conecte-se conosco


MATO GROSSO

Comissão norte-americana do Sistema Estruturado de Educação visita Seduc para troca de experiências

Publicado

A Secretaria de Estado de Educação (Seduc-MT) recebeu, nesta terça-feira (03/05,) a visita da comissão da Diretoria Britannica Education, que compõe o consórcio formado pela Fundação Getúlio Vargas & Dian, instituições que atendem a Política de Educação do Sistema Estruturado em Mato Grosso, por meio do Material Estruturado e Tecnologia para a Educação.

No período da manhã, a comissão conheceu os projetos da Seduc, trocou experiências e tratou de ajustes para atender melhor ao Sistema. A parceria está na fase de adaptações regionais. Vários artigos estão sendo desenvolvidos para atender a realidade de Mato Grosso, contemplando conteúdos que abordam a cultura, arte, flora, fauna e outras especificidades regionais.

Vídeo-aulas que foram selecionadas pela equipe da Seduc estão sendo traduzidas e adequadas, abarcando áreas do conhecimento como história, biologia, geografia, física, entre outras.

O secretário de Estado de Educação, Alan Porto, lembrou que todos os alunos da rede estadual já possuem login para acessar a plataforma Educatec, o que lhes permite aproveitar conteúdo de grande qualidade, que inclui vídeos e imagens em alta resolução.

Patrícia Palma, que é diretora comercial da Britannica no Brasil, ressaltou sua vontade de trazer mais qualidade para a educação pública em Mato Grosso. “Podemos contribuir muito junto ao consórcio da FGV, somando expertise para transformar a sala de aula e, a vida do professor, para a experiência digital”, disse.

No período da tarde, a comissão, juntamente com a equipe da Seduc visitou a Casa Civil no Palácio Paiaguás. Lá, os representantes da Britannica Education apresentaram um pouco da experiência que vivenciam, já que estão em mais de 50 países, em cinco continentes.

Sal De Spirito, vice-presidente da Britannica, que fica sediada em Chicago (EUA), apresentou algumas experiências da sua instituição, como as ocorridas no Egito, no Reino Unido e ressaltou a prática japonesa. “No Japão o que vimos foi exatamente o que vem sendo feito aqui em Mato Grosso. Muito investimento em conteúdo, em material e tecnologia. A expectativa é que o resultado venha, mesmo que a longo prazo. Isso fará toda a diferença no futuro”.

Leia mais:  Policiais militares do Bope salvam bebê de 17 dias de vida de engasgamento

O secretário-Chefe da Casa Civil, Rogério Gallo, recebeu a comitiva e conheceu detalhadamente a tecnologia que está sendo disponibilizada aos alunos da Rede Estadual de Ensino. “Essa reunião foi muito importante porque mostrou que a Seduc está dentro de um programa para revolucionar Mato Grosso. Vimos que o professor passa a ter mais facilidades na preparação de suas aulas, assim como o conteúdo amplo que está disponível ao aluno. Hoje ele tem uma enciclopédia na palma da mão e, isso, é revolucionário”, comemorou Gallo.

O secretário Alan Porto ressaltou que a Seduc tem investido na aquisição de materiais e tecnologias referências no mundo, mas que tudo isso tem que refletir na qualidade da educação dentro de sala de aula. “Agora, nosso grande desafio é transportar tudo isso para a sala de aula fazendo valer a gama enorme de conteúdos que a plataforma disponibiliza. Buscamos também dar poder para que o professor utilize todas as possibilidades que ela oferece, auxiliando desde seu processo de preparação de aula, bem como, as novas formas de realizar a avaliação”.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
publicidade

MATO GROSSO

Governo promove regularização fundiária de 15 mil moradias em Várzea Grande

Publicado

O Governo de Mato Grosso, através do Instituto de Terras (Intermat), vai realizar o maior projeto de regularização fundiária urbana e beneficiar 15 mil famílias no município de Várzea Grande. Nesta ação, já autorizada pelo governador Mauro Mendes, o investimento é de R$17,8 milhões, recursos do Estado e Assembleia Legislativa.

“Com a assinatura deste termo, vamos poder trabalhar para realizar todos os esforços neste projeto de regularização urbana, jamais vista antes na história desta cidade. Todas as famílias que moram nos bairros contemplados vão receber o seu título completo, registrado em cartório, vamos entregar essa alegria e satisfação para todos que aguarda, há anos pelo seu documento”, declarou o presidente Intermat, Francisco Serafim.

Neste novo plano de trabalho, serão beneficiados os moradores de 21 bairros: Bonsucesso, Capão Grande, Estrela D’ Alva, Gonçalo Botelho, Mapim, Novo Mato Grosso, Jardim Eldorado, São Simão, Jardim Petrópolis, Jardim Guanabara, Jardim Maringá II, Jardim Maringá III, Jardim das Oliveiras, Jardim Ipanema, Jardim Corsário, Jardim Manaíra, Jardim Adália, Jardim Aroreira, 8 de Março, Portal da Amazônia e Santa Fé.

Conforme o diretor de Regularização Urbana do Intermat, Robinson Pazetto, o trabalho já foi iniciado, e o prazo para finalizar todos os processos “é dentro de tempo de um ano, mas, a partir do mês de setembro de 2022, vamos iniciar as primeiras entregas, queremos terminar tudo antes do prazo e levar os títulos para o morador”.

Outra parceira nesta ação é a Superintendência de Regularização Fundiária de Várzea Grande, que atua na matriz imobiliária, no trabalho de identificação, notificação aos proprietários acerca do processo, cadastro socioeconômico e demais etapas para gerar o título registrado em cartório. 

O prefeito de Várzea Grande, Kalil Baracat, destacou que a união dos poderes possibilita a realização do trabalho de regularização fundiária com entrega de documentação às famílias.

Leia mais:  Intermediação do Governo garante ampliação do abastecimento de GNV em Cuiabá e Várzea Grande

“Com essa parceria, do município com o Governo do Estado e a Assembleia Legislativa, a gente consegue realizar este sonho para quase mil famílias de Várzea Grande, que agora têm o seu título definitivo, uma grande valia presente para nossa cidade”.

O Intermat é o órgão do Governo de Mato Grosso responsável pelos trabalhos de regularização de terras que gera títulos urbanos e rurais aos proprietários, garantindo posse definitiva. Somente neste primeiro semestre do ano, o Estado já entregou um total de 1.238 documentos em Várzea Grande.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

MATO GROSSO

Governo de Mato Grosso vai regularizar 15 mil moradias urbanas em Várzea Grande

Publicado

O Governo de Mato Grosso, através do Instituto de Terras (Intermat), vai realizar o maior projeto de regularização fundiária urbana e beneficiar 15 mil famílias no município de Várzea Grande. Nesta ação, já autorizada pelo governador Mauro Mendes, o investimento é de R$17,8 milhões, recursos do Estado e Assembleia Legislativa.

“Com a assinatura deste termo, vamos poder trabalhar para realizar todos os esforços neste projeto de regularização urbana, jamais vista antes na história desta cidade. Todas as famílias que moram nos bairros contemplados vão receber o seu título completo, registrado em cartório, vamos entregar essa alegria e satisfação para todos que aguarda, há anos pelo seu documento”, declarou o presidente Intermat, Francisco Serafim.

Neste novo plano de trabalho, serão beneficiados os moradores de 21 bairros: Bonsucesso, Capão Grande, Estrela D’ Alva, Gonçalo Botelho, Mapim, Novo Mato Grosso, Jardim Eldorado, São Simão, Jardim Petrópolis, Jardim Guanabara, Jardim Maringá II, Jardim Maringá III, Jardim das Oliveiras, Jardim Ipanema, Jardim Corsário, Jardim Manaíra, Jardim Adália, Jardim Aroreira, 8 de Março, Portal da Amazônia e Santa Fé.

Conforme o diretor de Regularização Urbana do Intermat, Robinson Pazetto, o trabalho já foi iniciado, e o prazo para finalizar todos os processos “é dentro de tempo de um ano, mas, a partir do mês de setembro de 2022, vamos iniciar as primeiras entregas, queremos terminar tudo antes do prazo e levar os títulos para o morador”.

Outra parceira nesta ação é a Superintendência de Regularização Fundiária de Várzea Grande, que atua na matriz imobiliária, no trabalho de identificação, notificação aos proprietários acerca do processo, cadastro socioeconômico e demais etapas para gerar o título registrado em cartório. 

O prefeito de Várzea Grande, Kalil Baracat, destacou que a união dos poderes possibilita a realização do trabalho de regularização fundiária com entrega de documentação às famílias.

Leia mais:  Hospital Regional de Sinop promove capacitação para profissionais da saúde

“Com essa parceria, do município com o Governo do Estado e a Assembleia Legislativa, a gente consegue realizar este sonho para quase mil famílias de Várzea Grande, que agora têm o seu título definitivo, uma grande valia presente para nossa cidade”.

O Intermat é o órgão do Governo de Mato Grosso responsável pelos trabalhos de regularização de terras que gera títulos urbanos e rurais aos proprietários, garantindo posse definitiva. Somente neste primeiro semestre do ano, o Estado já entregou um total de 1.238 documentos em Várzea Grande.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana