conecte-se conosco


MATO GROSSO

Projeto Reconstruindo Sonhos é implantado no Centro de Ressocialização de Cuiabá

Publicado


Mais uma etapa do projeto Reconstruído Sonhos foi implantado, nesta quarta-feira (24.11), no Centro de Ressocialização de Cuiabá. Ao todo, 24 reeducandos devem participar das atividades do projeto, que oferece aos participantes a compreensão do sentido da vida e a possibilidade de uma qualificação profissional.

O programa tem como objetivo fortalecer a reinserção social dos recuperandos, além de contribuir na redução da reincidência criminal, por meio de atividades e conversas que serão realizadas toda semana. 

O projeto é uma iniciativa do Ministério Público de Mato Grosso e conta com parceria da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), Poder Judiciário, Defensoria Pública, Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Mato Grosso (OAB-MT), Fundação Nova Chance (Funac), Grupo de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Penitenciário (GMF), Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Seciteci) e Instituto Ação Pela Paz. 

Na primeira fase, serão realizados 12 encontros na unidade que irão abordar temas como valores, espiritualidade, trabalho, relações interpessoais, futuro e outros temas. Além disso, o projeto irá ofertar curso profissionalizante aos reeducandos, como curso de pedreiro e pintor. 

O vice-governador de Mato Grosso, Otaviano Pivetta, destacou a importância do projeto e as ações do governo para o Sistema Penitenciário. “Iniciativas como essa são necessárias e importantes, pois trazem esperança e oportunidades para dentro dos presídios. Eu quero parabenizar a iniciativa e dizer que o Estado de Mato Grosso, no atual governo, está disposto e investindo no Sistema Penitenciário, modernizando todo o sistema. Na vice-governadoria sempre tem uma porta aberta, conte conosco”, destacou.  

O Juiz titular da 2ª Vara Criminal da comarca de Cuiabá e coordenador do Grupo de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário, Geraldo Fidelis, enfatizou a relevância que o trabalho tem na vida dos reeducandos ainda no regime fechado.

Leia mais:  Fiscais e agentes do Indea são capacitados para combater praga que atinge lavouras em MT

“Nosso objetivo é diminuir a taxa de reincidência, é matar o crime com o amor, a bala contra o crime é o amor, o carinho e o acolhimento e o projeto consegue trazer isso aos reeducandos, acolhendo eles ainda no regime fechado, pois quando chegam no semiaberto, já chegam com outra visão, são ofertadas oportunidades, dessa forma, contribuindo para que não retornem à prática do crime”, pontuou o juiz.

A superintendente de Políticas Penitenciárias, Sibeli Nardoni Roika, agradeceu aos parceiros pela força de vontade na implementação do projeto nas unidades penais. “Gostaria de agradecer aos servidores que mesmo diante das limitações, acolheu o projeto e está fazendo acontecer. O projeto contribui na ressocialização do reeducando”, enfatizou. 

A coordenadora do Centro de Apoio Operacional Criminal e da Execução Penal, promotora de Justiça Josane Fátima de Carvalho Guariente, ressaltou as ações do projeto para as pessoas privadas de liberdade. “Esse projeto vai proporcionar aos pré-egressos a qualificação para quando sair do Sistema Penitenciário, conseguir uma oportunidade de emprego. Com o projeto, essas pessoas terão a oportunidade de pensar e reconstruir seus sonhos. É preciso ter diálogo com a sociedade”, salientou. 

O diretor do CRC, Winkler Teles de Freitas, comemorou e agradeceu a implementação do projeto na unidade. “Só tenho de agradecer pela implementação de mais um projeto que veio para contribuir na vida dos nossos reeducandos, gratidão” 

Também estiveram presentes na implementação do projeto na unidade o promotor de Justiça e assessor do corregedor-geral do Ministério Público de Mato Grosso, Wesley Sanches Lacerda, o promotor de Justiça da 30ª Promotoria Criminal de Cuiabá, José Mariano de Almeida Neto, o promotor de Justiça da 4ª Promotoria Criminal de Cuiabá, Rubens Alves de Paula, a consultora regional de Audiência de Custódia do programa Fazendo Justiça do Conselho Nacional de Justiça, Carolina Santos Pitanga de Azevedo e demais autoridades.

Leia mais:  Governo vai investir R$ 12,5 milhões na manutenção das rodovias da Região Oeste

 Lançamento do projeto

O projeto Reconstruindo Sonhos foi lançado no começo deste mês de novembro na Penitenciária Feminina Ana Maria do Couto May, em Cuiabá. 

A iniciativa do programa está em fase de implementação nas unidades penais do interior, como é o caso de Colniza. No próximo semestre deve ser iniciado nas cadeias públicas de Comodoro e de Colíder. Além disso, está em tratativa a implementação do projeto na Penitenciária Central do Estado (PCE).

(Com supervisão de Débora Siqueira) 

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
publicidade

MATO GROSSO

Governo vai investir R$ 12,5 milhões na manutenção das rodovias da Região Oeste

Publicado


Durante viagem a região Oeste, o governador Mauro Mendes e o secretário de Infraestrutura e Logística, Marcelo de Oliveira, assinaram o contrato para realização de serviços de conservação corretiva e preventiva na malha rodoviária da região. Serão investidos R$ 12.509.351,85, em recursos originários do programa Mais MT, para a execução dos serviços durante um prazo de 24 meses.

Os municípios que serão beneficiados são Cáceres, Curvelândia, Lambari D’Oeste, Rio Branco, Salto do Céu, Araputanga, Figueirópolis D’Oeste, Glória d’Oeste, Indiavaí, Jauru, Mirassol D’Oeste, Porto Esperidião, Reserva do Cabaçal, São José dos Quatro Marcos, Conquista D’Oeste, Pontes e Lacerda, Vale de São Domingos e Vila Bela da Santíssima Trindade.

Entre os serviços previstos no contrato estão a recomposição de aterro, remoção de barreira, execução de contenção, reparo de meio fio, limpeza de bueiro, instalação de placas, reparos em pontes, entre outros, em mais de 350 km de rodovias pavimentadas e mais de mil quilômetros de rodovias não pavimentadas.

A Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra-MT) realizou um pregão eletrônico para contratação de empresas para manutenção e conservação da malha rodoviária de todo o estado. Na última segunda-feira (29.11), foi publicada a homologação do resultado em 7 dos 11 lotes. O valor total a ser investido pela Sinfra-MT em todo o Estado é de R$ 93.539.262,78.

De acordo com o secretário Marcelo de Oliveira, o objetivo da contratação é garantir uma maior durabilidade das rodovias da malha estadual. “As rodovias são essenciais para o transporte de cargas e pessoas e nós precisamos viabilizar alternativas para melhorar a condição das estradas. O Governo tem a obrigação de zelar pelo patrimônio público e é isso que a gestão Mauro Mendes está fazendo”.

Leia mais:  1º Comando Regional faz planejamento de reforço no policiamento da Capital

Região Oeste

Nesta sexta-feira (03) o governador Mauro Mendes e sua comitiva percorreram municípios da região oeste. Foram vistoriadas obras de infraestrutura, escolas e anunciados investimentos de R$ 173 milhões.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

MATO GROSSO

Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso promove primeira mulher ao posto de coronel

Publicado


A força feminina chegou ao posto mais elevado do militarismo no Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso (CBMMT) com a promoção da primeira mulher à patente de coronel. A militar Luciana Bragança Brandão da Silva, 40 anos, da Regional Bombeiro Militar – V, em Cáceres (a 220 km de Cuiabá), foi promovida na cerimônia de comemoração ao Dia do Patrono, realizada na última quinta-feira (02.12), na Praça das Bandeiras, em Cuiabá. 

“É uma alegria, uma honra, ser agraciada pelo governador Mauro Mendes, no posto de coronel. Neste momento, meu sentimento é de reconhecimento por todo trabalho ao longo desses quase 21 anos de dedicação no intenso trabalho na corporação. Além disso, a felicidade redobra ao ser a primeira mulher, coronel bombeiro militar do Estado de Mato Grosso”, declarou a primeira coronel do CBMMT.

Com a promoção, ela passa a integrar o primeiro escalão, equipe com outros 14 coronéis, liderada pelo comandante-geral do CBMMT, Alessandro Borges Ferreira, com mesmo nível de força na participação, tomada de decisão e construção do modelo de ação da corporação dos bombeiros em nível estadual.

“Essa promoção é exclusivamente por mérito, são oficiais de excelente qualidade, na missão de comando, por isso está ocupando espaço.  Eu tenho certeza que futuramente teremos outras mulheres coronéis no Corpo de Bombeiros”, enalteceu o comandante-geral.

A nova coronel concorreu com outros cinco militares, 4 homens e 1 mulher, que almejavam as duas únicas vagas à patente mais alta da corporação, sendo ela aprovada na acirrada seleção. 

A chegada ao posto é resultado de total dedicação às diversas missões técnicas e administrativas, desempenhada ao longo de 20 anos de trabalho na carreira militar. Além do longo processo de diversos estudos técnicos, teórico e prático, conforme detalhado em seu currículo de três páginas, requisito indispensável para justificar a ascensão na carreira.

Leia mais:  1º Comando Regional faz planejamento de reforço no policiamento da Capital

A coronel Luciana possui graduação de Gestão em Segurança Pública e Privada, com três especializações dentro da mesma área, uma com foco na Gestão Estratégica. Além disso, um grande leque de formação em mais de 10 cursos de especialização na área militar.

Em 2018, ela também foi responsável pelo comando do 1º Batalhão do CBM, o maior e mais antigo do Estado. Sob seu comando estiveram 183 profissionais, para atuação nos municípios de Cuiabá, Santo Antônio do Leverger, Barão de Melgaço e Chapada dos Guimarães.

O excelente trabalho foi reconhecido com diversas homenagens recebidas ao longo das carreiras, com o recebimento de 10 medalhas de reconhecimento ao mérito e dois títulos; Mulher do Ano e Cidadão Mato-grossesnse, e também Varzeagrandense, em 2021.

No posto de Comandante da Regional da Fronteira Oeste do Estado (de Cáceres a Rondolândia), ela atuou na gestão das ações no combate aos incêndios florestais, principalmente no Pantanal de Cáceres.

A nova coronel foi prestigiada pelo noivo, filha, cunhada e sobrinho presentes na cerimônia, além dos demais membros da corporação e demais autoridades civis que aplaudiram sua conquista da primeira mulher ao posto mais elevado da corporação.

Ainda na mesma solenidade, Dia do Patrono, outras 11 mulheres militares dos bombeiros foram promovidas; uma coronel, uma 1º Tenente, duas sub-tenentes, três a 2º Sargento e quatro a 3º Sargento.

Breve história das mulheres no CBMMT

O ingresso da mulher no quadro do Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso teve início no ano de 2001, a partir do primeiro Curso de Formação de Oficiais com vagas para o gênero. Desde então, o número de mulheres vem crescendo dentro da corporação.

Atualmente, o CBMMT possui em seu quadro 1.331 militares, sendo 88 mulheres. Duas delas ocupam posto liderança. Uma comandante mulher na Unidade do Batalhão de Emergências Ambientais (BEAMT), em Cuiabá. Outra mulher no posto de comando é a coronel Luciana Bragança Brandão da Silva, que comanda a Unidade Regional do CBMMT no munícipio de Cáceres.

Leia mais:  Livro Geoparque Chapada dos Guimarães fomenta desenvolvimento sustentável e turismo

Dia do Patrono

A cerimônia alusiva ao Dia do Patrono é realizada anualmente pela corporação para homenagear Dom Pedro II, nascido em 02 de dezembro de 1825, regente do Brasil e criador da primeira instituição de combate a incêndios do país.

A solenidade é o maior evento da corporação, marcada por conceder promoções nesta data, sendo que neste ano, outorga de outros 117 membros da corporação foram. Também houve a entrega de uma de uma frota de 17 viaturas – 5 unidades de resgates e 12 caminhões auto tanque, que foram compradas com recurso de R$ 10 milhões do Programa Mais MT.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana