conecte-se conosco


DIAMANTINO

Vandalismo continua causando prejuizo aos cofres do município de Diamantino

Publicado

O vandalismo continua causando prejuízo aos cofres públicos de Diamantino. A iluminação pública tem sido o principal alvo dos ataques, um problema constante enfretado pelas equipes da Secretaria Municipal de Infraestrutura. Os atos criminosos causam gastos para a compra de equipamentos mão de obra.  

No mês de março a escadaria, localizada no bairro Buriti, sofreu destruição dos equipamentos poucos dias depois de ter sido iluminada. No mês passado, os vândalos também atacaram a passarela do Centro, localizada nas imediações do Centro de Reabilitação. Havia menos de 30 dias que as equipes realizaram a reposição de lâmpadas e manutenção da iluminação nesta localidade.

Recentemente foi registrado ainda o furto de pelo menos 100 metros de fio de alumínio responsáveis por levar energia à rede de iluminação na marginal da Rodovia Senador Roberto Campos, no Novo Diamantino. As equipes de manutenção tem buscado melhorias para resolver a situação de queixas dos moradores. Todavia, a ação de grupos criminosos dificulta o trabalho, causando prejuizos ao município. 

Denúncias para casos de furto e outros atos de vandalismo podem ser feitas na ouvidoria do município pelo telefone 08006430066 ou pelo e-mail [email protected] 

Comentários Facebook
Leia mais:  Prefeitura de Diamantino adquiri sede da AABB para construir moderno complexo esportivo
publicidade

DIAMANTINO

‘Mutirão da Catarata’ devolve a visão a pacientes de Diamantino

Publicado

“Eu não podia ler mais, tinha que trazer o papel bem pertinho para poder enxergar”, contou a aposentada Nilce de Carvalho Garcia de 77 anos. Ela foi um dos 22 pacientes diagnosticados com catarata pela atenção básica de saúde de Diamantino. Todos os pacientes fizeram a cirurgia de catarata no Pronto Atendimento Municipal Dr. Leônidas Nascimento Vidigal nesta sexta-feira (13.05). A realização do procedimento é inédita no município e possível devido ao Programa Mais MT Cirurgias da Secretaria de Estado de Saúde – SES/MT em parceria com a Prefeitura de Diamantino.

Na antessala de cirurgia, o morador do bairro Buriti, Osvaldo Souza de 71 anos, que trabalhava com serviços gerais até poucos meses antes da pandemia do novo coronavírus, quando após um mal-estar devido a visão turva o tirou de suas atividades laborais.

“Eu trabalhava limpando quintais, fazendo todo o tipo de serviço e precisava enxergar bem para não deixar nada para trás, foi quando percebi que a visão estava cada dia mais embaçada, até que um dia durante o trabalho tive um mal-estar, vindo parar no Pronto Atendimento e achando que ficaria cego”, relatou.

Osvaldo ainda contou que teve seu procedimento cirúrgico marcado, porém cancelado devido à pandemia da Covid-19, quando em todo o país foi interrompida a realização de procedimentos ambulatoriais e cirurgias eletivas.

Responsável pelos procedimentos realizados no dia de hoje, o médico oftalmologista Antônio Sardinha explicou que a “catarata” é a densificação do cristalino ocular ocasionado pelo envelhecimento, porém podem também estar associadas a alterações metabólicas, ou até mesmo em crianças por hereditariedade e pontua que o procedimento é rápido e indolor, tendo resultados imediatos pós-cirúrgico.

“Este tipo de catarata é denominada de catarata senil, que está relacionada a idade. Conforme a pessoa vai envelhecendo o cristalino também envelhece e vira a catarata. Então tiramos esse cristalino doente e colocamos uma lente intraocular, que faz com que a pessoa volte a enxergar e até mesmo em muitos casos fazendo com que a pessoa deixe de usar óculos para longe”, explica.

Leia mais:  ‘Mutirão da Catarata’ devolve a visão a pacientes de Diamantino

A cirurgia, detalhou o médico, demora entre 5 a 10 minutos e o tempo de recuperação depende de cada pessoa, do uso dos colírios com antibiótico e corticoide e também do repouso que é o mais importante, já no mesmo dia ela consegue enxergar bem.

Redução da fila de espera pela cirurgia

Conforme explica Ludmilla Carris, enfermeira do município de Diamantino, o mutirão em parceria com a SES/MT, através do Programa Mais MT Cirurgias, tem o objetivo de reduzir uma demanda reprimida para a realização de consultas e procedimentos oftalmológicos desde o ano de 2015 que se estendia até junho de 2021.

“Constatamos que entre o período de 2015 a junho de 2021, havia uma demanda reprimida por consultas oftalmológicas em Diamantino, e a destinação de recursos através do programa do Governo do Estado nos colocou em condições de realizar estes procedimentos e também de consultas”, afirmou.

O mutirão se estende neste final de semana com consultas oftalmológicas, agendadas para este sábado (14) e domingo (15) na Estratégia de Saúde da Família – ESF Central, a partir das 07h00 com parada para almoço e retorno às 13h00, onde espera-se que sejam atendidas 150 pessoas, pré-agendadas, incluindo os retornos dos procedimentos efetuados hoje.

Comentários Facebook
Continue lendo

DIAMANTINO

Dia Internacional da Enfermagem é celebrado com caminhada Vida pela Vida em Diamantino

Publicado

A Caminhada Vida pela Vida foi um sucesso e marcou mais um dia de programação da 1ª Semana da Enfermagem em Diamantino alusiva ao Dia Internacional da Enfermagem, comemorado nesta quinta-feira (12.05). O evento teve como público alvo os profissionais, acadêmicos, professores da área de saúde e a comunidade em geral, todos motivados por hábitos mais saudáveis e qualidade de vida. O percurso iniciou na prefeitura com chegada na Praça Major Caetano Dias.

O movimento  proporcionou mais um reencontro entre os profissionais da classe e propôs também um momento de conscientização sobre a importância da atividade física . Antes da largada houve um alongamento coletivo sob orientação de educadores físicos. A tarde com clima agradável favoreceu para os participantes chegarem ao destino com muita disposição e alegria.

A secretária Marineze participou da caminhada durante todo o percurso e ao final recbeu flores da equipe. Ela também deixou sua mensagem de homenagem. “Parabéns pelas vidas que vocês salvam e pelo carinho e amor com que cuidam ”, declarou.

A enfermeira Geysa Campos do ESF Jardim Alvorada destacou que a ação tira os profissionais da invisibilidade e trouxe união entre as equipes.  “Achei muito bancana porque proporciona maior visibilidade da nossa categoria que é a maior da saúde, a grande massa. Essas atividades elas trazem alegria, que nesse período ainda pandêmico, mas em menor quantidade de casos, é um grande remédio. Possibilita também a socialização  e a melhoria da autoestima. Aprovadíssima a iniciativa”, pontuou.

O médico da família, Dr. Gustavo Vasconcelos que atua no ESF Pedregal falou sobre a importância da mobilização como forma de reconhecimento ao trabalho da classe.  “É bem vantajosa essa participação da comunidade, da classe da enfermagem. Parabéns à secretária de Saúde Marineze por estar elencando esse dia tão especial do enfermeiro, do técnico de enfermagem e auxiliar nas comemorações. São pessoas que fazem quase tudo dentro de um pronto atendimento, em um hospital. O médico está ali para fazer o atendimento, mas quem vai fazer o cuidado todo é o pessoal da enfermagem”, explicou.

Leia mais:  Prefeitura de Diamantino adquire sede da AABB para construir moderno complexo esportivo

Pablo Monteiro, coordenador do ESF Bom Jesus parabenizou os idealizadores da ação. “Quero parabenizar, porque o evento está sendo maravilhoso e agradecer a iniciativa, a caminhada foi maravilhosa, contando com toda a equipe das unidades de saúde e da Prefeitura. Que possamos aderir esse movimento para os próximos anos se estendendo para outras secretarias e outras pessoas da sociedade. É uma forma de valorização e incentivo aos profissionais”, disse.

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana