conecte-se conosco


TCE MT

Procurador-geral de Contas é selecionado em Pós-Doutorado na Universidade de São Paulo (USP)

Publicado


O Procurador-geral de Contas Alisson Carvalho de Alencar foi selecionado para cursar pós-doutorado na Escola de Artes, Ciências e Humanidades da Universidade de São Paulo (USP). A conquista foi resultado de muito empenho e dedicação na constante busca por conhecimentos. 

O Projeto de pós-doutorado selecionado tem o tema “O Portal Nacional de Compras Públicas como ferramenta de e-marketplace: Arranjo de Eficiência para as compras governamentais Brasileiras” visa a construção de base teórica, jurídica e técnica para a implementação de um e-marketplace no sistema de contratações da Administração Pública, mediante inclusão no Portal Nacional de Contratações Públicas.

De acordo com o Procurador-geral de Contas do MPC-MT foram semanas de bastante estudo e dedicação. “Tive a honra de ser selecionado para cursar pós-doutorado na Escola de Artes, Ciências e Humanidades da USP, com um projeto de pesquisa sobre eficiência nas compras governamentais brasileiras. Tenho a convicção de que a pesquisa que vou desenvolver na Universidade de São Paulo será mais um importante passo para que minha atuação no serviço público em prol da sociedade seja cada vez mais efetivo e eficaz”, disse o Procurador-geral de Contas.

A Vaga no pós-doutorado na USP é voltada para o desenvolvimento do pensamento científico e realização de pesquisa avançada, que se destina ao estudo ou práticas do setor público, com especial destaque para as áreas do Controle Externo, Controle de Resultados da Administração Pública; Inovação no Controle Externo e na Gestão Pública, Auditoria de Resultados, entre outras áreas. 

Iniciativas como essa fazem do MPC uma instituição de qualidade técnica e excelência nos serviços prestados à sociedade. “Agradeço aos coordenadores Profa. Dra. Ana Carla Bliacheriene e Prof. Dr. Luciano Vieira de Araújo pela confiança na admissão ao grupo que realiza relevantes estudos sobre o Controle Externo da Administração Pública e as novas tecnologias.”

Leia mais:  Boletim de Jurisprudência está disponível para consulta

Assessoria de Comunicação do Ministério Público de Contas (MPC)
E-mail: [email protected]
Flickr: clique aqui

Fonte: TCE MT

Comentários Facebook
publicidade

TCE MT

Representação de natureza externa é julgada parcialmente procedente

Publicado


O Pleno do Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT) julgou parcialmente procedente uma representação de natureza externa em desfavor da Prefeitura de Campos de Júlio, por supostas irregularidades em processo licitatório para registro de preço para aquisição de papéis, realizado em 2018.

Sob relatoria do conselheiro Waldir Julio Teis, o processo foi apreciado na sessão extraordinária remota desta sexta-feira (3).

Em seu voto, o relator pontuou que a autora da representação, empresa Luasi Papeis e Livros Eirelli, alegou suposta desclassificação irregular do Pregão presencial n° 07/2018, cujo objeto era o registro de preço para aquisições parceladas de papel A4 e papel ofício.

“A representante afirmou que propôs o fornecimento de papel de uma marca que possui qualidade similar a marca referencial estabelecida pela administração, mas foi desclassificada por decisão do pregoeiro, sem amparo nas normas editalícias e legais”, declarou.

O conselheiro entendeu pelo conhecimento da representação e, no mérito, pela sua parcial procedência, com aplicação de multa e expedição de determinação, sendo seguido por unanimidade.

Clique aqui e confira o vídeo completo do julgamento. 

Secretaria de Comunicação/TCE-MT
E-mail: [email protected]tce.mt.gov.br
Flickr: clique aqui

Fonte: TCE MT

Comentários Facebook
Leia mais:  TCE-MT apresenta relatório de auditoria no setor do turismo à ALMT
Continue lendo

TCE MT

Pleno emite parecer favorável às contas de Vila Rica

Publicado


Foto: Thiago Bergamasco/TCE-MT

Por unanimidade, o Pleno do Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT) emitiu parecer prévio favorável à aprovação das contas de governo da Prefeitura de Vila Rica, referentes ao exercício de 2020.

Sob relatoria do conselheiro Waldir Julio Teis, o balanço foi apreciado na sessão extraordinária remota desta sexta-feira (3).

O relator ressaltou que o gestor cumpriu com todos os limites e percentuais constitucionais e legais referentes a gastos com pessoal, remuneração do magistério e investimentos nas políticas públicas de educação e saúde.

Waldir Teis destacou ainda que, no relatório técnico preliminar, foi apontada uma irregularidade em relação à déficit financeiro, no entanto, constatou que o Executivo municipal tem R$ 1,77 centavos para cada R$ 1 real de dívida.

Frente ao exposto, seguindo o parecer do Ministério Público de Contas (MPC), votou pela emissão de parecer prévio favorável, com recomendações e determinações legais.

Clique aqui e confira o vídeo completo do julgamento. 

Secretaria de Comunicação/TCE-MT
E-mail: [email protected]
Flickr: clique aqui

Fonte: TCE MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Pleno emite parecer favorável às contas de Vila Rica
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana