conecte-se conosco


MATO GROSSO

Primeira-dama Virginia Mendes entrega 5,7 mil cestas básicas a entidades beneficentes de Rondonópolis

Publicado

A primeira-dama do Estado, Virginia Mendes, entregou, na tarde desta sexta-feira (29.04), mais de 5,7  mil cestas básicas a pessoas em situação de vulnerabilidade em Rondonópolis (212 km de Cuiabá), assistidas pelo Governo de Mato Grosso. 

As ações, realizadas por meio da Secretaria de Assistência Social e Cidadania (Setasc), seguiram neste sábado (30.04), em parceria com a União Rondonopolitana de Associação de Moradores de Bairros (Uramb). 

A primeira entrega ocorreu no Oratório Salesiano Dom Bosco, onde são realizados diversos projetos socioeducativos para crianças e adolescentes da região. Na oportunidade foram distribuídas mil cestas básicas e kits de higiene e limpeza. 

O padre Danilo Rinaldi, responsável pelo espaço, agradeceu às ações da primeira-dama, destacando que as doações são importantes para garantir a segurança alimentar dos mais necessitados. 

“Recebemos com muita alegria todas essas cestas básicas, que servem para colocar comida no prato do mato-grossense. Neste momento de vulnerabilidade, essa ação social faz toda a diferença. Já é a quinta vez que eles vêm e estamos unidos ao governador Mauro Mendes e à primeira-dama, para que continuem esse trabalho. Que Deus os abençoe”, disse ele. 

Uma das contempladas com a cesta básica, a dona de casa Elba Pereira de Souza, de 54 anos, afirmou que as ações do Estado levam acalento a quem mais precisa. 

“Essa ajuda é maravilhosa e necessária, porque a gente está passando por um momento difícil. Além  da cesta básica, também recebemos  do governo o cartão , que é uma benção nas nossas vidas”, disse ela, mãe de três filhos. 

Outras entregas ainda foram realizadas na União das Associações de Moradores da Região Salmem (Unisal), no Sindicato Intermunicipal dos Empregados do Comércio de Bares e Restaurantes (Sindecombares), e na Assembleia de Deus. 

Leia mais:  Número de empresas de transporte de carga cresce 30% em 2022

A presidente do Sindecombares, Aurinetes Amorim Moura, lembrou que o setor de bares e restaurantes foi muito castigado durante a pandemia da covid-19, e afirmou que muitas famílias sentem o impacto negativo deixado pela emergência sanitária ainda nos dias atuais. 

“Eu só tenho a agradecer a Deus e a vocês por cada cesta básica que chegou aqui, porque vocês não têm noção o que que é ouvir um garçom dizendo que tinha dois dias que estava bebendo água de sal. Dói na pele saber que minha categoria ficou dois anos parados, sem poder trabalhar. Quando chegamos até a senhora e conseguimos as cestas, eu fiquei de joelho e agradeci. Essas cestas básicas vem pra suprir a necessidade de muitas, muitas pessoas”, discursou emocionada. Na ocasião, foi feita uma oração pela vida da primeira-dama e pelas ações desenvolvidas pelo Governo de Mato Grosso. 

Conforme a primeira-dama, a intenção do Governo é que todos se sintam amparados nesse momento de dificuldade, e que consigam a ajuda necessária para se reerguerem e voltar ao mercado de trabalho . 

“Tem muitas pessoas que, por conta da pandemia, por conta do desemprego, precisam ser ajudadas nesse momento. Futuramente, a gente quer qualificar essas pessoas também, não só ficar entregando as cestas. Vamos qualificá-las para que elas possam sobreviver sem as cestas básicas,mas nesse momento essas ações são necessárias”, pontuou. 

“Eu me sinto abraçada toda vez que visito a cidade, sinto o carinho que vocês passam, e é esse carinho que a gente quer dar de volta para vocês. O Governo do Estado está aqui para fazer o que for preciso, e o que for impossível a gente vai tentar fazer também. Entramos no Governo do Estado para isso, para tentar ajudar as pessoas, para sermos parceiros”, completou. 

Leia mais:  Governo de MT vai aos Estados Unidos conhecer projeto de irrigação que é referência mundial

A primeira-dama de Rondonópolis, Neuma de Moraes, também ressaltou a importância da distribuição de cestas básicas e da parceria entre o Governo, a Prefeitura e as entidades que desenvolvem ações sociais. 

“Sabemos que a pandemia foi um momento muito difícil, e sabemos o momento em que passa o país, de muita dificuldade, então, esse momento é fundamental para a sobrevivência do nosso povo”, comentou Neuma. 

Nessa etapa de entregas de cestas básicas em Rondonópolis, estiveram presentes o Tenente-Coronel Cândido, comandante do 5° Comando Regional da Polícia Militar, a secretária-adjunta Salete Morocoski, da Setasc, Agnaldo dos Santos, superintendente de Assuntos Indígenas da Casas Civil, a professora Julieta Domingues, coordenadora da Unidade de Ações Sociais e Atenção à Família (UNAF), e o tenente-coronel Dias, do 10° Batalhão da Polícia Militar de Cuiabá.

Fonte: link

Comentários Facebook
publicidade

MATO GROSSO

MTI realiza live sobre “Estimular o perfil inovador e empreendedor dos servidores públicos”

Publicado

A Empresa Mato-Grossense de Tecnologia da Informação (MTI) realizou na última quarta-feira (25.05), a 15° edição do Tech Talk online com o tema “Estimular o perfil inovador e empreendedor dos servidores públicos”. A live teve o propósito de aliar ações educativas, diálogo e a interação como estratégia para promover a cultura da inovação no setor público.

“O foco da área de Inovação é trabalhar com esses servidores com perfis empreendedores e entusiasmados, uma vez que, existe pesquisas que mostram que esse grupo tem o efeito de transmitir e espalhar a mudança de cultura para os conformados. Se fala que no futuro as universidades vão ser apenas certificadores de conhecimento e não promovedores de informação, porque estamos vivendo um tempo onde a informação virou “commodity” (mercadoria) e existe uma overdose de informação. O problema agora não é acessar a informação e sim saber que informação eu tenho que acessar”, destaca o superintendente e gestor governamental da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag-MT), Washington Fernando da Silva, que ministrou a live.

Segundo Paulo Márcio Pinheiro Macedo, gerente de Unidade de Gestão Estratégica de Inovação e Parcerias da MTI (Ugein), já existe uma busca para criar essa cultura de inovação dentro da MTI, sendo um deles o evento Tech Talk que procura trazer sempre assuntos relevantes e profissionais aptos para lecionar os mais diversos assuntos. “A nossa intenção é que cada vez mais o servidor desperte para um novo momento de inovação no serviço público”, disse.

“Se a inovação não muda a vida das pessoas não é inovação. Só é inovação se agregar valor de maneira significativa ao Governo, gerando economia, melhoria de qualidade ou transformação, esse é o conceito de inovação”, acrescentou.

Leia mais:  Cerca de 500 pessoas se reúnem para debater políticas públicas voltadas à saúde mental

Habilidade empreendedora é habilidade de se adaptar a novas realidades não só de fazer isso, mais de ser o próprio agente da transformação dentro do setor público, ser o protagonista e também o articulador para que outras pessoas colaborem para provocar a grande mudança dentro da esfera pública ou pequenas mudanças também. 

Criada no início do ano passado, a superintendência de Governança Digital e Inovação em Práticas Públicas, traz em seu do contexto geral como é a Trilha, as ferramentas e outros meios para estimular e desenvolver uma competência no servidor de inovação de empreendedorismo.

Para Washington Fernando da Silva, é possível empreender sendo servidor público, porque o conceito de empreendedorismo não está correlacionado a empresariar, muitas pessoas acham que empreender é só abrir empresas ou explorar comercialmente alguma ideia e não, empreendedorismo é transformar realidade é ter visões e levar a instituições para alcançar essas visões de evolução de inovação, esse conceito mais democrático é mundialmente aceito hoje e por isso se criou o termo intraempreendedorismo, que nada mais são que agentes de transformação que decidiram atuar dentro das corporações pública ou privada.

Ainda o gestor aponta que, cada vez mais, o ser humano vai ter que se concentrar em tarefas tipicamente humanas e menos tipicamente robóticas, esse é o termo que se utiliza muito. Segundo essa visão mundial, os trabalhadores vão ter que se adaptar a conviver com a máquina e, essa substituição é uma realidade.

A exemplo do sistema implantado no governo na parte de protocolos, tramitação de documentos, o Sigadoc, simplesmente não precisa mais de pessoas para ficar carregando processos, tudo é automatizado, essas novas tecnologias vão trazer outros tipos de trabalho.

Leia mais:  Prêmio de Ponto de Esporte e Lazer garante realização de 1º campeonato de jiu-jitsu para projetos sociais

“A grande massa de servidores públicos ainda não acordou para isso, não percebeu que o trabalho dele vai ser modificado e está simplesmente deixando acontecer, temos que fazer um trabalho com os colaboradores para instruir de maneira inovadora esse aspecto que é delicado para nós”, pontuou.

*Assista o vídeo na íntegra no canal da MTI no YouTube clicando AQUI

Mini currículo do palestrante: Washington Fernando da Silva Gestor Governamental, atuando em projetos estratégicos de inovação no Governo de Mato Grosso desde 2007, foi premiado nos Prêmios Empreendedor Público e Inovar para Transformar. Atualmente ocupa cargo de Superintendente de Governança Digital e Inovação em Práticas Públicas.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

MATO GROSSO

Ciopaer capacita militares do Corpo de Bombeiros de Mato Grosso e outros seis Estados

Publicado

O Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer), vinculado à Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), mais uma vez se tornou referência na formação de agentes que compõe as forças de segurança. Desta vez, a unidade ministrou instrução ao 3° Curso de Busca Terrestre, realizado pelo Corpo de Bombeiros de Mato Grosso.

A capacitação foi realizada na base do Ciopaer no município de Sorriso (394 km de Cuiabá). Ao todo, participaram 29 alunos, do Corpo de Bombeiros de Mato Grosso e de outros seis Estados, sendo Minas Gerais, Amazonas, Maranhão, São Paulo, Amapá, Roraima e o Distrito Federal. 

Na oportunidade, os bombeiros realizaram atividades inerentes às suas funções em conjunto com efetivo e aeronave do Ciopaer, treinamento em solo de embarque e desembarque com equipamentos e vítima em maca.

Além disso, os militares foram capacitados sobre Zona de Pouso de Helicóptero (ZPH), exercício simulado de busca à vítima desaparecida e outros pertinentes.  “Nossa unidade, mais uma vez, auxiliando na capacitação de agentes das forças de segurança de Mato Grosso e sendo referência para outros estados”, afirma o coordenador do Ciopaer, tenente-coronel Lima Júnior.

Combate aéreo em incêndios florestais

Na última semana, o Ciopaer ministrou instruções de combate a incêndios florestais com apoio de helicópteros durante o 3° Estágio de Operações Helitransportadas do CBMT em Cuiabá. A capacitação contou com a participação de nove integrantes do Corpo de Bombeiros do Estado e dois de Mato Grosso do Sul. As instruções foram realizadas no hangar do Ciopaer, na Lagoa Trevisan e na região do Coxipó do Ouro.

O capitão do CBM-MT, Felipe Mançano Sabóia, reconheceu a importância das práticas conjuntas entre as instituições. “É um treinamento de extrema importância para o sucesso das operações de combate a incêndio no estado e capacitação dos nossos militares”, disse.

Leia mais:  Casa Cuiabana recebe exposição sobre arte indígena e africana

O coordenador do Ciopaer, tenente-coronel Lima Júnior, enfatizou que a unidade especializada possuí característica de estar presente e ajudar a sociedade em uma gama muito grande de missões, tendo em vista que as aeronaves podem ser utilizadas de maneiras bastante ersáteis.

“Para o Ciopaer, é uma honra atender as instituições do nosso Estado e, indiretamente, a nossa sociedade. No caso das instruções ao Corpo de Bombeiros, é imprescindível que possamos trabalhar em conjunto visando mitigar os efeitos das queimadas no nosso estado”, destacou.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana