conecte-se conosco


MATO GROSSO

Horta hidropônica de Cadeia Pública é reativada com assistência técnica da Empaer

Publicado


A Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer) está realizando assistência técnica na Cadeia Pública de Mirassol D´Oeste, no funcionamento de uma horta hidropônica. A iniciativa conta com apoio do Conselho da Comunidade de Execução Penal do município e já foi desenvolvida em anos anteriores e retomada pela atual direção.

Localizada no pátio da área externa da unidade prisional, a horta conta com cinco bancadas de produção de onde serão executados os trabalhos de produção das hortaliças e irá contribuir com a ressocialização dos recuperandos da unidade.

O diretor da Cadeia, Fabio Araújo Porangaba, explica que o principal objetivo é a reinserção social dos reeducandos ou pessoas privadas de liberdade (PPL). “A parceria com a Empaer é de suma importância e fomenta as técnicas, conceitos e inovações na produção de alimentos via hidroponia. É uma ótima oportunidade para se capacitar e qualificar-se”.

Ele destaca que a produção será doada para entidades sem fins lucrativos como o Lar dos Idosos, Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), entre outros.  “Em liberdade, essas pessoas terão a oportunidade de produzir ou mesmo comercializar seus produtos com base nas orientações e técnicas aprendidas durante o período que esteve na unidade”.

A horta hidropônica é uma técnica de plantio que não utiliza terra e sim a água com nutrientes essenciais para o cultivo das plantas.

A técnica da Empaer Marribe Siria Cardena frisa que, para essa retomada, a alface será a hortaliça a ser produzida. “As sementes serão doadas pelo Conselho da Comunidade e as mudas produzidas por um produtor da cidade de Quatro Marcos assistido pela Empaer. Os trabalhos iniciam na segunda quinzena deste mês e, em 30 dias, serão transportadas para a horta e cuidada pelos reeducandos. A produção total será de 800 pés, sendo 400 deles colhidos a cada 15 dias”.

Leia mais:  Governo fomenta melhoramento genético de rebanho leiteiro na Região Oeste

Marribe ressalta a possibilidade em, depois de iniciar a produção de alface, serem inseridos a rúcula, almeirão, agrião, cebolinha, salsa e coentro. “Estamos animados em poder auxiliar com orientações técnicas e, de alguma forma, contribuir com uma nova perspectiva de vida para essas pessoas”.

Foto: Empaer

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
publicidade

MATO GROSSO

Entrada de drone, celulares e drogas na Penitencuária Central do Estado é interceptada

Publicado


Em ação rápida na noite de sexta-feira (21.01), policiais penais apreenderam um drone, celulares e substância análoga a maconha e cocaína na Penitenciária Central do Estado (PCE), em Cuiabá.

Durante vigilâncias e rondas no interior da unidade, os agentes conseguiram apreender os materiais ilícitos que seriam destinados aos reeducandos, por meio do equipamento.

Foram encontrados um drone, dois aparelhos celulares, 13 conectores para carregador, nove cabos USB, quatro fones de ouvidos.

Os agentes identificaram ainda três pacotes grandes e um pequeno de substância análoga a maconha e dois pacotes pequenos de substância aparentemente análoga à pasta base de cocaína.

Ainda durante a fiscalização, foram flagrados dois pacotes de papel para cigarro, um pacote de fumo e um rolo pequeno de fio.

O diretor da PCE, Lindomar Henrique da Silva Rocha, informou que um dos policiais penais se feriu durante ação, que precisou de atendimento médico em seguida.

“Nossos agentes não mediram esforços para realizar a apreensão de materiais ilícitos que seriam destinados aos reeducandos. Mesmo diante da adversidade, conseguiram efetuar a apreensão dos materiais. Deixamos aqui nossos parabéns a todos os policiais penais”, parabenizou.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Filme aborda experiências e memórias de imigrantes que vivem em Cuiabá e Lisboa
Continue lendo

MATO GROSSO

Policiais penais rendem casal arremessando materiais ilícitos e interceptam entrada de drone na Mata Grande

Publicado


Um casal foi detido na noite de sexta-feira (21.01) ao ser flagrado arremessando celulares, acessórios e entorpecentes na Penitenciária Major PM Eldo de Sá Correa, mais conhecida como Mata Grande, em Rondonópolis (220 km de Cuiabá). Além disso, em outra ação, os agentes conseguiram apreender ainda um drone carregado com outros materiais ilícitos na quadra do Raio II da unidade. 

Conforme informações do boletim de ocorrência, os suspeitos estavam em uma motocicleta modelo Honda Biz, de cor vermelha, em atitude suspeita passando por diversas vezes próximo ao presídio. Em dado momento, o homem pulou um alambrado de proteção e chegou a arremessar os materiais sobre o muro da Mata Grande, sendo repreendido em seguida pelos policiais penais.

Durante abordagem, a mulher relatou que receberia R$ 500 pelo trabalho. Já o homem contou que teria uma dívida perdoada após a conclusão do trabalho.

Foram apreendidos seis celulares, quatro carregadores, três fones de ouvidos e duas porções de grande volume de substância verde aparentando ser maconha.

Apreensão de drone

Em outra ação, ainda na noite de sexta, os policiais penais, durante rondas na unidade, localizaram um drone com dois aparelhos celulares, um carregador e cinco papelote.

Os materiais ilícitos estavam na quadra do Raio II. De imediato, os aparelhos celulares e o equipamento foram recolhidos.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Gefron recupera duas caminhonetes roubadas que seriam levadas para a Bolívia
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana