conecte-se conosco


MATO GROSSO

Mais de R$ 30 milhões em débitos de veículos são quitados com parcelamento no crédito

Publicado


Mais de R$ 30 milhões em débitos veiculares como taxa de Licenciamento, Seguro DPVAT, IPVA e multas foram quitados, desde outubro de 2019 até dezembro de 2021, por meio do parcelamento no cartão de crédito nas empresas credenciadas pelo Detran-MT.

A partir dessas empresas, os proprietários de veículos podem parcelar, em até 12 vezes, todos os débitos vencidos e a vencer, incluindo os valores do ano corrente, para viabilizar o licenciamento do veículo.  

Podem ser parcelados: taxa de licenciamento, inscrita ou não em dívida ativa; Seguro DPVAT; IPVA, inscrito ou não em dívida ativa; e infrações de trânsito municipais, estaduais e federais como infrações da Semob, Detran, Sinfra, PRF e DNIT.

Conforme o presidente do Detran-MT, Gustavo Vasconcelos, o parcelamento é uma forma de disponibilizar aos proprietários de veículos alternativa para quitar seus débitos à vista ou em parcelas mensais, saindo da inadimplência e com a imediata regularização da situação do veículo.

Atualmente, dez empresas de parcelamento estão credenciadas junto ao Detran-MT para realizar o serviço, que pode ser feito por meio do site das empresas ou por aplicativo de mensagem (nas empresas que dispõe do serviço).

“É importante que o cidadão busque sempre o número oficial da empresa devidamente credenciada e não aceite mensagens espontâneas que por ventura possa receber em nome de suposta empresa de parcelamento, para evitar cair em golpes”, reforçou o diretor de Veículos do Detran-MT, Augusto Cordeiro.

CONSULTE AQUI AS EMPRESAS credenciadas para realizar o serviço de parcelamento de débitos veiculares.

Pagamento com cartão

A orientação do Detran-MT é que o cidadão realize uma simulação junto às empresas credenciadas, para verificar qual a oferta mais vantajosa de parcelamento.

Leia mais:  Sexta-feira (21): Mato Grosso registra 594.311 casos e 14.179 óbitos por Covid-19

No momento da negociação dos débitos para pagamento, a empresa deverá demonstrar, detalhadamente, a formação dos custos do valor da dívida, identificando cada débito parcelado, taxa de juros aplicada e o número de parcelas escolhidas pelo proprietário do veículo.

O pagamento pode ser feito no cartão de débito ou em até 12 vezes no cartão de crédito, com até três cartões diferentes, independentemente de ser da titularidade da pessoa que está quitando os débitos, garantindo a integridade da operação mediante senha pessoal e intransferível do titular do cartão.

Após o pagamento dos débitos, o veículo fica regularizado de forma imediata.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
publicidade

MATO GROSSO

Entrada de drone, celulares e drogas na Penitencuária Central do Estado é interceptada

Publicado


Em ação rápida na noite de sexta-feira (21.01), policiais penais apreenderam um drone, celulares e substância análoga a maconha e cocaína na Penitenciária Central do Estado (PCE), em Cuiabá.

Durante vigilâncias e rondas no interior da unidade, os agentes conseguiram apreender os materiais ilícitos que seriam destinados aos reeducandos, por meio do equipamento.

Foram encontrados um drone, dois aparelhos celulares, 13 conectores para carregador, nove cabos USB, quatro fones de ouvidos.

Os agentes identificaram ainda três pacotes grandes e um pequeno de substância análoga a maconha e dois pacotes pequenos de substância aparentemente análoga à pasta base de cocaína.

Ainda durante a fiscalização, foram flagrados dois pacotes de papel para cigarro, um pacote de fumo e um rolo pequeno de fio.

O diretor da PCE, Lindomar Henrique da Silva Rocha, informou que um dos policiais penais se feriu durante ação, que precisou de atendimento médico em seguida.

“Nossos agentes não mediram esforços para realizar a apreensão de materiais ilícitos que seriam destinados aos reeducandos. Mesmo diante da adversidade, conseguiram efetuar a apreensão dos materiais. Deixamos aqui nossos parabéns a todos os policiais penais”, parabenizou.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Entrada de drone, celulares e drogas na Penitencuária Central do Estado é interceptada
Continue lendo

MATO GROSSO

Policiais penais rendem casal arremessando materiais ilícitos e interceptam entrada de drone na Mata Grande

Publicado


Um casal foi detido na noite de sexta-feira (21.01) ao ser flagrado arremessando celulares, acessórios e entorpecentes na Penitenciária Major PM Eldo de Sá Correa, mais conhecida como Mata Grande, em Rondonópolis (220 km de Cuiabá). Além disso, em outra ação, os agentes conseguiram apreender ainda um drone carregado com outros materiais ilícitos na quadra do Raio II da unidade. 

Conforme informações do boletim de ocorrência, os suspeitos estavam em uma motocicleta modelo Honda Biz, de cor vermelha, em atitude suspeita passando por diversas vezes próximo ao presídio. Em dado momento, o homem pulou um alambrado de proteção e chegou a arremessar os materiais sobre o muro da Mata Grande, sendo repreendido em seguida pelos policiais penais.

Durante abordagem, a mulher relatou que receberia R$ 500 pelo trabalho. Já o homem contou que teria uma dívida perdoada após a conclusão do trabalho.

Foram apreendidos seis celulares, quatro carregadores, três fones de ouvidos e duas porções de grande volume de substância verde aparentando ser maconha.

Apreensão de drone

Em outra ação, ainda na noite de sexta, os policiais penais, durante rondas na unidade, localizaram um drone com dois aparelhos celulares, um carregador e cinco papelote.

Os materiais ilícitos estavam na quadra do Raio II. De imediato, os aparelhos celulares e o equipamento foram recolhidos.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Entrada de drone, celulares e drogas na Penitencuária Central do Estado é interceptada
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana