conecte-se conosco


VÁRZEA GRANDE

Várzea Grande realiza quase 27 mil atendimentos de Síndrome Gripal nos últimos 14 dias

Publicado


Várzea Grande atendeu 26.657 pessoas em 14 dias, entre 20 de dezembro de 2021 até 02 de janeiro de 2022 com sintomas de SRAG – Síndrome Respiratória Aguda Grave, decorrentes principalmente da Gripe Influenza H3N2 nas UPAs IPASE e Cristo Rei.

Estes números demonstram um considerável aumento nos casos e como Várzea Grande atende pelo Sistema Único de Saúde – SUS, sem custos e porta aberta, ou seja, quem procura as unidades recebe atendimento, exames e medicamentos, entre 52% até 59% dos atendimentos realizados, dependendo do dia da semana, são de pacientes de outras cidades, outros Estados e até mesmo de países vizinhos com quem o Brasil faz fronteira.

Desde que houve um crescimento no número de casos, o prefeito Kalil Baracat, determinou o reforço nas equipes médicas, de enfermeiros e técnicos e destinou quatro unidades para atendimento destes casos, as UPAs IPASE e Cristo Rei, as Clínicas da Família do Jardim Glória e do 24 de Dezembro, além do Hospital Pronto Socorro Municipal, sendo este último e as duas UPAs, unidades que funcionam 24 horas por dia.

“Foram 14 dias neste fim de ano, com atendimentos acima da capacidade das unidades de saúde de Várzea Grande, mas, ninguém saiu sem atendimento, sem exames e sem ser medicado, pois essa tem sido a rotina das unidades de saúde da segunda maior cidade de Mato Grosso”, disse o secretário de Saúde, Gonçalo Barros.

Ele frisou ainda que o aumento nos casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave – SRAG, fez com que a área de Saúde Pública de Várzea Grande redobrasse a atenção e o controle para a COVID 19 que também é uma síndrome respiratória e ceifou muitas vidas, e apesar de estar sob controle no Brasil, tem feito mais de 1,5 milhão de casos novos por dia em todo o Mundo.

Leia mais:  Várzea Grande está entre as cidades da região Metropolitana com menor número de focos de calor em 2021

“Não temos descuidado em nenhum momento desta pandemia, pois não é aceitável que vidas sejam ceifadas ou tratadas como instrumento político”, alertou o secretário Gonçalo Barros, frisando que o prefeito Kalil Baracat tem acompanhado pessoalmente os atendimentos realizados e tem redobrado as atenções, recursos e principalmente apoio para a área de Saúde Pública que pela legislação deveria receber 15% das receitas correntes enquanto em Várzea Grande este percentual supera os 25%, ou seja, 10% além do obrigatório em lei.

“Eu pessoalmente estive em todas as unidades de Saúde Pública que foram destinadas ao atendimento dos casos de Síndrome Gripal, inclusive no dia 27 passado quando atingimos mais de 10% de atendimentos apenas neste dia que foi de 2.698 atendimentos nesta data”, disse o Gonçalo Barros frisando que estes números são da Rede Secundária de Saúde, ou seja, das UPAs IPASE e Cristo Rei.

O titular da Saúde de Várzea Grande reforçou a necessidade das pessoas manterem os meios de biossegurança, como uso de máscara, álcool em gel, distanciamento social e principalmente evitar aglomeração, pois tanto a Síndrome Gripal como o Ômicron, que é a nova cepa da COVID demonstram rápida propagação em que pese menor letalidade, mas com a propensão de haver piora de quadro de saúde se o paciente tiver outras comorbidades como pressão alta, insuficiência respiratória ou cardíaca, diabetes entre outras enfermidades.

VACINAÇÃO

Gonçalo Barros aproveitou para anunciar a retomada da vacinação contra a COVID 19, quanto a primeira, segunda ou dose de reforço e que já formalizou pedido para reforço na vacinação contra a Gripe Influenza e frisou que além das medidas de biossegurança a vacinação tem se demonstrado eficiente e principalmente resolutiva quanto a preservação da vida das pessoas indistintamente.

Leia mais:  Várzea Grande atinge meta e avança ano a ano no percentual de resposta ao cidadão

“Procurem se vacinar, estar imunes e principalmente ajudar aos demais, ou seja, quem se vacina, preserva sua vida, bem como, preserva a vida dos demais, sejam familiares, sejam amigos, pois está comprovada a eficiência das vacinas e que o caminho para a imunização está na medicina, na ciência”, disse Gonçalo Barros.

Várzea Grande está reabrindo o Ginásio Poliesportivo Júlio Domingos de Campos, o Fiotão, e também aplica doses em 16 Unidades de Saúde e realizará eventos extemporâneos no Parque Berneck e se necessário no Centro Universitário do UNIVAG.

Comentários Facebook
publicidade

VÁRZEA GRANDE

Várzea Grande está entre as cidades da região Metropolitana com menor número de focos de calor em 2021

Publicado


Várzea Grande encerrou o ano de 2021 entre os três municípios, sob atuação do Comando Regional 1 do 2º Batalhão do Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso, a registrar o menor número de focos de incêndios urbanos. Conforme balanço apresentado pela Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Rural Sustentável (SEMMADRS) e a corporação, os registros passaram de 48 em 2020 para 33 no ano passado, queda anual de 31,25%.

Em 2021, ainda antes do início da temporada de estiagem – que é crítica entre julho e setembro no Estado – a prefeitura e o Corpo de Bombeiros revalidaram a parceria, por meio do projeto de Prevenção e Combate à Incêndios em terrenos urbanos, o PrevQueimadas. “Diante dos resultados satisfatórios já contabilizados em 2020, renovamos a dobradinha de atuação e vamos seguir juntos no combate aos incêndios urbanos. Não temos dúvidas de que o projeto contribuiu para a melhoria da qualidade do ar e segurança à população e ao patrimônio público e privado, nesse período crítico, na medida em que reduziu o tempo resposta, no combate aos pequenos focos de incêndio, na área urbana”, frisou o prefeito Kalil Baracat, que reassumiu o Executivo hoje (24), após duas semanas.

Segundo o balanço, 52% das ocorrências de incêndios em vegetação – durante o período proibitivo – em Várzea Grande, foram realizadas por meio de viaturas e brigadistas do PrevQueimadas. Ainda conforme o 2ª Batalhão, “com o incremento dos recursos do Projeto, o número de ocorrências de incêndios em vegetação, em Várzea Grande, aumentou em 26% na comparação entre os resultados de 2020 e 2021”.

O titular da SEMMADRS, Célio Santos, aponta que nunca é demais lembrar que todo grande incêndio começa com um pequeno foco de calor. “A prefeitura disponibilizou duas caminhonetes equipadas com reservatório de água e um caminhão pipa, com motorista e combustível, insumos decisivos para a obtenção desses resultados. Em 2022 estaremos juntos novamente”.

Leia mais:  Contribuintes podem efetuar o recolhimento do Alvará com 20% de desconto até o dia 25 de janeiro

Santos frisa ainda que embora a Prefeitura Municipal de Várzea Grande esteja atuando ao longo do ano com grande rigor na fiscalização dos terrenos urbanos, como forma de impedir o acúmulo de lixo e, consequentemente, “de combustível para as queimadas”, a ação integrada faz toda a diferença na hora de combater os incêndios. “O tempo de resposta é menor e a atuação é impetrada por especialistas, que são os militares do Corpo de Bombeiros, com suporte do Município”.

Acorizal e Jangada lideram as baixas sobre o número de focos de calor com dois e oitos apontamentos, respectivamente. O Comando atua nos 11 municípios que forma a região Metropolitana de Cuiabá.

‘VG SEGURA’ – As parcerias entre a Prefeitura Municipal de Várzea Grande e o Corpo de Bombeiros não se restringem ao combate às queimadas. No programa ‘VG Segura’, os bombeiros formam brigadistas contra incêndios e primeiros socorros em órgãos públicos e grandes empresas. No âmbito municipal 200 servidores passaram pela capacitação. Atualmente, em cada escola ou creche, há um profissional formado pelo programa.

O 2º Batalhão do Corpo de Bombeiros Militar, em Várzea Grande, é referência em busca e resgate com cães, tendo parte de canil atuado na tragédia de Brumadinho (MG), quando os cães ficaram cerca de 100 dias em atuação.

Comentários Facebook
Continue lendo

VÁRZEA GRANDE

Várzea Grande atinge meta e avança ano a ano no percentual de resposta ao cidadão

Publicado


Desde a sua implantação – no ano de 2015 – a Ouvidoria Cidadã da Prefeitura de Várzea Grande vem ultrapassando as metas previstas para o ano em curso. Os dados inscritos no relatório anual, com base em 2021, demonstram que o município vem avançando no que tange ao percentual de resposta ao cidadão. No ano passado, a meta, prevista de janeiro a dezembro, era de 92,49%. Várzea Grande atingiu 98,54% avançando de um ano para outro 6,05 pontos percentuais (p.p.).

Para o prefeito Kalil Baracat, a participação da população local na formulação, sugestão e fiscalização das políticas públicas tem sido essencial para que a administração pública alcançasse essa avaliação positiva, além de atingir, antecipadamente, as metas previstas para este ano. “Um resultado positivo uma vez que estamos ainda em meio a uma pandemia, o que tem dificultado algumas ações, uma vez que vários setores têm contabilizado uma baixa de servidores, que acabaram contraindo o vírus e que necessitam de um tempo para recuperação. Ainda assim, não houve suspensão das atividades, que estão sendo realizadas dentro de cada cronograma estabelecido por cada setor”.

O prefeito disse ainda que Várzea Grande têm cumprido com acordos estabelecidos com o Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso, garantindo uma melhor prestação de serviços à população.

O Programa de Desenvolvimento Institucional Integrado (PDI) foi instituído em 2012 pelo Tribunal de Contas de Mato Grosso com o objetivo de contribuir para a melhoria da eficiência dos serviços públicos, fomentando a adoção de um modelo de administração pública orientada para os resultados para a sociedade. O foco do PDI é o desenvolvimento integrado e permanente do TCE-MT e de todas as instituições públicas fiscalizadas, a partir da transferência de conhecimento, tecnologias e boas práticas de gestão.

Leia mais:  Várzea Grande atinge meta e avança ano a ano no percentual de resposta ao cidadão

De acordo com o relatório de atividades, a Controladoria Geral do Município – via Ouvidoria – recebeu (de janeiro a dezembro de 2021), 896 demandas e, destas, apenas 13 tiveram respostas justificadas para a ampliação de prazos ou o prazo para execução do serviço sem uma data definida.

Dentre as pastas que mais receberam demandas estão a Secretaria de Serviços Públicos e Mobilidade Urbana, que contabilizou 479 solicitações, Secretaria de Saúde com 123 demandas, Secretaria de Obras com 61 demandas, Secretaria de Gestão Fazendária com 53, Secretaria de Meio Ambiente com 42 e Desenvolvimento Urbano com 39 solicitações.

O controlador Geral do Município, Edson Roberto da Silva explica que nenhuma demanda deixa de ser atendida, o que pode ocorrer é dela não ser realizada de imediato, mas é executada em tempo oportuno, de acordo com a programação de cada secretaria.  “Às vezes a área responsável pela solução do problema leva um tempo maior para dar a resposta ou para finalizar um serviço, mas todos são atendidos”, garantiu o Controlador destacando que quem liga ou vem até a Ouvidoria da Prefeitura, tem uma demanda que precisa ser solucionada.

A ouvidora municipal responsável por coordenar os trabalhos da Ouvidoria Cidadã da Prefeitura de Várzea Grande, Ivanilde Nogueira, também comemora a conquista da meta estabelecida no ano de 2021. “Várzea Grande vem ano a ano alcançando índices positivos no que tange ao percentual de resposta ao cidadão. O nosso trabalho é ouvir os anseios e sugestões dos moradores e, a partir daí, encaminhar as solicitações para os setores responsáveis para que façam a programação dos serviços”.

Ivanilde Nogueira informa ainda que os dados sobre o trabalho da Ouvidoria da Prefeitura de Várzea Grande são publicados mensalmente e disponibilizados no link http://ouvidoria.varzeagrande.mt.gov.br/. O atendimento é feito pelo telefone 0800 647 41 42; pelo e-mail: [email protected], ou ainda presencial ou por carta no endereço: Avenida Castelo Branco, nº 2.500, bairro Centro sul, CEP- 78125-700, sede da Prefeitura Municipal de Várzea Grande

Leia mais:  Fiscais de Meio Ambiente operam drone e encontram veículo fazendo descarte em Área de Preservação Permanente

CONQUISTA: O município de Várzea Grande conquistou, no segundo semestre do ano passado, o primeiro lugar na classificação estadual e a 15ª posição na “Maratona de Defesa dos Direitos dos Usuários de Serviços Públicos”, que contou com a participação de 130 instituições de todos os três poderes e dos entes federativos (União, estados, distrito federal e municípios).

As ouvidorias que comprovaram o maior número de visualizações foram o Ministério da Cidadania (65.297), a Fiocruz (65.275) e a Prefeitura do Jaboatão dos Guararapes/PE (59.111). Elas ganharam, respectivamente, as medalhas de ouro, prata e bronze de engajamento cidadão, assim como a própria CGU que, como coordenadora na iniciativa, alcançou os maiores números de engajamento dos cidadãos. O objetivo foi promover conhecimento dos usuários dos serviços públicos acerca de seus direitos, bem como papel das ouvidorias para salvaguardá-los.

O Controlador Geral do município, Edson Roberto da Silva, disse que, a princípio, a inscrição do município de Várzea Grande na Maratona foi por entender que é importante participar desses movimentos e mostrar que o município tem trabalhado na interação e comunicação com o cidadão, ouvindo atentamente os seus anseios e buscando meios de atendê-los de forma precisa.

Quanto a boa classificação do município, Edson Silva destacou que esse resultado é a soma do esforço de sua equipe de trabalho, aliada a forma de gestão e resultados, além da transparência adotada pela administração, observada  nos relatórios de atividades, bem como no indicador de resultados.

As ouvidorias participantes promoveram o evento nas suas redes sociais, lista de e-mails, WhatsApp, campanhas em rádio e televisão e ações de ouvidoria ativa. A estratégia de campanha buscou priorizar a capilaridade, as diversas realidades e especificidades locais.

A Maratona foi coordenada pelo Grupo de Trabalho de Comunicação da ReNOuv, presidido pela Ouvidoria da Empresa Brasil de Comunicação (EBC), com o apoio da Controladoria-Geral da União (CGU), por meio da Ouvidoria-Geral da União (OGU), e veiculada em todo o território nacional. 

Leia mais:  Várzea Grande está entre as cidades da região Metropolitana com menor número de focos de calor em 2021

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana