conecte-se conosco


CUIABÁ

Emanuel mantém compromisso de democratizar acesso ao lazer e entrega 21 espaços revitalizados em 2021

Publicado


Luiz Alves

Clique para ampliar

Em seu segundo mandato à frente da Prefeitura de Cuiabá, o prefeito Emanuel Pinheiro mantém a todo vapor o planejamento de reforma e construção de áreas voltadas ao lazer da população. Conforme levantamento da Empresa Cuiabana de Zeladoria e Serviços Urbanos (Limpurb), em 2021, foram concluídas 21 obras, alcançando a meta estabelecida para o ano de ao menos um novo espaço inaugurado por mês.

Nas localidades fora da região central estão entre os bairros contemplados, por exemplo, o Jardim Industriário I, Dom Aquino, Jardim Tropical, Jardim Ubirajara, comunidade do Arraial dos Freitas, Jardim Gramado, CPA III, Goiabeiras, Lixeira, Vila Guimarães, Jardim das Américas, Village Flamboyant, Residencial Avelino Lima Barros, Jardim das Palmeiras e Despraiado. Todas elas foram construídas com os equipamentos necessários para atender a demanda da população.

Os projetos são elaborados pela própria Limpurb e garantem uma estrutura básica composta por academia ao ar livre, playground, pista de caminhada, iluminação de LED, bancos, lixeiras, jardinagem e pintura. No entanto, em áreas com maiores dimensões, o prefeito Emanuel Pinheiro determina ainda a construção de pelo menos um campo de futebol, quadra de areia ou quadra poliesportiva.

“Sempre costumo dizer que nossa gestão governa para todos os cuiabanos, mas tem como prioridade aquele cidadão mais humilde, que mora longe dos grandes espaços de lazer e, nem sempre, tem a oportunidade de ir até os parques e praças. Por isso, buscamos levar esses equipamentos para mais perto dessa população, que também é trabalhadora e merece ter um local para aproveitar com a família e amigos”, destaca Emanuel.

REGIÃO CENTRAL

O centro de Cuiabá e regiões consideradas mais tradicionais também foram atendidas pelo trabalho contínuo, durante o primeiro ano do segundo mandato do chefe do Executivo municipal. A Praça da Saúde/Padre Firmo, foi uma das revitalizadas, assim com o histórico Beco do Candeeiro e a Praça da República, situada no coração da cidade. Além disso, a população ganhou ainda a “Mesa da Intelectualidade Cuiabana” (em frente à Praça 8 de Abril).

Leia mais:  Emanuel Pinheiro compartilha prêmio Prefeito Amigo da Criança em live

Para fechar o ano de 2021 com chave de ouro, o prefeito Emanuel Pinheiro entregou um grande presente ao povo cuiabano a nova Vila Cuiabana. Situada na Avenida Beira Rio, às margens do Rio Cuiabá, a estrutura foi totalmente refeita. Agora, a cenografia que representa os antigos casarões coloniais da Capital é composta por materiais de alvenaria, garantindo uma estrutura definitiva e segura à população.

“O prefeito Emanuel Pinheiro nos deu a missão de continuar um trabalho que vinha sendo executado com muito sucesso pelo vice-prefreito José Roberto Stopa. Nesse primeiro ano, mesmo ainda enfrentando uma pandemia, conseguimos cumprir essa importante meta e atender bairros de diferentes regiões. Vamos continuar avançando e garantindo esse importante benefício ao cidadão cuiabano”, finaliza o diretor-presidente da Limpurb, Vanderlúcio Rodrigues.  

Comentários Facebook
publicidade

CUIABÁ

Ouvidoria Geral do Município atinge a marca de 95% das demandas respondidas em 2021

Publicado


Gustavo Duarte

Clique para ampliar

Considerada uma das principais ferramentas de comunicação entre o Executivo Municipal e a população quando o assunto é: dúvidas, elogios, reclamações, sugestões e denúncias no âmbito da administração pública, a Ouvidoria Geral do Município (OGM) tem cumprindo com excelência seu papel, alcançado índices satisfatórios com a  margem de 95% das demandas respondidas nos últimos meses de 2021, novembro e dezembro, respectivamente. 

A Pasta recebe uma média de 180 mensagens por dia em seus principais canais de comunicação, e-mail e WhatsApp. Em seguida, são analisadas de maneira individual pelos atendentes e repassadas às ouvidorias setoriais, em anexo às secretarias municipais, responsáveis pelo fornecimento das respostas. O prazo para retorno estipulado por lei é de 20 dias, no entanto, o mesmo pode ser prorrogado por mais 10. 

Após o registro da manifestação, um protocolo é gerado, possibilitando que o cidadão acompanhe sua dúvida pela internet, dispensando a necessidade de comparecimento presencial. 

O ouvidor-geral, Heitor Reyes afirma que a ouvidoria é o canal mais ágil do Executivo para solução das demandas, oferecendo um atendimento diferenciado e contundente na busca de soluções. A particularidade que já está sendo colocada em prática este ano é a inclusão da pesquisa de satisfação nos canais de comunicação, oportunizando  que os munícipes avaliem os serviços prestados, contribuindo para a otimização de políticas públicas. 

“Algumas são mais difíceis, então a Prefeitura de Cuiabá não consegue resolver em curto prazo de tempo. Já lançamos neste mês a nossa pesquisa de satisfação online. Antigamente escolhemos 10% das pessoas e retornavam perguntando. Hoje conseguimos tanto pelo e-mail, quanto whatsapp falar com o município foi atendido. Destaco que somos os mediadores legais do Poder Público e os casos em que há demora, geralmente são aqueles que fogem da nossa alçada”, elencou. 

Leia mais:  SUGESTÃO DE PAUTA - Emanuel entrega 7,9 km de pavimentação no bairro Jardim União

A OGM suspendeu os atendimentos presenciais ao público em todas as suas unidades após servidores serem acometidos pela Covid-19 e Influenza. A portaria nº 01/2022 foi publicada na Gazeta Municipal desta quinta-feira (20). Os serviços continuam sendo concedidos de forma ininterrupta, porém de forma remota. 

Confira:

Telefone: 0800 645 01 56

 WhatsApp: (65) 9.9263-9779

E-mail: [email protected]

Site:http://transparencia.cuiaba.mt.gov.br/portaltransparencia/transparencia/#/ouvidoria/registremanifestacao

Comentários Facebook
Continue lendo

CUIABÁ

Prefeito conclama população a manter cuidados em relação ao mosquito Aedes aegypti: “é preciso ficar sempre vigilante”

Publicado


Davi Valle

Clique para ampliar

Em live realizada na noite de terça-feira (25), o prefeito Emanuel Pinheiro aproveitou o momento para conclamar a população cuiabana a seguir mantendo os cuidados para combater o mosquito Aedes aegypti e, com isso, evitar a dengue, a zika e a chikungunya. “Gostaria de fazer um alerta sobre a dengue. Graças a Deus, estamos sob controle, não existe nenhum motivo para angústia ou preocupação, mas é preciso ficar sempre vigilante e, pelo menos uma vez por semana, vamos combater os criadouros no quintal de casa”, disse. 

Conforme o gestor, se cada um fizer sua parte, o município irá vencer cada vez mais a guerra contra a dengue, que é constante. “Aquela tampinha da garrafa pet cheia de água parada já é um criadouro do mosquito da dengue, já é motivo de preocupação. Tire dez, quinze minutinhos e vai no quintal olhar se não tem uma tampa, um pneu velho jogado, um copo plástico com água parada e extermina isso aí! Vamos pra cima disso!”, conclamou Pinheiro.

De 2020 para 2021, diminuíram os casos confirmados de dengue, zika e chidungunya. Foram 794 casos confirmados de dengue em 2020 e 672 em 2021. No caso da zika, houve 10 casos confirmados em 2020 (sendo 2 em gestantes) contra 4 casos em 2021. Já em relação à Chikungunya, em 2020 foram confirmados 17 casos e, em 2021, 14.

Ao longo de 2021, os 320 agentes de combate a endemias do Município realizaram visitas em 1.297.364 imóveis. Até o momento, no mês de janeiro já foram realizadas visitas em 107.456 imóveis, principalmente residenciais e pontos estratégicos, como cemitérios, oficinas mecânicas, borracharias e depósito de recicláveis.

Leia mais:  Em quase 4 meses, Ordem Pública atendeu 460 ocorrências sobre poluição sonora

O período chuvoso, mesmo que atrapalhe a realização dessas vistorias, por outro lado faz com que a orientação seja reforçada entre os munícipes. A principal estratégia adotada é incentivar as pessoas a ter como hábito os chamados “10 minutos contra a dengue”, que consiste em reservar 10 minutos por semana para fazer a limpeza do quintal, eliminando a água de todos os possíveis criadouros do mosquito, como vasinhos de plantas, pneus, recipientes, calhas, caixas d’água, entre outros. 

Por conta da pandemia de covid-19, em que as visitas dos agentes de endemias passaram a adotar todas as medidas de biossegurança (uso de máscara, álcool 70%, viseira e distanciamento de um metro do morador), ainda hoje há resistência de parte da população em receber os servidores em suas casas. Por isso, a coordenação da Unidade de Vigilância em Zoonoses (UVZ) pede que mesmo que o agente não possa entrar na casa, que o morador aceite ouvir as orientações pelo portão e, posteriormente, as coloque em prática. 

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana