conecte-se conosco


MATO GROSSO

Governador autoriza licitação de escola indígena e assina R$ 19,4 milhões em convênios

Publicado

Em comemoração ao aniversário de 40 anos de emancipação política e administrativa do município de Juína, o governador Mauro Mendes assinou, nesta segunda-feira (09.05), oito convênios para obras de infraestrutura, e autorizou o processo licitatório da Escola Estadual Indígena Enawenê-Nawê, localizada na região.

Mauro ainda assinou a ordem de serviço para a construção do Hospital Regional de Juína e vistoriou as obras de restauração de 106 quilômetros da MT-170, no trecho que liga Juína a Castanheira, que receberam investimentos de R$ 48,3 milhões. 

No canteiro das obras do hospital, o governador ressaltou a importância das medidas enérgicas adotadas pelo Estado no início da gestão, em 2019, e destacou que foram elas que possibilitaram que, nos anos seguintes, o Governo pudesse fazer importantes investimentos em todos os municípios.

“Graças a Deus, nesses três anos e quatro meses, conseguimos fazer uma grande virada de página nesse Estado. O que estamos fazendo aqui hoje, no dia do aniversário de Juína, são importantes investimentos, assim como nos 141 municípios. São hospitais sendo construídos, rodovias. Os investimentos que estão acontecendo vão trazer muita coisa boa nos quatro cantos de Mato Grosso”, pontuou Mauro Mendes.

Além do Hospital Regional, que vai atender as demandas de alta e média complexidade da Saúde de toda a região noroeste, o governador ainda assinou convênios para a construção de 107 unidades habitacionais, em parceria com a MT Par, ao custo de R$ 1.605.000,00, e autorizou convênios para a pavimentação de mais de 70 quilômetros de estradas em cinco bairros da cidade, por meio da Secretaria de Infraestrutura e Logística (Sinfra). 

“Com esses convênios, nós podemos colocar o dinheiro que iria para o asfalto em um novo posto de saúde, uma reforma de creche… A gente consegue melhorar a estrutura do município, porque o senhor nos dá esse aval e essa garantia de que os recursos vão vir. Só estamos conseguindo fazer bons trabalhos porque a gente sabe da certeza de que no final do mês, no final da semana, o recurso do Estado vem”, reconheceu o prefeito de Juína, Paulo Veronese.

Leia mais:  SES realiza evento para mobilização sobre a importância da doação de leite humano

No município, o governador também assinou o termo de entrega de três patrulhas mecanizadas, oito resfriadores de leite, 215 sêmen convencional, 50 prenhezes e 500 toneladas de calcário para o fortalecimento da agricultura familiar, e a abertura do processo licitatório para a construção da Escola Estadual Indígena Enawenê-Nawê.

Com investimento de R$ 3.328.324,58, a unidade será construída no projeto padrão de construção de escola indígena e deverá atender cerca de 600 alunos, entre ensino fundamental, ensino médio e Educação de Jovens e Adultos (EJA).

“O governador Mauro Mendes fez uma verdadeira revolução social e econômica em Mato Grosso, fazendo com que a máquina pública, o dinheiro do tributo que os senhores pagam sejam revertidos em forma de investimento em infraestrutura e ações sociais”, colocou o senador Jayme Campos. 

“Quando passamos por aqui na campanha de 2018, não fizemos promessas, fizemos compromisso de resgatar a fé do povo mato-grossense em um governo que viria buscar as verdadeiras transformações que a população esperava, e assim fizemos”, completou.

Convênios

O governador autorizou a obra de pavimentação, drenagem pluvial, calçadas e sinalização na estrada que liga ao IFMT/Campus Juína, com investimento de R$ 1,7 milhão, em parceria dos senadores Jayme Campos e Wellington Fagundes.

Também foram autorizadas obras de asfaltamento em cinco bairros do município: No São José Operário serão 2,7 quilômetros de asfalto, com convênio firmado na ordem de R$ 344.168,53. Já no Módulo V, setor E, deverão ser asfaltados 8,1 quilômetros, com investimento de R$ 1.156.220,90. Também foi firmado convênio para asfaltamento de 26,7 quilômetros no Módulo V, Setor F, ao custo de R$ 3.121.241,02. 

Por sua vez, no Bairro Palmiteira serão 10,9 quilômetros de asfaltamento, com investimento de R$ 1.467.014,85. O Estado também investe R$ 254.929 para a reforma do Ginásio Egnaldo Mendonça. Todos esses convênios foram firmados em parceria com o senador Carlos Fávaro. 

Leia mais:  Inquérito eletrônico integrado alcança 200 mil procedimentos enviados à Justiça

O Bairro Padre Duílio também deverá receber pavimentação. A autorização para convênio, em parceria com o deputado federal Juarez Costa, também foi assinada nesta segunda-feira, com investimento de R$ 3.909.643,41.

Já em parceria com o deputado Neri Geller o Estado formalizou o convênio de R$ 2.530.654,37 para conservação de asfalto com microrrevestimento, em trecho de 11,6 quilômetros no município.

“É um governo diferenciado. É um governo que hoje começou o dia em Juara, entregando obras de pavimentação de aeroportos, estradas, de pontes de concreto, e viemos para Juína, assinamos convênios, entregamos máquinas. É uma revolução na infraestrutura, e me faz ter orgulho de estar hoje comandando essa pasta”, manifestou o secretário da Sinfra, Marcelo Oliveira.

O município de Castanheira também foi contemplado com autorização de convênio de R$ 3 milhões para conservação de asfaltamento do município. 

Acompanham o governador Mauro Mendes durante agenda em Juína os senadores Jayme Campos e Wellington Fagundes, a suplente de senador Margareth Buzetti, os deputados federais Neri Geller e Valtenir Pereira, e os deputados estaduais Elizeu Nascimento, Dilmar Dal Bosco e Xuxu Dal Molin,

Também, os secretários Rogério Gallo (Casa Civil), Kelluby Oliveira (Saúde), Marcelo de Oliveira (Sinfra), Laice Souza (Comunicação), Jordan Espíndola (chefe de gabinete), o presidente da MT PAR, Wener Santos, o presidente da Empaer, Reinaldo Loffi, e o comandante-geral da PM, coronel Alexandre Mendes.

Ainda, o prefeito de Juína e a primeira-dama, o vice-prefeito, os prefeitos de Campo Novo do Parecis, Castanheira, Juruena, Cotriguaçu, Colniza, e Porto dos Gaúchos.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
publicidade

MATO GROSSO

Governo promove regularização fundiária de 15 mil moradias em Várzea Grande

Publicado

O Governo de Mato Grosso, através do Instituto de Terras (Intermat), vai realizar o maior projeto de regularização fundiária urbana e beneficiar 15 mil famílias no município de Várzea Grande. Nesta ação, já autorizada pelo governador Mauro Mendes, o investimento é de R$17,8 milhões, recursos do Estado e Assembleia Legislativa.

“Com a assinatura deste termo, vamos poder trabalhar para realizar todos os esforços neste projeto de regularização urbana, jamais vista antes na história desta cidade. Todas as famílias que moram nos bairros contemplados vão receber o seu título completo, registrado em cartório, vamos entregar essa alegria e satisfação para todos que aguarda, há anos pelo seu documento”, declarou o presidente Intermat, Francisco Serafim.

Neste novo plano de trabalho, serão beneficiados os moradores de 21 bairros: Bonsucesso, Capão Grande, Estrela D’ Alva, Gonçalo Botelho, Mapim, Novo Mato Grosso, Jardim Eldorado, São Simão, Jardim Petrópolis, Jardim Guanabara, Jardim Maringá II, Jardim Maringá III, Jardim das Oliveiras, Jardim Ipanema, Jardim Corsário, Jardim Manaíra, Jardim Adália, Jardim Aroreira, 8 de Março, Portal da Amazônia e Santa Fé.

Conforme o diretor de Regularização Urbana do Intermat, Robinson Pazetto, o trabalho já foi iniciado, e o prazo para finalizar todos os processos “é dentro de tempo de um ano, mas, a partir do mês de setembro de 2022, vamos iniciar as primeiras entregas, queremos terminar tudo antes do prazo e levar os títulos para o morador”.

Outra parceira nesta ação é a Superintendência de Regularização Fundiária de Várzea Grande, que atua na matriz imobiliária, no trabalho de identificação, notificação aos proprietários acerca do processo, cadastro socioeconômico e demais etapas para gerar o título registrado em cartório. 

O prefeito de Várzea Grande, Kalil Baracat, destacou que a união dos poderes possibilita a realização do trabalho de regularização fundiária com entrega de documentação às famílias.

Leia mais:  Sema solta mais de 200 tartarugas capturadas ilegalmente no Parque Estadual do Araguaia

“Com essa parceria, do município com o Governo do Estado e a Assembleia Legislativa, a gente consegue realizar este sonho para quase mil famílias de Várzea Grande, que agora têm o seu título definitivo, uma grande valia presente para nossa cidade”.

O Intermat é o órgão do Governo de Mato Grosso responsável pelos trabalhos de regularização de terras que gera títulos urbanos e rurais aos proprietários, garantindo posse definitiva. Somente neste primeiro semestre do ano, o Estado já entregou um total de 1.238 documentos em Várzea Grande.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

MATO GROSSO

Governo de Mato Grosso vai regularizar 15 mil moradias urbanas em Várzea Grande

Publicado

O Governo de Mato Grosso, através do Instituto de Terras (Intermat), vai realizar o maior projeto de regularização fundiária urbana e beneficiar 15 mil famílias no município de Várzea Grande. Nesta ação, já autorizada pelo governador Mauro Mendes, o investimento é de R$17,8 milhões, recursos do Estado e Assembleia Legislativa.

“Com a assinatura deste termo, vamos poder trabalhar para realizar todos os esforços neste projeto de regularização urbana, jamais vista antes na história desta cidade. Todas as famílias que moram nos bairros contemplados vão receber o seu título completo, registrado em cartório, vamos entregar essa alegria e satisfação para todos que aguarda, há anos pelo seu documento”, declarou o presidente Intermat, Francisco Serafim.

Neste novo plano de trabalho, serão beneficiados os moradores de 21 bairros: Bonsucesso, Capão Grande, Estrela D’ Alva, Gonçalo Botelho, Mapim, Novo Mato Grosso, Jardim Eldorado, São Simão, Jardim Petrópolis, Jardim Guanabara, Jardim Maringá II, Jardim Maringá III, Jardim das Oliveiras, Jardim Ipanema, Jardim Corsário, Jardim Manaíra, Jardim Adália, Jardim Aroreira, 8 de Março, Portal da Amazônia e Santa Fé.

Conforme o diretor de Regularização Urbana do Intermat, Robinson Pazetto, o trabalho já foi iniciado, e o prazo para finalizar todos os processos “é dentro de tempo de um ano, mas, a partir do mês de setembro de 2022, vamos iniciar as primeiras entregas, queremos terminar tudo antes do prazo e levar os títulos para o morador”.

Outra parceira nesta ação é a Superintendência de Regularização Fundiária de Várzea Grande, que atua na matriz imobiliária, no trabalho de identificação, notificação aos proprietários acerca do processo, cadastro socioeconômico e demais etapas para gerar o título registrado em cartório. 

O prefeito de Várzea Grande, Kalil Baracat, destacou que a união dos poderes possibilita a realização do trabalho de regularização fundiária com entrega de documentação às famílias.

Leia mais:  Seduc recebe professora da rede estadual que coordena projeto em parceria com a NASA

“Com essa parceria, do município com o Governo do Estado e a Assembleia Legislativa, a gente consegue realizar este sonho para quase mil famílias de Várzea Grande, que agora têm o seu título definitivo, uma grande valia presente para nossa cidade”.

O Intermat é o órgão do Governo de Mato Grosso responsável pelos trabalhos de regularização de terras que gera títulos urbanos e rurais aos proprietários, garantindo posse definitiva. Somente neste primeiro semestre do ano, o Estado já entregou um total de 1.238 documentos em Várzea Grande.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana