conecte-se conosco


POLÍTICA NACIONAL

Rejeição de Moro repete ‘padrão Bolsonaro’, revela pesquisa

Publicado


source
Sergio Moro em evento de filiação ao Podemos
Divulgação/ Sergio Lima

Sergio Moro em evento de filiação ao Podemos


Agora oficialmente na política partidária, já que se filiou ao Podemos , o ex-juiz e ex-ministro Sergio Moro tem rejeição semelhante à do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). O político não chegou a lançar candidatura, mas é apontado como pré-candidato à Presidência da República .

Um trecho da  pesquisa Genial/Quaest divulgado pela Coluna do Estadão mostra que ele é rejeitado por 74% daqueles que ganham até dois salários mínimos por mês. Com esse grupo, a rejeição a Bolsonaro está na faixa dos 73%, ou seja, os dois empatam com a margem de erro de 3 pontos percentuais.

Mas rejeição a Moro cai e fica em 49% quando se analisa as pessoas que recebem de dois a cinco salários mensais. Já Bolsonaro é rejeitado por 65% desse grupo.

Leia Também

No quesito regional, os ex-aliados voltam a se aproximar: no Nordeste, 68% dizem que não votariam em Moro e 74%, em Bolsonaro, piores marcas dos dois. A rejeição a Moro é menor no Sul (48%) e no Sudeste (60%), assim como a de Bolsonaro (69% no Sul e 63% no Sudeste).

Além disso, os dois registram as piores médias gerais de rejeição entre todos os candidatos testados. Bolsonaro lidera, rejeitado por 67% dos eleitores. Logo atrás, vem Moro, com 61% de rejeição, e o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), com 58%. A lista tem ainda o ex-governador do Ceará, Ciro Gomes (53%), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (39%), o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (36%), o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (29%), e o empresário Felipe d’Avila (20%).


Realizada entre os dias 3 e 6 de novembro, a pesquisa foi feita com base em 2.063 entrevistas realizadas presencialmente, em 123 municípios do país. O nível de confiança é de 95%.

Comentários Facebook
publicidade

POLÍTICA NACIONAL

Enquanto aguarda Alckmin, Lula conversa com PSD e estuda aliança com Pacheco

Publicado


source
Ex-presidente Lula em entrevista ao podcast Podpah
PrintScreen/ Youtube Podpah

Ex-presidente Lula em entrevista ao podcast Podpah

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) se reuniu com o Adalclever Lopes, coordenador da campanha do prefeito de BH, Alexandre Kalil, na sexta-feira (4). O encontro faz parte dos diálogos que o petista mantém com o partido de Kassab em busca de apoio à sua candidatura . Uma das possibilidades da aliança é que Lula apoie Kalil enquanto o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD), entraria como vice da chapa presidencial.

Por enquanto, a única garantia do petista é o apoio do PSD em um eventual segundo turno contra Bolsonaro (PL).

Pacheco seria o plano B de Lula. O petista aguarda a decisão de Alckmin, o favorito para compor a chapa presidencial . O ainda tucano, no entanto, ainda não se decidiu se vai para o PSB para ser vice de Lula ou se disputa o governo de São Paulo pelo PSD.

Parte da cúpula do PT acredita que uma aliança com Pacheco produziria o mesmo efeito que Alckmin como vice, isto é, representaria um aceno ao centro e ao mercado.

Comentários Facebook
Leia mais:  Moro e Leite se reúnem uma semana após tucano ser derrotado por Doria em prévias
Continue lendo

POLÍTICA NACIONAL

Moro e Leite se reúnem uma semana após tucano ser derrotado por Doria em prévias

Publicado


source
Sergio moro e Eduardo Leite
Reprodução/redes sociais

Sergio moro e Eduardo Leite

pré-candidato à presidência Sergio Moro (Podemos) e o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB) se encontraram na manhã deste sábado (4). A reunião foi divulgada pelos dois políticos em suas redes sociais. 

“O combate às desigualdades, a retomada da economia e a importância da construção de convergências políticas para trazer o país de volta ao equilíbrio e ao bom senso estiveram na pauta”, disse o governador.

O encontro acontece uma semana após Leite perder as prévias do PSDB que escolheram o atual governador de São Paulo, João Doria, como representante do partido na disputa pela presidência da República em 2022 .

Moro, que recentemente se filiou ao Podemos, já aparece na terceira colocação nas pesquisas de intenção de voto. Na publicação em que divulga o encontro, o ex-juíz diz que é “fundamental criarmos pontes para que possamos construir o País que merecemos: longe do passado de corrupção e sem autoritarismo, inflação, pobreza e desemprego”.

Leia Também

Leia mais:  Ex-funcionário de Carlos Bolsonaro alega que nunca teve crachá da Câmara do Rio



Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana