conecte-se conosco


MATO GROSSO

Seduc assina ordem de serviço para reforma e ampliação da Escola Estadual Padre Firmo

Publicado


A Secretaria de Estado de Educação (Seduc-MT) assinou, nesta terça-feira (16.11), a ordem de serviço para início das obras na Escola Estadual Padre Firmo Duarte Filho que, de maneira provisória, estava funcionando em salas móveis. Com recursos próprios do Governo do Estado serão investidos R$ 2.751.993,01 milhões, na unidade localizada no Jardim Industriário, em Cuiabá, responsável pelo atendimento de 731 estudantes.

Com a ampliação, a escola passará a contar com um novo bloco educacional e também um de hall de entrada com cobertura. O prédio receberá novos estruturas elétricas e hidráulicas, assim como pisos e azulejos, pintura interna e externa, novos espaços de convivência e também uma nova quadra poliesportiva.

Após assinatura, a obra na área da escola, onde ficam as salas provisórias, teve seu início com as equipes realizando os procedimentos de sondagem, etapa que analisa a qualidade do solo.

O secretário estadual de  Educação, Alan Porto, reafirmou o compromisso do Governo do Estado em aprimorar as estruturas físicas das escolas de Mato Grosso.

“Ainda em 2020, iniciamos nessa escola um grande projeto de reestruturação das salas de aula, desenvolvemos algumas ações como medida paliativa, mas a meta sempre foi uma obra completa e de qualidade. A empresa já está mobilizada e a expectativa é que daqui 300 dias toda comunidade escolar seja contemplada com a estrutura que todo profissional da educação e todo estudante merecem”, destacou Alan Porto.  

O diretor da escola, Paulo Roberto Marchese, agradeceu o emprenho do Governo de MT, em honrar o compromisso da reforma realizado em 2019, e destacou a felicidade dos alunos ao tomaram conhecimento das novas salas de aula.

“A construção do novo bloco educacional é uma ótima notícia e representa um sonho antigo de toda a comunidade escolar. Agradeço muito a equipe da Seduc que não poupou esforços em providenciar que essa reforma finalmente saísse do papel. Os alunos ficaram muito empolgados”, enfatizou o diretor.

Leia mais:  Governador: "Se com logística desfavorável, MT chegou onde chegou, imagina agora com os fortes investimentos do Governo"
Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
publicidade

MATO GROSSO

Dezessete motoristas são presos por embriaguez ao volante durante Lei Seca em Cuiabá

Publicado


Dezessete motoristas foram presos na madrugada deste domingo (28.11), após serem flagrados embriagados, durante a 72ª edição da Operação Lei Seca. Dois destes motoristas, ainda tiveram o agravante de desacatar os servidores públicos que trabalhavam durante a ação, que ocorreu na Av. Manoel José de Arruda, no bairro São Matheus, em Cuiabá.

O crime de desacato ao funcionário público no exercício da função ou em razão dela está previsto no Artigo 331 do Código Penal e a pena pode variar entre seis meses a dois anos de detenção ou multa.

A operação fiscalizou 110 veículos, realizando igualmente 110 testes de alcoolemia. Um total de 75 Autos de Infração de Trânsito (AITs) foram lavrados, sendo 26 por condução de veículo sob efeito de álcool, 26 por condução de veículo sem registro ou não licenciado, oito por condução de veículo sem possuir habilitação para tal, oito por recusa à realização do teste de alcoolemia e sete por motivos diversos.

Do total de veículos fiscalizados, 46 foram autuados e 45 foram removidos, sendo 40 carros e 5 motocicletas. A iniciativa também recolheu 22 documentos, sendo 19 Carteiras Nacionais de Habilitação (CNHs) e três Comprovantes de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV).

A Operação Lei Seca é uma ação integrada, coordenada pelo Gabinete de Gestão Integrada da Secretaria de Estado de Segurança Pública (GGI/Sesp) e nesta edição contou com a participação do Batalhão de Trânsito da Polícia Militar, da Delegacia de Delitos de Trânsito (Deletran), do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), da Polícia Penal e da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob).

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Com livros reciclados, recuperandos de São Félix do Araguaia confeccionam artesanato como forma de ressocialização
Continue lendo

MATO GROSSO

Websérie e livro homenageiam fundadores de grupo de siriri de Chapada dos Guimarães

Publicado


Reconhecidos pelo trabalho de fortalecimento e difusão do cururu e siriri em Chapada dos Guimarães, o casal Deijanil Maria do Nascimento e Pedro Boaventura da Silva será homenageado em uma websérie e um livro desenvolvidos com recursos do edital Conexão Mestres da Cultura, da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel).

As obras trazem uma retrospectiva do trabalho realizado pelos fundadores do Grupo Folclórico Siriri Patucha, bem como o reconhecimento pela valorização da cultura popular no município. O lançamento será na segunda-feira (29.11), às 19h, na Casa da Quineira, em Chapada dos Guimarães.

O projeto ‘Aos mestres com carinho’ foi selecionado no edital, desenvolvido a partir da Lei Aldir Blanc. No dia 01 de dezembro ocorre a exibição pública da websérie, na Câmara Municipal de Vereadores de Chapada dos Guimarães, às 19h. O material, que conta com 10 episódios, também ficará disponível no youtube.

Proposto pela incubadora de negócios Pedaço do Mundo Hub, coordenado por Eliana Muxfeldt e Idineia Bressan, o projeto possui um instagram (@mestresculturaismt), onde há informações e contato do grupo.  

“O Patucha representa muito mais que um grupo de dança tradicional mato-grossense, foi e continua sendo um espaço afetivo que impactou positivamente a vida de inúmeros jovens, que cresceram em um contexto de união, pertencimento, integração, responsabilidade, amizade e respeito. E esse impacto se deve à dedicação do professor Pedrinho e Deja, como são chamados carinhosamente os homenageados”, descreve o texto de divulgação na mídia social.

O nome Patucha é uma sigla de Panorama Turístico de Chapada, termo que, na década de 70, era usado em um clube onde o siriri era uma das atrações. Nos 20 anos de história, o Grupo Folclórico Patucha fez apresentações em várias cidades de Mato Grosso, além de marcar presença em eventos para turistas, no Festival de Inverno de Chapada dos Guimarães e no Festival de Cururu e Siriri, em Cuiabá.  

Leia mais:  GAP apreende 13 kg de maconha e prende quadrilha em Várzea Grande

Conexão Mestres da Cultura

O edital surgiu para compartilhar os saberes e fazeres artísticos e culturais do estado, reconhecendo o trabalho desenvolvido por pessoas impactaram a cultura mato-grossense, considerando sua contribuição para o fortalecimento da cultura do estado e sua importância para a comunidade que atua.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana