conecte-se conosco


POLÍTICA MT

Deputado Moretto comemora ano recorde em emendas e ações

Publicado


Foto: Marcos Lopes

O ano de 2021 foi de recordes no mandato do deputado estadual Valmir Moretto (Republicanos). O parlamentar alcançou a marca de 1360 proposições, sendo 27 projetos de lei, além de ter destinado mais de R$ 7,1 milhões em emendas parlamentares – principalmente para os municípios da região oeste.

“Foi um ano que trouxe muita prosperidade, grandes avanços, conquistas e conseguimos destravar grandes desenvolvimentos para a região oeste. Avalio como um ano muito próspero e importante para o progresso”, ressalta o parlamentar.

As emendas do parlamentar estão divididas da seguinte forma: R$ 2,8 milhões para a saúde; R$ 1 milhão para a segurança pública; R$ 950 mil par infraestrutura; R$ 870 mil para assistência social e educação; R$ 931 mil para esporte e cultura, além de R$ 540 mil para agricultura familiar.

SAÚDE

Além de destinar mais de R$ 2,8 milhões para a pasta da saúde, Moretto atuou diretamente na gestão para conseguir recursos e meios que melhorem a vidada do cidadão. Exemplo disso foi a indicação de mais R$ 2 milhões para custeio da saúde no município de Pontes e Lacerda, pela parceria firmada com o senador Carlos Fávaro.  

DEFESA DO PRODUTOR

Em abril, com a paralisação dos produtores de leite da região Oeste, Valmir Moretto atuou na linha de frente. Defendendo a valorização da mercadoria produzida pelos produtores.

Outro ponto importante para a defesa do produtor rural, foi a criação da Lei do Falso Queijo, que tem o objetivo de mostrar o que os consumidores realmente comem, além de valorizar a cadeia produtora de leite mato-grossense. Valorizando indústria, produtores e priorizando a saúde de consumidores.

Foto: Raul Bradock

INFRAESTRUTURA

Frente ao excelente trabalho conduzido no parlamento estadual, Moretto foi reeleito presidente da Comissão de Infraestrutura Urbana e de Transporte da ALMT.  No comando da Comissão, Moretto conduziu a decisão do nome da primeira ferrovia do estado de Mato Grosso. Com sua habilidade, promoveu diálogo e conseguiu contemplar o nome do senador Vicente Vuolo e também do empresário Olacyr de Moraes.

Leia mais:  Thiago Silva comemora reabertura do Incra em Rondonópolis

Só na caminhada com o Governador Mauro Mendes, em dezembro, foram lançados R$ 173 milhões em obras em 10 municípios da região. Cabe destacar que deste investimento, R$ 56 milhões é só na pavimentação de 67 km da MT-473, Estrada do Matão, em Pontes e Lacerda.

Destaque também para o projeto do município de Salto do Céu, onde R$ 1 milhão destinado vai construir um campo de futebol com alambrado, pista de caminhada, banheiros públicos e playground. Em Nova Lacerda, R$ 200 mil foram destinados para a construção do banheiro municipal na Praça Luiz Hoffman – que já foi inaugurado.

SEGURANÇA PÚBLICA

Na segurança pública, pasta que Moretto tem grande afinidade, foi destinado R$ 1 milhão em emendas parlamentares.

Destas, R$ 382 mil para o Grupo Especial de Fronteira (Gefron) adquirir câmeras de alta tecnologia (OCR) para auxílio no monitoramento e combate aos crimes de tráfico de drogas, furto e roubo de veículos. Esta é a segunda emenda do seguimento. Somadas, as duas chegam a expressiva marca de R$ 713 mil – tornando a faixa de fronteira monitorada e mais segura.

Cabe destaque também para a destinação de R$ 305 mil para a Polícia Civil adquirir fuzis e escutas, além de R$ 312 mil para a Polícia Militar comprar armamento. Todo material equipa e potencializa as unidades de segurança que atuam nos municípios da região Oeste.

Foto: Raul Bradock

Prova da forte atuação do deputado Valmir Moretto na Segurança Pública, estão as diversas homenagens e medalhas recebidas das forças ao longo do ano. Dentre elas estão a Moeda Honorífica Guardiões do Médio Norte, concedida pelo 7º Comando Regional da Polícia Militar, em Tangará da Serra; Medalha do Mérito das Comunicações da Segurança Pública e  Medalha Mérito da Segurança Pública do Estado de Mato Grosso.

Leia mais:  Disque-denúncia animal criado por Ulysses Moraes ajuda a combater o maus-tratos em Mato Grosso

Valmir Moretto destaca que 2022 será um ano atípico, mas que o trabalho continuará forte para o progresso e desenvolvimento da região Oeste e o estado de Mato Grosso.

“Terá a Copa do Mundo e também as eleições, mas acho que nada disso vai atrapalhar o trabalho e desenvolvimento. Cada ano temos a meta de superar a meta anterior. 2021 será difícil de bater frente a tanto trabalho, mas estamos aqui para superar os desafios”, projeta o parlamentar.

Fonte: ALMT

Comentários Facebook
publicidade

POLÍTICA MT

Emenda parlamentar garante ambulância para Poconé

Publicado


Foto: ANGELO VARELA / ALMT

A cidade de Poconé completou 241 anos na sexta-feira (21), e de presente ganhou mais uma ambulância. O veículo foi adquirido com emenda parlamentar do deputado Wilson Santos (PSDB) e será utilizado no transporte de pacientes graves para a capital.
De acordo com a secretária municipal de Saúde, Vilma Regina Figueiredo Arruda, Poconé contava apenas com cinco veículos para atender a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), o hospital municipal e a Secretaria de Saúde . Vilma Arrruda frisou que todos os dias cerca de quatro pacientes, com risco de morte ou necessidade de exames mais complexos, são transportados para Cuiabá.
“Fazemos em média 120 viagens por mês à capital e precisamos constantemente de ambulâncias novas e bem equipadas. Agradecemos ao deputado Wilson por mais uma vez ter ajudado o município de Poconé. Agora, temos seis veículos para atender nossa população com segurança”, disse.
A emenda foi solicitada pelo vereador Itamar Lourenço (PSB). Ele fez questão de ressaltar a importância do relacionamento suprapartidário entre legisladores municipais e deputados.
“É muito importante frisarmos que o bom legislador é aquele que não se apega a sigla partidária. O deputado Wilson Santos é um parlamentar que consegue agregar políticos de diferentes partidos para atender a sociedade. Creio que a política tem que seguir este caminho. Fizemos a requisição e fomos prontamente atendidos. Por isso, só tenho a agradecer”.
O prefeito Tatá Amaral (DEM) destacou a iniciativa e disse que desde 1990, quando era deputado federal, Wilson Santos ajuda a cidade.
“O deputado Wilson Santos tem nos ajudado muito. Além desta ambulância, ele destinou recursos para a compra de um equipamento de ultrassom para nossa cidade. Desde a época em que era deputado federal ele tem olhado com carinho, atenção e respeito para o município de Poconé e pra nossa gente”.
“A saúde é o bem mais precioso que temos. Fico feliz em atender a população de Poconé mais uma vez. Gente humilde e acolhedora que sempre me recebeu de braços abertos e que apoia nosso trabalho. Quando concorri a deputado federal, em 1990, fui o candidato mais votado na cidade. Muito obrigado, contem sempre comigo”, declarou o deputado Wilson Santos.

Leia mais:  Merenda escolar de Mato Grosso pode ser enriquecida com mel e derivados
Fonte: ALMT

Comentários Facebook
Continue lendo

POLÍTICA MT

Fecomércio declara apoio a projeto que proíbe exigência de passaporte sanitário em MT

Publicado


Foto: ANGELO VARELA / ALMT

A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Mato Grosso (Fecomércio-MT), manifestou apoio ao Projeto de Lei n 01/2022, que tem o objetivo de proibir a exigência do comprovante de vacina contra a COVID-19 ao cidadão do Estado para ter acesso a estabelecimentos públicos ou privados. A proposta foi apresentada pelo deputado estadual Gilberto Cattani (PSL) no início deste ano e aprovada por maioria dos parlamentares em primeiro turno.

Em nota técnica publicada no dia 6 de janeiro, assinada pelo superintendente da Fecomércio, Igor Cunha, a entidade se manifestou favorável a proposta, projetando benefícios ao comércio no caso de o texto ser aprovado da mesma forma que foi apresentado.

A nota técnica em defesa ao projeto cita o direito ao exercício livre de qualquer atividade econômica, previsto na Constituição Federal, a falta de evidências científicas de que a vacinação interrompe a transmissão do vírus, o fato de o Comitê de Emergência sobre a covid-19 da Organização Mundial da Saúde (OMS) já ter se manifestado contra a obrigatoriedade do passaporte sanitário para viajantes internacionais, além de possíveis prejuízos que o passaporte sanitário trará aos comerciantes do Estado.

“Diante de todo o exposto, a Fecomércio-MT se posiciona de forma favorável ao PL 01/2022 por entender que a instituição de qualquer exigência de apresentação do comprovante de vacinação contra a covid-19, para acesso aos estabelecimentos públicos e privados, tolheria os direitos constitucionais à livre iniciativa e autonomia privada, ao passo que os empresários e comerciantes se verão obrigados a exigirem os comprovantes de vacinação de seus clientes para que estes adentrem aos estabelecimentos, criando um obstáculo desnecessário que dificultará o acesso ao comércio e inegavelmente reduzirá o fluxo de pessoas que fomentam a atividade exercida por estes”, diz o documento.

Leia mais:  Emenda garante compra de equipamentos odontológicos para Alto Taquari

Para Cattani, o parecer técnico da Fecomércio é de grande importância para que a Assembleia Legislativa e a população do Estado entenda que uma eventual obrigação da apresentação do comprovante da vacina não será benéfica para o comerciante que terá que impor uma restrição e para o cidadão, que perderá a liberdade de ir e vir, caso não esteja com sua caderneta de vacinação em mãos.

“Fico muito feliz com este apoio e agradeço meu amigo José Wenceslau Junior. A Fecomércio que nos encaminhou este parecer técnico favorável ao projeto e contra a obrigação do passaporte sanitário para o comércio e órgãos públicos de Mato Grosso. Agradeço a instituição e a toda a população que está nos ajudando nesta luta pela liberdade”, afirmou o parlamentar.

Primeiro projeto apresentado na Assembleia Legislativa de Mato Grosso em 2022, a proposta que prevê a proibição da exigência do passaporte sanitário no Estado foi aprovada com 17 votos favoráveis. 

O texto ainda precisa passar por uma segunda votação no plenário, que deve acontecer no mês de fevereiro, antes de ser encaminhado para a sanção do governador Mauro Mendes (DEM).

Fonte: ALMT

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana