conecte-se conosco


POLÍTICA MT

Juliano Moreno é o próximo entrevistado do programa Palavra Literária

Publicado

Foto: Arte/ALMT / Arte/ALMT

O entrevistado do próximo episódio do programa “Palavra Literária” é o contista, poeta, professor e produtor cultural Juliano Moreno Kersul de Carvalho. O programa vai ao ar neste sábado (7), na TV Assembleia (TVAL),  canais 30.1 e 30.2.

Juliano concluiu a graduação em Direito e o mestrado em História na Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). Agora, está finalizando o doutorado em Direitos Humanos e Meio Ambiente pela Universidade do Pará (UFPA).

Nos períodos em que não está se dedicando à Literatura e à Cultura, Juliano encontra-se nas salas de aula. Atualmente, atua como professor de Filosofia do Direito no campus da Universidade de Mato Grosso (Unemat), em Cáceres. É também produtor cultural do projeto Palavra Aberta e editor da revista literária Fagulha.  

Em suas produções, o escritor procura “traduzir a sua jornada”, na tentativa de fazer com que as pessoas que as consomem consigam enxergar os fatos a partir das suas lentes. 

“Eu penso a arte muito nesse espaço da criação da realidade por um afeto da memória. Então, toda vez que eu vou produzir qualquer coisa, eu parto
dessa sensibilidade artística, mesmo ciência. Então, emular, a partir da linguagem, a experiência que eu estou tendo com o mundo”, relata.

Em 2002, Juliano Moreno publicou a coletânea de contos “Na Margem Esquerda do Rio”, em parceria com o professor Mário Cezar Silva Leite. A obra surgiu a partir de um evento realizado dois anos antes com o objetivo de divulgar e promover autores da Literatura mato-grossense.

Lançado em dezembro de 2020, “Passageiro Interior” é o livro mais recente do escritor e marca o seu retorno à cena literária, após muitos anos afastado em razão de suas atividades docentes e de pesquisa acadêmica.

Leia mais:  Juca do Guaraná Filho entrega primeiro espaço público de amamentações do Centro Oeste

A obra e o autor receberam críticas positivas em uma resenha na coluna “A literatura na poltrona”, de José Castello, no jornal Rascunho, prestigiado periódico literário brasileiro. Sempre com muito bom humor, Juliano conta que o livro foi escrito enquanto andava de ônibus. 

“Eu sou daquelas pessoas que aprendeu a ler enquanto anda. Só que isso não é recomendável que você bate em poste, atropela cachorro, mas é uma coisa que a gente faz porque ler é uma escolha. Então você lê no tempo que você tem e o ônibus é um objeto de estudo estético muito interessante”, diz.

As reprises do programa “Palavra Literária” são transmitidas aos domingos (11h30 / 21h), terças (12h30 / 22h) e sextas-feiras (12h30 / 22h).

Fonte: ALMT

Comentários Facebook
publicidade

POLÍTICA MT

Botelho aparece com 4,5% das intenções de votos; Juca surpreende e alcança 3% para estadual, aponta PercentBrasil

Publicado

Faltando menos de cinco meses para o sufrágio, o presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho (União Brasil), assumiu a liderança na disputa pela reeleição com 4,5% das intenções de votos.

A pesquisa da PercentBrasil foi realizada em Cuiabá e Várzea Grande, principal base política de Botelho. Pelas projeções, o chefão do Legislativo deve conquistar cerca de 25 mil votos apenas na Baixada Cuiabana.

A deputada estadual, Janaina Riva (MDB), perdeu fôlego, ela liderava com folga em outubro do ano passado, mas ainda segurou 4,3% das citações nas duas maiores cidades de Mato Grosso. O ex-prefeito da Capital, Wilson Santos (PSD), segue tendência de crescimento e cravou 3,3% de preferência popular.

O presidente da Câmara Municipal de Cuiabá, Juca do Guaraná Filho (MDB), foi a grande surpresa desta sondagem quantitativa. Ele abocanhou 3%, o que mostra boa capilaridade eleitoral. Com o desempenho em alta, Juca tende a ser o segundo candidato a deputado estadual mais bem votado do MDB.

Na mesma posição, também com 3%, o deputado estadual, Elizeu Nascimento (PL), mostra sinais evidentes de que vai se reeleger. Ele apareceu bem posicionado em todas as pesquisas realizadas até agora pela PercentBrasil.

Ronye Steffan Rosa Índio – Diretor da PercenBrasil

No pelotão intermediário, o primeiro-secretário da Casa de Leis, Max Russi (PSB), e o também deputado estadual, Faissal Calil (Cidadania), apareceram empatados numericamente com 2,5% das citações. Um pouco mais abaixo, com 2,3%, pontuo o médico Lúdio Cabral (PT).

Com exatos 2%, cinco nomes foram lembrados pelos entrevistados. São eles: Paulo Araújo (PP), Júlio Campos (União Brasil), Marcia Pinheiro (PV), Diogo Guimarães (Republicanos) e Dr. Luiz Fernando (Republicanos).

Outras 11 lideranças, pré-candidatos ou não, ainda pontuaram com 1%. Neste grupo, destaca-se o ex-secretário estadual de Fazenda, Eder Moraes (PV). Ele foi citado espontaneamente por 1% dos entrevistados, número que o projeta como nome consolidado na disputa por uma vaga à Assembleia Legislativa. Confira todos os nomes com 1%: João Batista, Wallace Guimarães, Dr. Daúde, Eder Moraes, Tião da Zaeli, Sargento Laudicério, Ridalva, Felipe Wellaton, Carlos Avallone, Gilberto Figueiredo e Fábio Tardin.

Leia mais:  Deputada comemora acordo que garante aposentadoria A servidores estabilizados e ressalta trabalho conjunto

Confira o gráfico da pesquisa abaixo:

Metodologia

A PercentBrasil aplicou a técnica “survey de opinião” com 1.000 entrevistados por telefone em Cuiabá e Várzea Grande. A coleta de dados se deu entre os dias 27 de abril a 3 de maio. A margem de erro de é 3,10% para mais ou para menos. Seguindo os ditames da Lei Eleitoral, a pesquisa foi devidamente registrada junto ao Tribunal Regional Eleitoral sob o número MT-06721/2022.

Comentários Facebook
Continue lendo

POLÍTICA MT

Barranco pede implantação de Sala Lilás nas delegacias de Mato Grosso

Publicado

Foto: MARCOS LOPES / ALMT

O deputado estadual Valdir Barranco (PT) apresentou, na última semana, na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (Almt), indicações para o governador Mauro Mendes (União) colocar como prioridade a instalação de espaços chamados de “Sala Lilás” em delegacias do estado que não tiverem o ambiente. O espaço será usado para acolhimento às mulheres vítimas de violência doméstica e familiar e contará com profissionais capacitados para atendimento especializado e humanizado.

Na justificativa, o parlamentar explica que dos muitos relatos que chegam à rede de assistência à mulher, são de violência doméstica em consequência do relacionamento abusivo. “Não é fácil para as vítimas falarem sobre o assunto e a depender do local onde são atendidas, as denunciantes são vitimizadas”, observa.

Barranco acrescentou no texto, que a rede de proteção precisa incluir principalmente nas delegacias do interior, mais serviços que promovam atendimento às mulheres vítimas desse tipo de violência. “A implantação da Sala Lilás como espaço de acolhimento é mais um passo importante para fortalecer a assistência à mulher. Denunciar é preciso, mas as vítimas têm que estar seguras e essa segurança deve ser oferecida pelos órgãos através do acolhimento, orientação e cuidados a quem busca os serviços”, afirma acrescentando que o estado emocional das mulheres precisa ser levado em consideração.

O deputado ressalta na proposta apresentada que, “com os dados de pesquisas sobre este tipo de crime e o mapa de violência em nosso estado, fica evidente o grande aumento da violência doméstica, durante o período de pandemia, desta forma, há necessidade da instalação de Salas Lilás em diversos municípios”.

Fonte: ALMT

Comentários Facebook
Leia mais:  Barranco pede implantação de Sala Lilás nas delegacias de Mato Grosso
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana