conecte-se conosco


ENTRETENIMENTO

Meu Coco: Show de Caetano tem de famosos a gritos de “fora, Bolsonaro”

Publicado

source
Caetano Veloso
Rafael Strabelli/Espaço das Américas

Caetano Veloso


Com ingressos esgotados para este fim de semana, duas datas extras para junho e palavras de ordem da plateia contra o presidente brasileiro,  Caetano Veloso subiu ao palco do Espaço das Américas, nesta sexta-feira (6), para uma apresentação histórica, tanto pelo período “quase pós-pandêmico” quanto pelo fato de estar completando oito décadas de vida este ano.

Como de praxe, alguns nomes estrelados foram conferir de perto o espetáculo, como os casais Drauzio Varella e Regina Braga, e  Chay Suede e Laura Neiva, além de Seu Jorge,  João Vicente de Castro e Regina Casé. Chay, aliás, era um dos mais animados. Para quem não se lembra,  ele chegou a declarar no “Caldeirão”, mas na época do Huck, que “só começou qualquer coisa por causa de Caetano”.


Chay Suede, Laura Neiva e João Vicente de Castro
Rafael Strabelli/Espaço das Américas

Chay Suede, Laura Neiva e João Vicente de Castro


Embora gravações inéditas como “Anjos Tronchos”, “Sem Samba Não Dá”, “Não Vou Deixar” e “Noite de Cristal” tenham contagiado os fãs durante praticamente duas horas, os maiores instantes de emoção ficaram por conta de clássicos do repertório como “Sampa”, “Reconvexo”, “Menino do Rio”, “Lua de São Jorge” e “Odara”, cantada a plenos pulmões pelo público.

Em texto divulgado previamente, o  artista já havia comentado o critério de escolha do repertório: “Procuro juntar peças marcantes do álbum com obras que registrem momentos históricos. A presença de algo antigo mas quase desconhecido — como a de umas e não outras faixas do disco “Meu Coco” — ilumina o que quer dizer a eventual aproximação de um surrado sucesso óbvio com uma igualmente óbvia canção marcante do álbum novo”.

Leia mais:  Filme traz Cássio Gabus Mendes como pai conservador e homofóbico; veja
Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
publicidade

ENTRETENIMENTO

Filme traz Cássio Gabus Mendes como pai conservador e homofóbico; veja

Publicado

source
Cássio Gabus Mendes e Filipe Bragança interpretam pai e filho no longa 45 do Segundo Tempo
Divulgação

Cássio Gabus Mendes e Filipe Bragança interpretam pai e filho no longa 45 do Segundo Tempo


Cássio Gabus Mendes está prestes a estrear no cinema como Ivan no longa 45 do Segundo Tempo, uma comédia de Luiz Villaça que fala sobre saudade e amizades. Embora o longa tenha uma proposta de fazer o público rir e refletir sobre o tempo, ele também tem seus pontos mais densos.

No longa, Ivan tem um acesso de fúria e chega a fazer comentários homofóbicos com seus amigos, Pedro Baresi (Tony Ramos) e Mariano (Ary França), após ver seu filho, interpretado por Filipe Bragança, aos beijos com outro rapaz. No trailer divulgado pela Paris Filmes, é possível ver o personagem mostrando todo o seu conservadorismo ao surgir completamente transtornado por ter presenciado a cena.

Mas a coluna recebeu com exclusividade um dos trechos mais emocionantes da comédia: o momento em que Ivan abre seu coração para o filho e pede perdão por não ter reagido da melhor maneira ao vê-lo aos beijos com outro homem. Assista:


45 do Segundo Tempo tem como assunto principal a amizade e mostra o reencontro de Pedro Baresi com seus amigos, Ivan e Mariano, 40 anos após a inauguração do metrô de São Paulo (feita em 1974) para recriarem uma foto que tiraram juntos na ocasião.

O drama central gira em torno de Pedro, dono de uma cantina de comida italiana, a Baresi, que está à beira da falência. Deprimido e sem grandes perspectivas, ele compartilha com os amigos que tomou a decisão de morrer, mas só fará isso após ver o Palmeiras, seu time do coração, ser campeão novamente.

Nesta jornada de reencontro e reflexão sobre diversos assuntos da vida, os amigos se ajudam mutuamente a encarar a vida sob uma nova perspectiva. 45 do Segundo Tempo estreia em 2 de junho nos cinemas. O longa ainda conta com Denise Fraga e Louise Cardoso no elenco. Assista ao trailer oficial:

Leia mais:  MC Kevin: saiba o que mudou na vida dos familiares um ano após a morte


Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Continue lendo

ENTRETENIMENTO

Sabrina Sato rejeita sexo frequente: “Não tenho periquita pra isso”

Publicado

source
Sabrina Sato e Duda Nagle estão juntos há seis anos
Reprodução

Sabrina Sato e Duda Nagle estão juntos há seis anos

Diferentemente de Jennifer Lopez, que, supostamente, fez seu noivo Ben Affleck assinar um acordo para estabelecer uma frequência sexual mínima de quatro vezes por semana, Sabrina Sato confessou que não tem vontade de transar sempre com o marido, Duda Nagle. “Eu não tenho nem periquita para isso”, comentou durante o Saia Justa, programa que apresenta no GNT. 


“Os dois são realmente muito gostosos. Eu também olho para o Duda (Nagle) e acho lindo, gostoso, maravilhoso. Mas a vontade…”, brincou Sabrina. Já a atriz Deborah Secco, convidada do programa, afirmou que queria ter mais tempo para ter relações sexuais com Hugo Moura, seu marido. 

“Eu só preciso conciliar meu tempo e a minha agenda, mas quando estou em casa, sinto muito tesão pelo meu marido. Desejo ele a cada instante, sou apaixonada. Olho para ele e tenho desejos. É uma delícia de homem, de pessoa, de tudo”, confessou Deborah.

A atriz também revelou que quando a filha do casal, Maria Flor, sai com alguma amiga da escola, o casal busca um tempinho a dois. “Não fazemos quatro vezes por semana, mas gostaria de ter tempo para fazer mais”, detalhou. 

*Com a colaboração de Gabriela Ramos.

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Leia mais:  'Power Couple': Laura Keller se arrepende de como expôs separação
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana