conecte-se conosco


POLICIAL

Três criminosos envolvidos em roubo a propriedade em Nova Lacerda são presos pela Polícia Civil

Publicado


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT 

A Polícia Civil desarticulou um grupo criminoso que estava agindo em roubos na região de Pontes e Lacerda e prendeu três pessoas, uma delas tinha um mandado de prisão preventiva expedido pelo mesmo tipo de crime e é suspeita de outros cinco roubos.

No início da semana, a Delegacia de Pontes e Lacerda foi comunicada sobre o roubo ocorrido em uma propriedade no município de Nova Lacerda, na última segunda-feira. Três homens armados chegaram na propriedade, por volta das 20 horas, e renderam o casal de funcionários e os filhos menores de idade e carregaram diversos equipamentos agrícolas, eletrodomésticos, aparelhos celulares, roupas e ferramentas e colocaram em uma camionete F-4000. Um deles saiu dirigindo o veículo e os outros dois ficaram na propriedade até o fim da madrugada, mantendo a família trancada em um banheiro da sede da fazenda, e depois fugiram.

Depois de ser comunicada sobre o roubo, a equipe de investigação da Delegacia de Pontes e Lacerda iniciou diligências para indetificar o veículo roubado e os criminosos. Os investigadores checaram que a camionete roubada passou pela cidade logo no início da manhã seguinte ao roubo e pelas imagens obtidas foi possível ver que na carroceria havia objetos como aparelho de ar condicionado e um micro-ondas.

Durante as diligências, os policiais civis identificaram que o segundo veículo utilizado pelos criminosos estava em uma residência no bairro Morada da Serra, em Pontes e Lacerda. Com apoio da PM, a equipe da Delegacia chegou ao local e abordou o dono da casa, que estava com o veículo onde foram encontrados diversos objetos oriundo do roubo na fazenda. Em um segundo endereço, os investigadores localizaram quatro pessoas, sendo que duas delas tentaram fugir, mas foram detidas. Uma delas é um foragido da Justiça que estava com mandado de prisão expedido por outro roubo cometido na região e foi identificado como um dos autores do roubo à fazenda em Nova Lacerda.

Leia mais:  Ato em combate à violência contra a mulher lembra vítimas de feminicídios em MT

Na casa, os policiais localizaram mais objetos roubados da propriedade rural e uma arma de fogo, calibre 38. Também foi encontrada uma tornozeleira eletrônica, que monitorava o suspeito foragido da Justiça. Questionado sobre o equipamento, ele apenas alegou que a retirou sem autorização.

Entre os equipamentos recuperados pelos policiais civis estavam uma motoserra, roçadeira, furadeira, baterias, ventilador, liquidificador e máquina para solda.

Os três identificados como autores do roubo foram autuados em flagrante pela delegada Bruna Caroline Laet. Um dos envolvidos, que estava com mandado de prisão em aberto expedido pela Comarca de Pontes e Lacerda, é suspeito de outros cinco roubos ocorridos no município.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
publicidade

POLICIAL

Delegados-gerais das Polícias Civis do País se reúnem em encontro nacional no RS

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT 

Gestores das Polícias Civis dos 26 estados e do Distrito Federal estão reunidos desde esta quarta-feira (01.12), em Gramado (RS), na 55ª Reunião Ordinária do Conselho Nacional de Chefes de Polícia (CONCPC). O encontro segue até sexta-feira e trata de temas de interesse das instituições. A reunião foi aberta pela presidente do CONCPC, delegada Nadine Anflor, do Rio Grande do Sul.

O vice-presidente do CONCPC e delegado-geral da Polícia Civil de Mato Grosso, Mário Dermeval, apresentou um balanço da Operação Nacional Voleur, realizada no último dia 17 de novembro para repressão qualificada a crimes contra o patrimônio e coordenada pelo conselho. Em um esforço integrado que reuniu um efetivo de 9.700 profissionais das Polícias Civis dos 26 estados e do Distrito Federal, a operação resultou no cumprimento de 2.112 prisões e 978 mandados de buscas e apreensões em todos os estados, além da recuperação de 1.500 celulares objetos de furtos e roubos.

 

A reunião do CONCPC conta com a presença dos secretários do Ministério da Justiça e Segurança Pública: Alfredo Coelho Carrijo, de Operações Integradas; Carlos Renato Machado Paim, de Segurança Pública e Luiz Roberto Beggiona, de Políticas sobre Drogas.

 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Policiais civis cumprem mandado de busca e apreendem objetos usados para ações criminosas
Continue lendo

POLICIAL

Encontro debate atuação de Delegacias de Homicídios e metodologia única no esclarecimentos de crimes

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil de Mato Grosso participou nesta semana 2º Encontro Nacional de de Diretores de Departamentos de Homicídios, realizado em Canela (RS), que reuniu representantes dos 26 estados e do Distrito Federal. 

Imagens: DCS/PC-RS

O delegado Fausto Freitas da Silva, titular da DHPP de Cuiabá, representou a insituição no evento, realizada nesta terça e quarta-feiras, que teve como proposta promover a troca de experiências entre os departamentos que atuam em investigações de crimes dolosos contra a vida e trabalhar uma metodologia única para o cálculo de resolução de crimes.

“O encontro foi importante para que as Polícias Civis pudessem debater estratégias de padronização das unidades no País e fortalecer as instituições na atuação nos crimes contra a vida. Trocamos boas práticas e atuamos no sentido de buscar uma metodologia única no País para o cálculo da resolutividade dos crimes de homicídios ”, destacou Fausto.

O evento contou com a participação da chefe da Polícia Civil rio-grandense, delegada Nadine Anflor e da diretora do DHPP da instituição, Vanessa Pitrez. A presidente do CONCPC destacou que as discussões do encontro serão apresentadas aos delegados-gerais que participam, também no Rio Grande do Sul, da 55ª Ordinária do Conselho Nacional.

Palestras

Na primeira parte do encontro, os participantes assistiram uma palestra sobre o sistema penitenciário como fonte de produção de conhecimento na investigação de homicídios, com o Departamento Penitenciário Nacional.

 

O coordenador-geral de Crime Organizado da Secretaria de Operações Integradas (Seopi), do MJSP, delegado Carlos Augusto Bock falou sobre as estatégias nacionais de redução de homicídios no País.

O segundo dia do evento contou com palestras do vice-governador secretário de Segurança Pública do Rio Grande do Sul, Ranolfo Vieira, que falou sobre a estratégia de redução de homicídios no estado.

Leia mais:  Ação integrada resgata com vida homem que estava desaparecido há 10 dias

A diretora do Insituto Sou da Paz, Carolina Ricardo, também participou do encontro e falou da participação da sociedade civil organizada na criação de políticas para a redução de crimes contra a vida no País.

Carta de Canelas

Ao final do encontro, os delegados apresentaram a Carta de Canelas com as propostas debatidas, como a padronização da metodologia para elucidação dos crimes, elaboração da estratégia nacional de redução de homicídios, fortalecimento das equipes das unidades policiais, cadeia de custódia e rede integrada de informações. O documento será entregue ao Conselho Nacional dos Chefes e Delegados-Gerais.

 

Foi também criado o Comitê Nacional de Chefes de Departamentos de Homicídios, sendo escolhida a delegada Vanessa Pitrez como presidente e o delegado Fausto Freitas como o representante da Região Cebtro-Oeste.

Com informações do DCS/ PC-RS

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana