conecte-se conosco


POLICIAL

Polícia Civil de MT realiza diversas ações em operação nacional de combate a violência contra idosos

Publicado


Camila Molina/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil de Mato Grosso, por meio da Delegacia Especializada de Delitos Contra a Pessoa Idosa (DEDCPI) de Cuiabá e Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, Criança e Idoso de Várzea Grande (DEDMCI-VG), deflagraram na manhã desta quinta-feira (18.11), a operação Vetus II, coordenada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) em combate aos crimes de violência contra o idoso.

A operação de âmbito nacional, ocorre nos 26 estados da federação e no Distrito Federal, sendo a data de 18 de novembro considerado o dia “D”, para o desenvolvimento de ações em todo país.

Em Mato Grosso, as ações iniciaram no dia 15 de outubro com a realização de diversos procedimentos ligados a defesa da pessoa idosa, como instauração e conclusão de inquéritos e medidas protetivas. Nesta quinta-feira (18), são realizadas checagens de denúncias anônimas e feita incursões em dois Institutos de Longa Permanência de Idosos (ILPI). O Conselho Municipal do Idoso acompanha as dilgiências. 

Em Cuiabá, são sete representações de medidas cautelares de afastamento do lar, e quatro medidas protetivas de urgência da Lei Maria da Penha (quando a vítima é idoso e o agressor é do sexo masculino) para vítimas idosas que sofrem maus-tratos.

A Delegacia da Pessoa idosa de Cuiabá também realizou a checagem de 105 denúncias anônimas feitas pela 197 e Disque 100, atendeu 195 vítimas, nove idosos resgatados, 159 diligências policiais, três autos de prisão em flagrante lavrados, três pessoas presas, um Boletim Circunstanciado de Ocorrência (BOC) lavrado, 29 inquéritos concluídos, 94 inquéritos instaurados, 11 Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCO) lavrados.

Em Várzea Grande os trabalhos resultaram em um mandado de busca e apreensão cumprido, 28 denúncias apuradas do 197 e Disque 100, 72 vítimas atendidas, 48 diligências policiais realizadas, 15 inquéritos concluídos, 15 inquéritos instaurados e 13 TCOs lavrados.

Leia mais:  Foragido de Rondônia por homicídio e tráfico é localizado em Cuiabá e tenta escapar usando nome falso

Segundo o delegado da DEDCPI de Cuiabá, Vitor Chab Domingues, é uma operação de grande visibilidade, uma vez que atende o público hipervulnerável que é a pessoa idosa.

“A operação mostra que os idosos merecem toda atenção especial por parte das Polícias Judiciárias, o que nos dá a certeza que muito em breve as políticas públicas serão aplicadas a esse público, como hoje são aplicadas às mulheres, crianças, adolescente e público LGBTQIA+”, disse o delegado.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
publicidade

POLICIAL

Polícia Civil prende um dos envolvidos em roubo a motorista de caminhão em Sinop

Publicado


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT

Um suspeito envolvido em um roubo a um motorista de caminhão foi preso nesta sexta-feira (26.11), em Sinop, após investigação da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos do município. 

No início da madrugada de 04 de outubro deste ano, dois homens, armados com uma faca,  renderam o motorista de uma empresa de cargas, que estava estacionado em frente a empresa de transportes. Ele dormiu no veículo esperando amanhecer o dia para descarregar os produtos. 

Mesmo rendido, o motorista foi ameaçado de morte a todo momento. Os criminosos disseram à vítima que iriam descarregar a carga em uma região. Depois, foram até outro bairro de Sinop para pegar um segundo motorista e conduzir o caminhão.

Durante o trajeto, o criminoso que conduzia o caminhão perdeu o controle da direção ao realizar uma curva e caiu com o veículo dentro de uma vala de escoamento de água. Em virtude do acidente, a dupla criminosa fugiu e abandonou o caminhão e a vítima, que foi socorrida por terceiros.

Após 30 dias de investigações, a equipe da Derf identificou os dois suspeitos, que foram reconhecidos pela vítima.

O delegado Paulo César Brambila Costa responsável pelo caso, representou ao Poder Judiciário pela prisão preventiva dos suspeitos. Um deles, de 22 anos, foi localizado no bairro São Cristóvão, em Sinop, e encaminhado à delegacia para formalização do mandado de prisão decretado pela 1a Vara Criminal. 

As diligências seguem para localizar o segundo investigado pelo roubo.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Após denúncia de violência doméstica, homem é preso em flagrante pela Polícia Civil com arma de fogo
Continue lendo

POLICIAL

Empresário que comprou fios de cobre furtados por adolescentes e crianças é preso em flagrante por receptação

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

Um empresário de 56 anos, que atua no ramo de compra e venda de sucatas, foi preso nesta sexta-feira (26) pela equipe da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Várzea Grande pelo crime receptação.

Conforme a investigação da Derf, o empresário, que tem um estabelecimento no bairro Mapim, comprou 600 metros de fios de cobre, que foram furtados de uma residência situada na mesma localidade.

Na quinta-feira (25.11), quatro adolescentes e duas crianças de nove anos, escalaram até o telhado da residência da vítima, invadiram a casa e furtaram praticamente toda a fiação elétrica. Depois, foram a uma empresa de compra e venda de sucatas, situada no mesmo bairro, a duas ruas da casa da vítima, e venderam a fiação ao proprietário do comércio.

A vítima não havia registrado o boletim de ocorrência. Nesta sexta-feira, os adolescentes retornaram à residência e furtaram o restante da fiação e venderam para a mesma empresa.

Pela terceira vez, o grupo de adolescentes foi à casa para verificar se ainda havia mais algum produto que pudessem furtar, quando a vítima foi alertada por vizinhos e surpreendeu os adolescentes e as crianças no local, que tentaram fugir, mas foram impedidas.

A vítima acionou a equipe policial, que foi ao local e indagou aos adolescentes sobre a empresa para a qual venderam os produtos furtados. O grupo de menores de idade informou o estabelecimento e em diligências no local, os investigadores apreenderam parte do produto furtado e receptado pelo empresário.

Conforma informações da vítima, além do prejuízo com o material furtado (fiação, tomadas e lâmpadas), avaliados em três mil reais, ainda terá que arcar com o custo da mão-de-obra, orçado em cerca de R$ 1.200,00.

A delegada titular da Derf, Elaine Fernandes, observa que os índices de furtos de fios de cobre refletem a postura criminosa de alguns empresários que adquirem os produtos para a revenda, mesmo cientes de que são de origem ilícita.

Leia mais:  Polícia Civil prende um dos envolvidos em roubo a motorista de caminhão em Sinop

“Pensam somente no lucro, não se preocupando com o impacto de sua conduta criminosa na sociedade. E esse caso é ainda mais grave, pois, o empresário adquiriu os fios de cobre das mãos de crianças e adolescentes, tendo pago um valor irrisório, de R$ 122,00, mesmo sabendo que o produto possui alto valor de mercado. E pela idade do conduzido, certamente já possui experiência suficiente para saber que crianças e adolescentes não teriam o consentimento de seus pais para terem acesso a todo esse material e, mais que isso, para efetuar a venda desse produto, ou seja, o empresário sabia que estava adquirindo produto de origem ilícita”.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana