conecte-se conosco


ENTRETENIMENTO

Conrado, da dupla com Aleksandro, recebe alta e é ouvido pela polícia

Publicado

source
Conrado, da dupla com Aleksandro, recebe alta e é ouvido pela polícia
Reprodução

Conrado, da dupla com Aleksandro, recebe alta e é ouvido pela polícia

O cantor Conrado, da dupla com Aleksandro, e o músico Júlio César Bigoli, da banda dos sertanejos, recebem alta do Hospital Regional de Registro, em São Paulo, nesta quarta-feira (22). Os dois permaneceram internados no local ao longo de 45 dias após sofreram um grave acidente de ônibus na rodovia Régis Bittencourt que matou Aleksandro e outras cinco pessoas da equipe.

A informação foi passada ao GLOBO pelo delegado Carlos Eduardo Vieira Ceroni, que cuida do caso. Na última terça-feira (21), João Vitor Moreira Soares, que atende pela alcunha artística Conrado, e Júlio César Bigoli prestaram depoimento à polícia.

— Os últimos dois ocupantes do ônibus que estavam internados foram ouvidos ontem — ressalta Ceroni, que ainda depende do laudo da perícia no veículo para concluir a investigação. — Hoje estarão recebendo alta e retornando para a cidade deles. Segundo informações, vão de avião para a cidade deles.

Ônibus em alta velocidade

Segundo o delegado, a polícia atestou a veracidade do vídeo feito pelo motorista de um carro que foi ultrapassado pelo ônibus em que estava a equipe da dupla sertaneja, em alta velocidade, no dia do acidente e na mesma Rodovia Régis Bittencourt. Autoridades também analisaram imagens coletadas no local em que o ônibus tombou, na altura do quilômetro 402.

Além de Aleksandro, os músicos Wisley Aliston Roberto Novais, Marzio Allan Anibal e Roger Aleixo Calgnoto, o roadie Giovani Gabriel Lopes dos Santos e o técnico de luz Gabriel Fukuda morreram no acidente. Neste momento, laudos da perícia técnica e do Instituto Médico Legal (IML) estão sendo estudados com base nos depoimentos de Conrado e Júlio César.

Leia mais:  'Power Couple': Michele e Passa são eliminados com 22,20% dos votos

Antes, o delegado havia colhido depoimentos de 13 pessoas, entre passageiros, policiais rodoviários federais e bombeiros, que chegaram primeiro ao local. Um dos mais fundamentais foi o do motorista Valdoir Martins, condutor reserva que dirigia o ônibus da dupla.

— Ele estava tranquilo. Disse que tem 32 anos de experiência e que já trabalhou para a dupla sertaneja Thaeme e Thiago. Ele afirmou que realmente o pneu estourou e que por isso perdeu o controle do ônibus. Garantiu também que não estava correndo — contou Ceroni.

Se houve excesso ou não de velocidade, o laudo técnico irá dizer. Peritos que estiveram na cena do acidente recolheram partes do ônibus, incluindo o velocímetro, peças que se soltaram do veículo no momento em que ele caiu no canteiro central e tombou e analisaram até o tipo de marca que os pneus deixaram no asfalto da antiga rodovia da morte paulista.

Um mês na UTI

Conrado e Júlio César Bigoli permaneceram um mês na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital Regional de Registro. No dia 7 de junho, ambos foram transferidos para a enfermaria do local.

Ao longo desse período, Conrado foi intubado e submetido a uma cirurgia para instalar pinos na bacia e estabilizar o quadril. Em seguida, ele precisou se recuperar de um novo procedimento no qual foi feito um enxerto nos ferimentos das costas, visando a “reconstrução” de parte de sua pele.

O enxerto cutâneo é realizado em pacientes que perderam parte da pele devido a acidentes, queimaduras profundas, ulcerações vasculares, feridas cirúrgicas ou retirada de tumores. O processo é caracterizado pela remoção de parte do tecido de uma área saudável do corpo, realocando-a sobre a porção lesionada. Introduzido em ferimentos sem perspectiva de melhora só com curativos, o enxerto funciona como um revestimento de proteção que possibilita que a pele possa então se regenerar.

Leia mais:  Juliette lança o forró pop romântico de "Xodó"
Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
publicidade

ENTRETENIMENTO

Mario Frias compartilha vídeo e alfineta Bárbara Paz: “Quanto egoísmo”

Publicado

Mario Frias e Bárbara Paz
Reprodução/Instagram

Mario Frias e Bárbara Paz


Mario Frias  não gostou nada de ver  Bárbara Paz, que dá vida à vilã Úrsula Alves, na novela “Além da Ilusão”, da Globo,  cutucando o governo de Jair Bolsonaro durante sua participação no programa “Altas Horas”, de Serginho Groisman, no último dia 18 de junho.

E, com a repercussão da declaração em alguns grupos de WhatsApp e perfis nas redes sociais,  ele, que deixou o comando da Secretaria Especial de Cultura no mês de março, aproveitou para retuitar o trecho e mostrar seu incômodo com a  atriz.


“Votar direito é votar em corrupto? Os paladinos da verdade querem dizer em quem o povo deve votar baseado no que eles deixaram de ganhar? Quanto egoísmo! É sempre a mesma ladainha, mas todos sabemos o motivo de tanto choro. Essa gente vive em uma realidade totalmente paralela”, desabafou  Frias no Twitter.

Para quem não assistiu à atração,  Bárbara ressaltou que, “acima de tudo, a gente tem que votar direito. Em outubro, é a eleição, a gente tem que valorizar a nossa cultura, porque os preços do jeito que estão, o alimento, o gás, a luz, o cinema, que está restrito, do jeito que está, não dá para continuar”.

Leia mais:  Juliette lança o forró pop romântico de "Xodó"


Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Continue lendo

ENTRETENIMENTO

Queridinha das celebs, Lívia Brasil dá dicas para ter um feed perfeito

Publicado

Lívia Brasil
Reprodução/Instagram

Lívia Brasil

Seguida por nomes como  Karina Bacchi, Cida Marques, Deborah Albuquerque  e  Renata Banhara, Lívia Brasil, pioneira do segmento dos presets no Brasil e que acumula mais de 1,5 milhão de seguidores no Instagram, topou conversar com o iG Gente para “tentar” desvendar o segredo de seu sucesso e o motivo de ter virado o nome da vez.

“Eu ensino o que ninguém fala por trás das redes sociais, desde as tendências do algoritmo, caminhos para viralizar vídeos, postagens e como crescer e ganhar dinheiro com a internet até os ‘aplicativos secretos’ que as  blogueiras usam, mas não assumem”, começou dizendo, entre risos.

Em seguida, Lívia explicou que “saber se posicionar, pensar na paisagem e avaliar a iluminação” são itens essenciais para fazer um “barulhinho bom” nas páginas. Mais do que isso, elencou três truques infalíveis na hora de as pessoas ensaiarem um sorriso e ouvirem a frase: “Olha o passarinho!”. Confira os momentos mais marcantes do bate-papo!


Lívia Brasil
Reprodução/Instagram

Lívia Brasil


Luz:  “O tamanho da qualidade da foto é diretamente ligado a quanto houve de investimento, indiretamente, para ela. É claro que, seja de celular, seja de uma câmera profissional, dá para ter um resultado excelente em todas as possibilidades. A luz é um dos principais requisitos. Estar sem sol direto, sem foco e priorizar uma iluminação mista e indireta é uma das melhores instruções que posso dar”.

Leia mais:  MD Chefe vence BET Awards como Artista Revelação Internacional

Posicionamento:  “Às vezes, a posição em que a pessoa ficará é que vai definir a foto. Porque, se ela estiver em um cenário encantador, mas com o enquadramento errado, a imagem não vai refletir a beleza do local nem a dela. Se você não tem habilidade em pensar sozinha nisso, pegue boas referências e pesquise antes. Treine em casa, veja poses, e o melhor: coloque em prática!”.

Configuração:  “Até no celular, esse aspecto da câmera pode ser regulado, e muita gente nem sabe que isso é possível. Hoje, os smartphones têm tanto configuração de sistema quanto de câmera, ou seja, você consegue estabelecer as ferramentas que usará na hora de tirar a foto e no instante de armazená-la, por exemplo, já que dá para fotometrar e escolher o tamanho do arquivo. Leia sobre o seu aparelho, explore essa possibilidade, e na edição também existem formas de otimizar ainda mais o clique”.


Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana