conecte-se conosco


POLICIAL

Polícia Civil apreende adolescente identificado como autor de homicídio em Comodoro

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

Um adolescente identificado como autor do homicídio ocorrido na segunda-feira (15.11) no município de Comodoro (644 km a oeste de Cuiabá) foi apreendido pela Polícia Civil na terça-feira (16.11), menos de 24 horas após os fatos. O menor de 17 anos foi localizado na casa de um parente e confessou a autoria do homicídio.

O homicídio ocorreu no feriado de segunda-feira (15), por volta das 18h30, quando a vítima de 56 anos foi assassinada em um bar no centro da cidade. Assim que foi acionada dos fatos, a equipe da Polícia Civil iniciou as diligências, porém a princípio não havia muitas informações, uma vez que o corpo foi encontrado por volta das 20 horas.

Durante as diligências e conversas com testemunhas, os policiais conseguiram identificar o suspeito que foi localizado e apreendido. O menor de 17 anos estava escondido no sítio de um parente na Gleba Águas Claras, região rural de Comodoro.

Questionado, o menor negou a autoria, porém ao serem mostradas a ele  provas materiais do seu envolvimento no homicídio da vítima, inclusive filmagens de câmeras segurança existentes próximas ao local, confessou os fatos.

O adolescente alegou que estava tomando conta do bar, quando a vítima, que era andarilho, chegou ao estabelecimento e começou a incomodá-lo, xingando e falando palavras de baixo calão. Ele disse que se descontrolou e agrediu a vítima com socos e um golpe “mata-leão”.

Após os fatos, o adolescente deixou a vítima na calçada, fechou o bar e foi embora. As investigações estão em andamento para apurar as reais circunstancias do homicídio, uma vez que dentro do bar, foi localizada uma pedra de tamanho grande, partida ao meio e com vestígios de sangue, que pode ter sido utilizado na prática do crime.

Leia mais:  Policiais civis da Defron participam de curso de tiro em Cáceres

A Polícia Civil trabalha nessa hipótese, porém ainda aguarda o laudo conclusivo da Perícia Técnica. O menor foi conduzido à Delegacia de Comodoro e responderá pelo ato infracional de homicídio qualificado e está a disposição da Justiça.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
publicidade

POLICIAL

Polícia Civil cumpre prisão contra padrasto que abusava sexualmente de 4 enteadas menores de idade

Publicado


Assessoria | Polícia Civil-MT

Um padrasto que cometia abusos sexuais contra quatro enteadas menores de idade foi preso pela Polícia Civil, no sábado (04.12), no município de Colniza (1.065 km a noroeste de Cuiabá), em cumprimento de mandado de prisão.

O suspeito de 54 anos teve a prisão preventiva decretada pela Justiça, pelo crime de estupro de vulnerável, após rápida providências tomadas pela Polícia Civil, Ministério Público e Poder Judiciário.

Na sexta-feira (03) o Conselho Tutelar apresentou as meninas de 12, 10, 8 e 6 anos, respectivamente, junto com a mãe, na Delegacia de Polícia de Colniza para comunicar os fatos. 

Com a participação da psicóloga, do promotor de Justiça e do juiz da Comarca, as vítimas foram ouvidas em depoimento especial, e mesmo demonstrando estarem abaladas contaram com detalhes os abusos que vinham sofrendo  por parte do padrasto, há cerca de dois anos, quando ele passou a morar com a mãe das crianças.

Toda a audiência foi acompanhada por meio de videoconferência pela equipe da Polícia Civil. As quatro menores foram submetidas ao exame de corpo delito, sendo na menina mais velha (de 12 anos) constatado o ato de conjunção carnal.

Diante da gravidade dos fatos, o Ministério Público representou imediatamente pela prisão preventiva do acusado deferido pelo juízo competente. De posse do mandado os investigadores foram até a residência onde o suspeito estava e realizaram a detenção dele.

O investigado foi conduzido até a Delegacia de Colniza, interrogado e posteriormente encaminhado para Cadeia Pública da cidade, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Policiais civis da Defron participam de curso de tiro em Cáceres
Continue lendo

POLICIAL

Policiais civis da Defron participam de curso de tiro em Cáceres

Publicado


Assessoria | Polícia Civil-MT

Policiais civis da Delegacia Especial de Fronteira (Defron), participaram do curso de aperfeiçoamento de tiro realizado na sexta-feira (03.12), no Clube de Tiro Pantaneiro no município de Cáceres (225 km a oeste de Cuiabá).

A capacitação direcionada para atividades práticas, contemplou exercícios de disparos com diversos tipos de armas de fogo, em diferentes distâncias, e com técnicas avançadas para aferição de equipamento.

 A instrução foi ministrada pelo Segundo Sargento do Exército Brasileiro, Arlébio de Oliveira Alcântara; pelo 3º SGT PM Eliseu Campos da Costa; pelo 3º SGT PM Maurizon Gomes dos Santos e pelo TEN CEL PM Dulcezio Barros Oliveira. 

Conforme a delegada da Defron, Juda Maali Pinheiro Marcondes, o curso foi extremamente salutar para o aprimoramento necessário dos servidores da delegacia, os quais atuam diuturnamente nesta faixa fronteiriça enfrentando inúmeras adversidades.

“Razão pela qual se torna importante e necessária a participação recorrente dos policiais civis em cursos dessa natureza”, destacou a delegada de polícia. 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Padrasto investigado por estupro de vulnerável tem prisão cumprida pela Polícia Civil
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana