conecte-se conosco


CUIABÁ

Sine Municipal disponibiliza 400 vagas de emprego; Remuneração chega a R$ 2,5 mil

Publicado


Davi Valle

Clique para ampliar

Quatrocentas oportunidades de trabalho estão disponíveis na capital nesta terça-feira (4), no Sine Municipal, coordenado pela Secretaria de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico. Dessa vez, são ofertadas vagas para padeiro, com exigência de ensino fundamental completo e salário de R$ 1,7 mil, para pintor de veículos com salário de R$ 2 mil, técnico de manutenção industrial com remuneração de R$ 2,5 mil.

Veja logo abaixo a lista de oportunidades, critérios e salários ofertados.

Para quem está procurando uma oportunidade no mercado de trabalho é necessário se dirigir a um dos pontos instalados para entrega de documentação e análise. Posteriormente, mediante o atendimento das especificidades de cada uma das vagas, é realizado o encaminhamento às empresas conveniadas.

Interessados nas vagas devem estar com o cadastro atualizado ou fazer a atualização nos postos do Sine ou por meio dos canais- empregabrasil.mte.gov.br ou pelo aplicativo “SINE FÁCIL”.

 LOCAIS DE ATENDIMENTO:

 Atendimento Presencial para consulta de vagas e pedidos de seguro desemprego: Posto do Sine no Shopping Popular (das 09 às 17 horas): Telefone e Whatsapp: (65) 3664-1503/ 99251-7480; Sine Coxipó (07 às 17 horas) Telefone e Whatsapp: (65) 3675-3113/ 99337-2799; Sine da Gente (Sine Móvel) – cada semana em um bairro diferente de Cuiabá.ATENDIMENTO EXCLUSIVO DE EMPRESAS:

Para atendimento das empresas interessadas em ofertas vagas, os contatos são: 3645-7216/ 3645-7237/ Whatsapp: 99255-2450

E-MAIL: [email protected]

Comentários Facebook
Leia mais:  Ouvidoria Geral do Município atinge a marca de 95% das demandas respondidas em 2021
publicidade

CUIABÁ

Ouvidoria Geral do Município atinge a marca de 95% das demandas respondidas em 2021

Publicado


Gustavo Duarte

Clique para ampliar

Considerada uma das principais ferramentas de comunicação entre o Executivo Municipal e a população quando o assunto é: dúvidas, elogios, reclamações, sugestões e denúncias no âmbito da administração pública, a Ouvidoria Geral do Município (OGM) tem cumprindo com excelência seu papel, alcançado índices satisfatórios com a  margem de 95% das demandas respondidas nos últimos meses de 2021, novembro e dezembro, respectivamente. 

A Pasta recebe uma média de 180 mensagens por dia em seus principais canais de comunicação, e-mail e WhatsApp. Em seguida, são analisadas de maneira individual pelos atendentes e repassadas às ouvidorias setoriais, em anexo às secretarias municipais, responsáveis pelo fornecimento das respostas. O prazo para retorno estipulado por lei é de 20 dias, no entanto, o mesmo pode ser prorrogado por mais 10. 

Após o registro da manifestação, um protocolo é gerado, possibilitando que o cidadão acompanhe sua dúvida pela internet, dispensando a necessidade de comparecimento presencial. 

O ouvidor-geral, Heitor Reyes afirma que a ouvidoria é o canal mais ágil do Executivo para solução das demandas, oferecendo um atendimento diferenciado e contundente na busca de soluções. A particularidade que já está sendo colocada em prática este ano é a inclusão da pesquisa de satisfação nos canais de comunicação, oportunizando  que os munícipes avaliem os serviços prestados, contribuindo para a otimização de políticas públicas. 

“Algumas são mais difíceis, então a Prefeitura de Cuiabá não consegue resolver em curto prazo de tempo. Já lançamos neste mês a nossa pesquisa de satisfação online. Antigamente escolhemos 10% das pessoas e retornavam perguntando. Hoje conseguimos tanto pelo e-mail, quanto whatsapp falar com o município foi atendido. Destaco que somos os mediadores legais do Poder Público e os casos em que há demora, geralmente são aqueles que fogem da nossa alçada”, elencou. 

Leia mais:  UPA Leblon contará com segunda unidade do Espaço de Acolhimento à Mulher em dois meses

A OGM suspendeu os atendimentos presenciais ao público em todas as suas unidades após servidores serem acometidos pela Covid-19 e Influenza. A portaria nº 01/2022 foi publicada na Gazeta Municipal desta quinta-feira (20). Os serviços continuam sendo concedidos de forma ininterrupta, porém de forma remota. 

Confira:

Telefone: 0800 645 01 56

 WhatsApp: (65) 9.9263-9779

E-mail: [email protected]

Site:http://transparencia.cuiaba.mt.gov.br/portaltransparencia/transparencia/#/ouvidoria/registremanifestacao

Comentários Facebook
Continue lendo

CUIABÁ

Prefeito conclama população a manter cuidados em relação ao mosquito Aedes aegypti: “é preciso ficar sempre vigilante”

Publicado


Davi Valle

Clique para ampliar

Em live realizada na noite de terça-feira (25), o prefeito Emanuel Pinheiro aproveitou o momento para conclamar a população cuiabana a seguir mantendo os cuidados para combater o mosquito Aedes aegypti e, com isso, evitar a dengue, a zika e a chikungunya. “Gostaria de fazer um alerta sobre a dengue. Graças a Deus, estamos sob controle, não existe nenhum motivo para angústia ou preocupação, mas é preciso ficar sempre vigilante e, pelo menos uma vez por semana, vamos combater os criadouros no quintal de casa”, disse. 

Conforme o gestor, se cada um fizer sua parte, o município irá vencer cada vez mais a guerra contra a dengue, que é constante. “Aquela tampinha da garrafa pet cheia de água parada já é um criadouro do mosquito da dengue, já é motivo de preocupação. Tire dez, quinze minutinhos e vai no quintal olhar se não tem uma tampa, um pneu velho jogado, um copo plástico com água parada e extermina isso aí! Vamos pra cima disso!”, conclamou Pinheiro.

De 2020 para 2021, diminuíram os casos confirmados de dengue, zika e chidungunya. Foram 794 casos confirmados de dengue em 2020 e 672 em 2021. No caso da zika, houve 10 casos confirmados em 2020 (sendo 2 em gestantes) contra 4 casos em 2021. Já em relação à Chikungunya, em 2020 foram confirmados 17 casos e, em 2021, 14.

Ao longo de 2021, os 320 agentes de combate a endemias do Município realizaram visitas em 1.297.364 imóveis. Até o momento, no mês de janeiro já foram realizadas visitas em 107.456 imóveis, principalmente residenciais e pontos estratégicos, como cemitérios, oficinas mecânicas, borracharias e depósito de recicláveis.

Leia mais:  UPA Leblon contará com segunda unidade do Espaço de Acolhimento à Mulher em dois meses

O período chuvoso, mesmo que atrapalhe a realização dessas vistorias, por outro lado faz com que a orientação seja reforçada entre os munícipes. A principal estratégia adotada é incentivar as pessoas a ter como hábito os chamados “10 minutos contra a dengue”, que consiste em reservar 10 minutos por semana para fazer a limpeza do quintal, eliminando a água de todos os possíveis criadouros do mosquito, como vasinhos de plantas, pneus, recipientes, calhas, caixas d’água, entre outros. 

Por conta da pandemia de covid-19, em que as visitas dos agentes de endemias passaram a adotar todas as medidas de biossegurança (uso de máscara, álcool 70%, viseira e distanciamento de um metro do morador), ainda hoje há resistência de parte da população em receber os servidores em suas casas. Por isso, a coordenação da Unidade de Vigilância em Zoonoses (UVZ) pede que mesmo que o agente não possa entrar na casa, que o morador aceite ouvir as orientações pelo portão e, posteriormente, as coloque em prática. 

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana