conecte-se conosco


ESPORTES

Fluminense derrota o Junior Barranquilla-COL

Publicado

No jogo que marcou a reestreia do técnico Fernando Diniz, nesta quarta-feira (04/05), no Maracanã, o Fluminense levou a melhor sobre o Junior Barranquilla-COL, por 2 a 1, pela quarta rodada da CONMEBOL Sudamericana. Paulo Henrique Ganso e Luiz Henrique balançaram a rede para o Time de Guerreiros.

Seja Sócio e receba conteúdos exclusivos, além de ter descontos em vários parceiros. Faça o Fluminense mais forte e escolha um plano agora!

O triunfo deixa o Tricolor na segunda colocação do Grupo H, com sete pontos.

A equipe volta a campo no domingo (08/05), quando enfrenta o Palmeiras, às 16h, no Allianz Parque, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro.

PRIMEIRO TEMPO

Aos 3 minutos, após cobrança de escanteio de Yago Felipe, Paulo Henrique Ganso finalizou de bicicleta, abrindo o placar para o Fluminense. Aos 11, depois de boa troca de passes com Ganso, Luiz Henrique arriscou de longe, acertando a zaga. Na sobra, o Moleque de Xerém insistiu e, novamente, errou o alvo.

Aos 30 minutos, Germán Cano soltou uma bomba a longa distância, mas a bola subiu demais. Aos 36, Samuel Xavier rolou para Cano, e o chute cruzado explodiu na defesa. Aos 44, o goleiro espalmou a perigosa cobrança de falta de Yago Felipe.

SEGUNDO TEMPO

Aos 9 minutos, Borja igualou o marcador para o Junior Barranquilla-COL. Aos 11, da entrada da área, Luiz Henrique finalizou nas mãos do goleiro. Aos 13, de longe, André soltou uma bomba ao lado do gol.

Aos 17, servido por Nathan, Luiz Henrique voltou a arriscar a finalização, desviada pela zaga. Aos 21, Paulo Henrique Ganso tentou o arremate, sem sucesso.

Aos 27 minutos, em bela jogada ao lado de Ganso, Fred achou Luiz Henrique, que ficou cara a cara com o goleiro e encheu o pé para balançar a rede, marcando o segundo gol do Fluminense.

Leia mais:  Na Colômbia, América sai na frente, mas fica no empate com o Tolima pela Libertadores

Aos 44, após troca de passes com Fred, Nathan finalizou, mas acabou interceptado pela defesa. Aos 48, Marlon, de falta, levou perigo ao adversário. No último lance, Fred bateu para fora.

FICHA TÉCNICA

CONMEBOL Sudamericana – 4ª rodada

04/05/2022, 21h30 – Maracanã

Fluminense (2)

Fábio; Samuel Xavier, Nino, David Braz e Cris Silva (Nathan); André, Yago Felipe e Paulo Henrique Ganso (Wellington); Luiz Henrique (Marlon), Willian Bigode (Fred) e Germán Cano (Nonato). Técnico: Fernando Diniz

Junior Barranquilla-COL (1)

Viera; Viáfara (Cetré), Arias, Serje e Fuentes; Giraldo, Ángel (Uribe), Cabrera (González); Albornoz (Velasco), Hinestroza e Borja. Técnico: Juan Cruz Real

Gols: Paulo Henrique Ganso (3’ 1T) e Luiz Henrique (27’ 2T) (FLU); Borja (9’ 2T) (JUN)

Cartões amarelos: Nino, Paulo Henrique Ganso, Fred e Nathan (FLU); Giraldo, Fuentes, Albornoz, Hinestroza, Serje e Arias (JUN)

Arbitragem: Mario Díaz de Vivar, auxiliado por Eduardo Cardozo e José Cuevas

fonte: https://www.fluminense.com.br/noticia/fluminense-derrota-o-junior-barranquilla-col

Fotos: Mailson Santana/FFC

COMENTE ABAIXO:

Comentários Facebook
publicidade

ESPORTES

CSA-AL sai na frente, mas Náutico busca o empate nos Aflitos

Publicado

Tudo igual no confronto entre Náutico e CSA-AL pelo Brasileirão SportingBet Série B. Pela oitava rodada, Timbu e Azulão ficaram no 1 a 1, nesta quinta-feira (19). Giva Santos marcou para os alagoanos e Victor Ferraz fez para os pernambucanos em jogo disputado nos Aflitos, no Recife.

Com o ponto somado por cada um, o Náutico chegou aos oito e está em 13º lugar. Já o CSA-AL conquistou também a mesma pontuação, mas está em 16º pelos critérios de desempate da Série B.

+Confira a tabela do Brasileirão SportingBet Série B!

O jogo

O Azulão foi quem controlou as jogadas ofensivas no início, mesmo atuando fora de casa. Logo aos três minutos, Gabriel arrancou, bateu forte e Lucas Perri espalmou. Já aos 24, Lucas Marques cobrou escanteio, a bola encontrou Gabriel na segunda trave, que levantou na medida, ela ficou com Giva Santos, que fuzilou e abriu o placar no Recife.

Com o placar adverso, o Timbu buscou o ataque. Aos 32, Marcelo Carné fez uma bela defesa em finalização de Rhaldney. Enquanto aos 38, Jean Carlos recuperou a posse, tirou o goleiro e chutou, no entanto Lucão salvou em cima da linha. Já aos 42, Carné interveio mais uma vez em lance de Bryan.

No segundo tempo, mesmo com a vantagem no placar, o CSA manteve sua ofensividade. Aos quatro minutos, Didira serviu Rodrigo Rodrigues de calcanhar, ele bateu no ângulo e Lucas Perri foi buscar. Já aos 22, o arqueiro do Timbu fez uma linda defesa em pancada de Felipe Augusto.

O Azulão seguiu com as melhores chances, porém, foi o Náutico quem conseguiu ir às redes: quando o relógio marcou 39 minutos, Leandro Carvalho cobrou escanteio, Victor Ferraz apareceu na primeira trave, testou firme para o fundo do gol e deu números finais ao confronto.

Leia mais:  CSA-AL sai na frente, mas Náutico busca o empate nos Aflitos

fonte: https://www.cbf.com.br/futebol-brasileiro/competicoes/campeonato-brasileiro-serie-b/2022/73

COMENTE ABAIXO:

Comentários Facebook
Continue lendo

ESPORTES

Vasco empata sem gols com o Guarani na Arena da Amazônia

Publicado

Na noite desta quinta-feira (19/05), em partida válida pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro, o Vasco da Gama mediu forças com o Guarani na Arena da Amazônia, em Manaus. Mesmo apoiado por sua apaixonada torcida, que compareceu em grande número ao maior palco do futebol amazonense, o Gigante da Colina não conseguiu alcançar o terceiro triunfo consecutivo no torneio nacional e empatou sem gols com o Bugre.

Apesar da não conquista do resultado positivo, o Almirante ampliou sua série invicta (já são oito partidas sem derrota) e assumiu a terceira colocação com 14 pontos, dois a menos que o Cruzeiro, que lidera o Campeonato Brasileiro com 16 pontos. O próximo compromisso vascaíno será na próxima quinta-feira (26/05), às 19 horas, diante do Brusque (SC), em São Januário. Mais de 11 mil ingressos já foram emitidos para o confronto.

Foto: Daniel Ramalho/Vasco.com.br

O JOGO

O duelo de duas equipes de muita tradição no futebol brasileiro começou bastante equilibrado, com muita disputa no meio-campo e sem chances de gol para ambos os lados. A primeira grande oportunidade da partida foi do Guarani, aos 16 minutos, com Júlio César. O atacante arriscou da intermediária e obrigou Thiago Rodrigues a fazer uma grande intervenção. O arqueiro cruzmaltino voltou a trabalhar no minuto seguinte, dessa vez após arremate de Diogo Mateus. O jogo seguiu sem fortes emoções e só voltou a esquentar na metade final do primeiro tempo. Aos 34 minutos, Gabriel Pec cruzou, Figueiredo tocou para áera e Andrey Santos finalizou para fora.

A investida cruzmaltina serviu para acordar o Bugre, que criou as principais chances da etapa final. Aos 38, Bruno José recebeu de Giovanni Augusto e chutou com perigo. Na sequência, após cobrança de escanteio, Giovanni Augusto apareceu outra vez, dessa vez para acertar a trave. No rebote, Ernando cabeceou e Thiago Rodrigues fez um milagre, evitando o gol do Guarani.

Foto: Daniel Ramalho/Vasco.com.br

Na volta para o segundo tempo, Zé Ricardo promoveu a entrada de Matheus Barbosa no lugar de Juninho. Antes mesmo do cronômetro chegar aos cinco minutos, o Vasco chegou duas vezes, com Figueiredo e Raniel. As finalizações, entretanto, não conseguiram vencer o goleiro Kozlinski. A equipe de São Januário seguiu pressionado, especialmente com Gabriel Dias, nas bolas paradas, e Gabriel Pec, porém não obteve sucesso. O mesmo vale para o Guarani, que assustou em algumas oportunidades, com Lucão do Break, mas também não conseguiu tirar o zero do placar.

fonte: https://vasco.com.br/vasco-empata-sem-gols-com-o-guarani-na-arena-da-amazonia/

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana