conecte-se conosco


POLICIAL

Governo de MT lança concurso para 11 cargos das forças de segurança

Publicado


 

Julia Oviedo | Sesp-MT

O governador Mauro Mendes e o secretário de Estado de Segurança Pública, Alexandre Bustamante, lançaram nesta quarta-feira (05.01) sete editais para o concurso público das forças de segurança. O certame contemplará 11 diferentes cargos destinados à Policia Militar, Corpo de Bombeiros Militar, Polícia Judiciária Civil e Politec.

Os editais serão publicados na edição extra do Diário Oficial desta quarta-feira (05.01) e mais informações podem ser consultadas no site: www.iomat.mt.gov.br. Para a realização do concurso, o Governo do Estado contratou a Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT).

As inscrições iniciam no dia 12 e seguem até o dia 24 de janeiro, ao valor de R$ 130. Todas as vagas exigem Ensino Superior Completo e serão para cadastro de reserva, no entanto, o governador anunciou que pretende nomear 1.200 novos servidores em 2022.

“Temos uma previsão de nomear 1.200 aprovados ainda este ano. Apesar de o concurso ser para cadastro de reserva, todo aquele que atingir a nota mínima de corte estará entre os aprovados e poderá ser nomeado, conforme a necessidade do Estado”, destacou Mendes.

Para a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros Militar, as vagas são para oficiais e soldado. Para a Polícia Judiciária Civil, as vagas são para escrivão e investigador. Já para a Politec, as vagas são para perito oficial criminal,  perito médico legista e perito odonto legista.

As provas vão ocorrer no dia 20 de fevereiro nos municípios de Cuiabá, Várzea Grande, Rondonópolis, Sinop e Barra do Garças. O concurso terá validade de dois anos, podendo ser prorrogado por mais dois anos.

“O governo inicia o ano trazendo boas notícias que é a realização destes concursos para a segurança. Depois de ‘arrumar a casa’, o governador Mauro Mendes lança este concurso, que foi planejado com muito carinho e que vai repor o quadro de efetivos destas instituições”, disse o secretário Alexandre Bustamante.

Leia mais:  Suspeito é preso em flagrante por estupro de vulnerável em comunidade da fronteira

As possíveis dúvidas sobre o edital podem ser sanadas pelo email: [email protected]

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
publicidade

POLICIAL

Polícia Civil prende dois envolvidos em tentativa de latrocínio contra casal no distrito da Guia

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

Dois homens envolvidos no crime de tentativa de latrocínio cometido contra um casal em uma residência no distrito da Guia em Cuiabá tiveram os mandados de prisão temporária cumpridos pela Polícia Civil, nesta quarta-feira (26.01), em ação da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Cuiabá.

Os suspeitos de 18 e 19 anos foram identificados como autores da tentativa de roubo seguido de morte, ocorrida na madrugada de 02 de outubro, quando equipes policiais foram acionadas por vizinhos das vítimas que relataram ter ouvidos disparos de arma de fogo, vindos da residência do casal.

No local, os policiais encontraram o portão da casa fechado e as vítimas alvejadas por disparo de arma de fogo, caídas dentro da piscina. As vítimas foram socorridas e conseguiram sobreviver aos ferimentos.

Ainda no local dos fatos, a equipe da Derf Cuiabá deu início as diligências para identificar e prender os autores do crime. Com base nas apurações, foi possível identificar dois envolvidos no crime, um deles que teria invadido a residência e efetuado os disparos e o segundo que teria dado apoio à fuga utilizando uma motocicleta.

Com base nos levantamentos, o delegado responsável pelas investigações, Henrique Trevizan, representou pela prisão temporária dos suspeitos que foram deferidas pela Oitava Vara Criminal de Cuiabá. As ordens judiciais foram cumpridas nesta quarta-feira (26) pelos policiais da Derf, sendo os suspeitos localizados no distrito da Guia. 

As investigações seguem em andamento para total esclarecimentos dos fatos e conclusão do inquérito, podendo a prisão dos suspeitos ser convertida de temporária para preventiva.

Fonte: PJC MT
Leia mais:  Suspeito é preso em flagrante por estupro de vulnerável em comunidade da fronteira

Comentários Facebook
Continue lendo

POLICIAL

Autores de roubo a residência em Ribeirão Cascalheira têm prisão cumprida pelas Polícias de MT e GO

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

Dois homens envolvidos em um roubo a residência no município de Ribeirão Cascalheira (900 km a leste Cuiabá) tiveram os mandados de prisão cumpridos, nesta quarta-feira (26.01), em ação conjunta da Polícia Civil de Mato Grosso e Polícias Civil e Militar do estado de Goiás.

Um dos suspeitos de 40 anos, teve a ordem de prisão cumprida em Goiânia (GO), onde estava vivendo utilizando documento falso. O segundo envolvido no crime, de 30 anos foi localizado na cidade de Trindade (GO), e também autuado em flagrante pelo crime de posse ilegal de munições.

O roubo ocorreu no dia 26 de agosto, quando os suspeitos se passaram por funcionários do Correios para invadir a residência da vítima no bairro Jardim Tangará e anunciar o assalto à mão armada. No roubo, foram subtraídos valores e armas de fogo da vítima, entre elas duas espingardas, além duas caixas de munições com 100 unidades cada, e diversas cartelas de munições de diferentes calibres.

Assim que a equipe da Delegacia de Ribeirão Cascalheira foi acionada do roubo iniciou as investigações, conseguindo identificar os suspeitos, como dois conhecidos da Polícia, com diversas passagens por diferentes crimes como furtos qualificados, roubo, tráfico de drogas, estupro de vulnerável, ameaça, violação de domicílio nas comarcas de Barra do Garças, Nova Xavantina, Água Boa e Porto Alegre do Norte.

Com base nos levantamentos, o delegado de Ribeirão Cascalheira, Sérgio Luís Henrique de Almeida, representou pela prisão preventiva dos suspeitos, que foi deferida pela Justiça, no entanto desde o crime, os suspeitos estavam foragidos.

Nesta quarta-feira, após traca de informações entre as equipes da Delegacia de Ribeirão Cascalheira e Polícias de Goiás, os dois suspeitos tiveram as ordens de prisão cumpridas. O primeiro suspeito foi abordado no Setor Marechal Rondon, em Goiânia (GO), ocasião em que apresentou documento grosseiramente falsificado em nome de um terceiro.

Leia mais:  Suspeito é preso em flagrante por estupro de vulnerável em comunidade da fronteira

Descoberta sua verdadeira identidade, o suspeito confessou que sabia do mandado de prisão em aberto e por isso estava usando nome falso. Ele foi conduzido à delegacia, onde além de ter o mandado de prisão cumprido, foi autuado em flagrante por uso de documento falso.

A segunda prisão ocorreu no município de Trindade (GO), onde o suspeito foi localizado em uma residência no bairro setor Pontakayana. Na casa, os policiais encontraram no guarda-roupas do suspeito quatro munições calibre 38, sendo o suspeito também autuado em flagrante pelo crime de posse ilegal de arma de fogo.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana