mais:  Assistência Social de Diamantino promove campanha sobre violência contra a pessoa idosa

Em 2021, três alunos de Diamantino estavam entre os primeiros colocados na etapa estadual.

Saiba quem são os vencedores do concurso na etapa municipal de Diamantino:  

Categoria poesia

1º lugar: O Trabalho Infantil é Ilegal – Aluna do 5º ano, Ana Carolina Delboni Lemes, da Escola Municipal Castorina Sabo Mendes

2º lugar: Menina Maia – Aluna do 4º ano, Maria Antonia Rafalea Moraes, da Escola Municipal Brás Maimono

3º lugar: Sou Criança – Aluna do 4º ano, Geovana Catarina Pimentel, da Escola Municipal Maria Euzebia

Categoria conto

1º lugar: Vida da Eloisa – Aluna do 4º ano, Maria Clara Roskoski, da Escola Municipal Brás Maimoni

2º lugar: A Vida de Flora – Aluna do 5º ano, Júlia Ferreira dos Santos, da Escola Municipal Maria Euzebia Ferreira

3º lugar: Ana a Menina que trabalhava – Aluno do 5º ano, Geovany Jordan Kravelim Buche, da Escola Municipal Castro Alves

Categoria Desenho

Aluna do 4º ano, Alice Coutinho da Cruz, da Escola Municipal Bras Maimoni

Aluna do 4º ano, Giovana Neponoceno Servi, da Escola Municipal Bras Maimoni

Aluno do 4º ano, Pietro Gabriel Nesterak Capistrano Tavares, da Escola Municipal Castorina Sabo Mendes.

Comentários Facebook
publicidade

DIAMANTINO

Laboratório Municipal retoma Projeto Escolha Saúde com coleta para exames nas comunidades rurais

Publicado

O projeto Escolha Saúde, executado pelo Laboratório Municipal em parceria com as unidades de Estratégia de Saúde da Família (ESF), está de volta para atender as comunidades rurais em Diamantino. As ações estiveram suspensas em razão da pandemia, mas foram retomadas no mês de junho no Assentamento Bojuí, onde foram atendidos mais de 60 pacientes.

De acordo com o biomédico Dr. Emerson de Sá, coordenador do Laboratório Municipal, “são ofertados desde exames simples como hemograma até os especiais em relação à dosagem de hormônios, sorológicos e outros”, comentou.  

O público atendido varia entre criança, jovens, adultos e idosos, que recebem a consulta com médica e são encaminhados para a coleta de materiais para os exames. Quando há necessidade, as equipes se deslocam para fazer o atendimento domiciliar. 

A enfermeira Kelia Abreu, coordenadora da ESF Bojuí, explicou que o atendimento é realizado após agendamento ou através de demanda espontânea. “Durante a consulta, o médico avalia a necessidade de realizar o exame e fazer o pedido. Com a ida da equipe do laboratório na unidade de saúde, é coletado material para análise e diagnóstico”, explicou. 

A profissional da saúde falou ainda sobre a importância de facilitar o acessso à saúde da população que, sem o projeto, teria que se deslocar até a cidade para fazer os exames.  “É uma ação de suma importância porque a distância entre a comunidade Bojuí e o Laboratório Municipal pode chegar a 50 quilômetros. Com a vinda do laboratório, a aproximação é facilitada para o paciente usufruir desse benefício que é a continuidade do atendimento através de exames laboratoriais”, explicou.

Atendimento domiciliar

Durante a ação, que ocorreu na última sexta-feira (24.06), equipes do Laboratório e da ESF se deslocaram até algumas residências de pacientes acamados e idosos que não têm condições de comparecer à unidade para receber o atendimento. A maioria desses usuários tem dificuldade de locomoção e dependem  acompanhamento por profissionais em suas moradias.

Leia mais:  Laboratório Municipal retoma Projeto Escolha Saúde com coleta para exames nas comunidades rurais

Viviane Maria da Silva, agente comunitária de saúde que trabalha há 12 anos na comunidade Bojuí, conhece a situação dos moradores que precisam dos serviços de atenção domiciliar. A profissional comenta como o Escolha Saúde é uma ação que auxilia no cuidado da saúde dessas pessoas.  

“Trabalhamos com planejamento para comunicar os pacientes sobre o dia que ocorrerá a ação. É uma comunidade com pessoas que têm condições de vir até a unidade de saúde e outras que dependem do atendimento domiciliar. São acamados, pessoas com problemas mentais, que precisam desse olhar diferenciado. Nós vamos até a casa desses pacientes e levamos esse atendimento”, completou.

Nos próximos meses serão atendidas as unidades de saúde do Posto Gil e Caeté. As datas serão informadas aos pacientes pelas equipes de saúde que atendem estas comunidades.

Fonte: Prefeitura de Diamantino MT

Comentários Facebook
Continue lendo

DIAMANTINO

Assistência Social de Diamantino promove campanha sobre violência contra a pessoa idosa

Publicado

A Secretaria Municipal de Assistência Social, Trabalho e Cidadania promoveu a campanha Junho Violeta – no mês de conscientização sobre a violência contra a pessoa idosa. Para intensificar o debate sobre o tema foi realizada, nesta quarta-feira (29.06) uma Roda de Conversa conduzida por autoridades e profissionais de diversas instituições, com transmissão ao vivo da Câmara Municipal através da página do facebook da Prefeitura.

Em seguida, houve pitstop com entrega de informativo sobre os direitos do idoso.

A ação contou com a participação do CRAS – Centro de Referência da Assistência Social, do Grupo Viver Legal e da Secretaria Municipal de Saúde. Participaram da Roda de Conversa, o vice-prefeito Jozenil Costa Lube, a vereadora Michele Carrasco, a assistente social Ana Cristina dos Santos, a presidente do Conselho Municipal do Idoso, Maria Luiza Dias, a coordenadora do CRAS, Cleir Jovina dos Anjos, o Tenente PM Zanetti, representando a Polícia Militar, a psicóloga Luciana Mendes Santos, e o coordenador do Grupo Viver Legal, Lucas Gabriel Garcia.

Fonte: Prefeitura de Diamantino MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Infraestrutura recupera 17 km de estrada na II Sete Placas e Dr. Manoel vistoria obra
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana