conecte-se conosco


ESPORTES

Coelhão vence o CSA em casa e está nas oitavas de final da Copa do Brasil

Publicado

Noite especial para o Coelhão! Nesta terça, o Coelhão assegurou sua vaga nas oitavas de final da Copa do Brasil vencendo o CSA-AL, no jogo da volta, por 3 a 0. No placar agregado, o triunfo se deu por uma goleada de 5 a 0. Os autores dos gols que abrilhantaram a noite na Arena Independência foi o meia Índio Ramírez e o fruto do DNA Formador americano, Rodriguinho.

No próximo sábado, o elenco viaja a Curitiba-PR para enfrentar os donos da casa, pelo Brasileirão.

O Jogo

Mesmo com uma vasta vantagem conquistada no primeiro jogo, a equipe americana se manteve firme na partida e queria balançar as redes para fechar a Fase 3 com chave de ouro. Com apenas 3 minutos de jogo, Índio Ramírez abriu o placar na Arena Independência. Após boa trama pela direita, o meia colombiano recebeu na entrada da área, arriscou de perna esquerda e a bola desviou até morrer no fundo da rede. No decorrer da etapa inicial o Coelho pressionou e não conseguiu ampliar o marcador por pouco.

Na volta do intervalo, ainda sobrou tempo para mais um. Aos 38 minutos, o DNA Formador brilhou! Rodriguinho saiu do banco para fazer o último do América, em um rebote de fora da área. Partiu oitavas de final!


FICHA DO JOGO

América 2×0 CSA-AL

Motivo: Copa do Brasil – Fase 35

Local: Arena Independência

Árbitro: Rafael Traci (SC)

Auxiliares: Henrique Neu Ribeiro e Johnny Barros de Oliveira (SC)

Gol: Índio Ramírez e Rodriguinho (América)

Cartões amarelos: Douglas Nascimento, Igor e Bruno Mezenga (CSA); Rodriguinho (América)

América

Jailson; Raúl Cáceres, Iago Maidana, Germán Conti e Marlon; Lucas Kal, Juninho Valoura (Rodriguinho), Índio Ramírez (Arthur); Gustavinho (Kawê), Henrique Almeida (Aloísio) e Felipe Azevedo (Pedrinho).

Leia mais:  Grêmio empata com o Criciúma na Arena

Técnico: Vagner Mancini

CSA-AL

Marcelo Carné; Lucas Marques, Werley, Douglas Nascimento, Ernandes; Giva Santos, Gabriel; Felipe Augusto, Osvaldo, Dalberto e Bruno Mezenga.Técnico: Mozart

Comentários Facebook
publicidade

ESPORTES

CSA-AL sai na frente, mas Náutico busca o empate nos Aflitos

Publicado

Tudo igual no confronto entre Náutico e CSA-AL pelo Brasileirão SportingBet Série B. Pela oitava rodada, Timbu e Azulão ficaram no 1 a 1, nesta quinta-feira (19). Giva Santos marcou para os alagoanos e Victor Ferraz fez para os pernambucanos em jogo disputado nos Aflitos, no Recife.

Com o ponto somado por cada um, o Náutico chegou aos oito e está em 13º lugar. Já o CSA-AL conquistou também a mesma pontuação, mas está em 16º pelos critérios de desempate da Série B.

+Confira a tabela do Brasileirão SportingBet Série B!

O jogo

O Azulão foi quem controlou as jogadas ofensivas no início, mesmo atuando fora de casa. Logo aos três minutos, Gabriel arrancou, bateu forte e Lucas Perri espalmou. Já aos 24, Lucas Marques cobrou escanteio, a bola encontrou Gabriel na segunda trave, que levantou na medida, ela ficou com Giva Santos, que fuzilou e abriu o placar no Recife.

Com o placar adverso, o Timbu buscou o ataque. Aos 32, Marcelo Carné fez uma bela defesa em finalização de Rhaldney. Enquanto aos 38, Jean Carlos recuperou a posse, tirou o goleiro e chutou, no entanto Lucão salvou em cima da linha. Já aos 42, Carné interveio mais uma vez em lance de Bryan.

No segundo tempo, mesmo com a vantagem no placar, o CSA manteve sua ofensividade. Aos quatro minutos, Didira serviu Rodrigo Rodrigues de calcanhar, ele bateu no ângulo e Lucas Perri foi buscar. Já aos 22, o arqueiro do Timbu fez uma linda defesa em pancada de Felipe Augusto.

O Azulão seguiu com as melhores chances, porém, foi o Náutico quem conseguiu ir às redes: quando o relógio marcou 39 minutos, Leandro Carvalho cobrou escanteio, Victor Ferraz apareceu na primeira trave, testou firme para o fundo do gol e deu números finais ao confronto.

Leia mais:  Grêmio empata com o Criciúma na Arena

fonte: https://www.cbf.com.br/futebol-brasileiro/competicoes/campeonato-brasileiro-serie-b/2022/73

COMENTE ABAIXO:

Comentários Facebook
Continue lendo

ESPORTES

Vasco empata sem gols com o Guarani na Arena da Amazônia

Publicado

Na noite desta quinta-feira (19/05), em partida válida pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro, o Vasco da Gama mediu forças com o Guarani na Arena da Amazônia, em Manaus. Mesmo apoiado por sua apaixonada torcida, que compareceu em grande número ao maior palco do futebol amazonense, o Gigante da Colina não conseguiu alcançar o terceiro triunfo consecutivo no torneio nacional e empatou sem gols com o Bugre.

Apesar da não conquista do resultado positivo, o Almirante ampliou sua série invicta (já são oito partidas sem derrota) e assumiu a terceira colocação com 14 pontos, dois a menos que o Cruzeiro, que lidera o Campeonato Brasileiro com 16 pontos. O próximo compromisso vascaíno será na próxima quinta-feira (26/05), às 19 horas, diante do Brusque (SC), em São Januário. Mais de 11 mil ingressos já foram emitidos para o confronto.

Foto: Daniel Ramalho/Vasco.com.br

O JOGO

O duelo de duas equipes de muita tradição no futebol brasileiro começou bastante equilibrado, com muita disputa no meio-campo e sem chances de gol para ambos os lados. A primeira grande oportunidade da partida foi do Guarani, aos 16 minutos, com Júlio César. O atacante arriscou da intermediária e obrigou Thiago Rodrigues a fazer uma grande intervenção. O arqueiro cruzmaltino voltou a trabalhar no minuto seguinte, dessa vez após arremate de Diogo Mateus. O jogo seguiu sem fortes emoções e só voltou a esquentar na metade final do primeiro tempo. Aos 34 minutos, Gabriel Pec cruzou, Figueiredo tocou para áera e Andrey Santos finalizou para fora.

A investida cruzmaltina serviu para acordar o Bugre, que criou as principais chances da etapa final. Aos 38, Bruno José recebeu de Giovanni Augusto e chutou com perigo. Na sequência, após cobrança de escanteio, Giovanni Augusto apareceu outra vez, dessa vez para acertar a trave. No rebote, Ernando cabeceou e Thiago Rodrigues fez um milagre, evitando o gol do Guarani.

Foto: Daniel Ramalho/Vasco.com.br

Na volta para o segundo tempo, Zé Ricardo promoveu a entrada de Matheus Barbosa no lugar de Juninho. Antes mesmo do cronômetro chegar aos cinco minutos, o Vasco chegou duas vezes, com Figueiredo e Raniel. As finalizações, entretanto, não conseguiram vencer o goleiro Kozlinski. A equipe de São Januário seguiu pressionado, especialmente com Gabriel Dias, nas bolas paradas, e Gabriel Pec, porém não obteve sucesso. O mesmo vale para o Guarani, que assustou em algumas oportunidades, com Lucão do Break, mas também não conseguiu tirar o zero do placar.

fonte: https://vasco.com.br/vasco-empata-sem-gols-com-o-guarani-na-arena-da-amazonia/

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana