conecte-se conosco


POLICIAL

Polícias Civil e Militar esclarecem roubo com cárcere de vítimas com prisão de suspeitos em Pontes e Lacerda

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

Um roubo com restrição de liberdade das vítimas ocorrido na noite de quarta-feira (17.11) em Pontes e Lacerda foi esclarecido em ação conjunta da Polícia Civil e Polícia Militar, com a prisão de dois criminosos envolvidos no crime. Os suspeitos de 25 e 19 anos foram abordados na residência em que praticavam o roubo, ocasião em que tentaram fugir, porém foram detidos pelas equipes policiais.

As investigações iniciaram após a equipe de investigadores da Delegacia de Pontes e Lacerda receberem informações de que ocorreria um roubo no bairro São José, em que os assaltantes tinham como alvo uma vítima que possui entre seus patrimônios, duas caminhonetes, jetski e uma motocicleta.

Com base na denúncia, os policiais realizaram o monitoramento do endereço, percebendo a movimentação estranha no local, havendo indícios de as vítimas estavam em cárcere privado no local e que os suspeitos estavam carregando os objetos subtraídos para os veículos.

Diante das evidências, os policiais civis decidiram realizar a abordagem, acionando a Polícia Militar para dar apoio a ação. Ao verbalizaram com os suspeitos, os criminosos que estavam colocando os objetos nos veículos, tentaram fugir, porém foram detidos.

As vítimas que estavam amarradas e com os olhos vendados foram libertadas. No interior da residência foram apreendidos dois revólveres calibre 38, municiados. Em conversa com as vítimas, foi informado que os suspeitos efetuaram um disparo dentro da casa. Com os criminosos foram apreendidos dois aparelhos celulares, entre eles um subtraído da vítima.

Os dois assaltantes foram conduzidos à Delegacia de Pontes e Lacerda, onde após serem interrogados, foram autuados em flagrante pelos crimes de roubo majorado pelo emprego de arma de fogo, concurso de pessoas e restrição de liberdade das vítimas.

Leia mais:  Polícia Civil, IPEM e Procon Estadual apreendem fios e cabos para eletricidade durante operação nacional

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
publicidade

POLICIAL

Polícia Civil cumpre prisão contra padrasto que abusava sexualmente de 4 enteadas menores de idade

Publicado


Assessoria | Polícia Civil-MT

Um padrasto que cometia abusos sexuais contra quatro enteadas menores de idade foi preso pela Polícia Civil, no sábado (04.12), no município de Colniza (1.065 km a noroeste de Cuiabá), em cumprimento de mandado de prisão.

O suspeito de 54 anos teve a prisão preventiva decretada pela Justiça, pelo crime de estupro de vulnerável, após rápida providências tomadas pela Polícia Civil, Ministério Público e Poder Judiciário.

Na sexta-feira (03) o Conselho Tutelar apresentou as meninas de 12, 10, 8 e 6 anos, respectivamente, junto com a mãe, na Delegacia de Polícia de Colniza para comunicar os fatos. 

Com a participação da psicóloga, do promotor de Justiça e do juiz da Comarca, as vítimas foram ouvidas em depoimento especial, e mesmo demonstrando estarem abaladas contaram com detalhes os abusos que vinham sofrendo  por parte do padrasto, há cerca de dois anos, quando ele passou a morar com a mãe das crianças.

Toda a audiência foi acompanhada por meio de videoconferência pela equipe da Polícia Civil. As quatro menores foram submetidas ao exame de corpo delito, sendo na menina mais velha (de 12 anos) constatado o ato de conjunção carnal.

Diante da gravidade dos fatos, o Ministério Público representou imediatamente pela prisão preventiva do acusado deferido pelo juízo competente. De posse do mandado os investigadores foram até a residência onde o suspeito estava e realizaram a detenção dele.

O investigado foi conduzido até a Delegacia de Colniza, interrogado e posteriormente encaminhado para Cadeia Pública da cidade, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Polícia Civil cumpre mandado de prisão contra homem por descumprimento de medidas protetivas
Continue lendo

POLICIAL

Policiais civis da Defron participam de curso de tiro em Cáceres

Publicado


Assessoria | Polícia Civil-MT

Policiais civis da Delegacia Especial de Fronteira (Defron), participaram do curso de aperfeiçoamento de tiro realizado na sexta-feira (03.12), no Clube de Tiro Pantaneiro no município de Cáceres (225 km a oeste de Cuiabá).

A capacitação direcionada para atividades práticas, contemplou exercícios de disparos com diversos tipos de armas de fogo, em diferentes distâncias, e com técnicas avançadas para aferição de equipamento.

 A instrução foi ministrada pelo Segundo Sargento do Exército Brasileiro, Arlébio de Oliveira Alcântara; pelo 3º SGT PM Eliseu Campos da Costa; pelo 3º SGT PM Maurizon Gomes dos Santos e pelo TEN CEL PM Dulcezio Barros Oliveira. 

Conforme a delegada da Defron, Juda Maali Pinheiro Marcondes, o curso foi extremamente salutar para o aprimoramento necessário dos servidores da delegacia, os quais atuam diuturnamente nesta faixa fronteiriça enfrentando inúmeras adversidades.

“Razão pela qual se torna importante e necessária a participação recorrente dos policiais civis em cursos dessa natureza”, destacou a delegada de polícia. 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Polícia Civil cumpre prisão contra padrasto que abusava sexualmente de 4 enteadas menores de idade
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana