conecte-se conosco


POLÍTICA NACIONAL

Pesquisa mostra que Lula lidera as eleições de 2022 e Moro aparece em 3º

Publicado


source
 O ex-presidente Lula (PT) e o ex-ministro da Justiça Sérgio Moro (Podemos)
Reprodução

O ex-presidente Lula (PT) e o ex-ministro da Justiça Sérgio Moro (Podemos)

Segundo o Paraná Pesquisas, levantamento que foi divulgado nesta segunda-feira (22), o candidato  Lula (PT) lidera todos os cenários para as eleições presidenciais de 2022. A pesquisa também releva que  Sérgio Moro (Podemos) ultrapassou o candidato  Ciro Gomes (PDT) e aparece em terceiro lugar em todas as projeções de 1º turno.

No 1º cenário, Lula tem 34,9% das intenções de voto, seguido por Jair Bolsonaro, com 29,2%. Completam a relação Moro, com 10,8%; Ciro, com 6,1%; João Doria (PSDB), com 3,1%; Luiz Henrique Mandetta (DEM), com 1,2%; Simone Tebet (MDB), com 0,6%; Alessandro Vieira (Cidadania), com 0,4%; e Rodrigo Pacheco (PSD), com 0,4%.

No 2º cenário, Lula marca 35,1%, ante 29,8% de Bolsonaro. Moro tem 11% e é seguido por Ciro, com 6,1%; Eduardo Leite (PSDB), com 1,6%; Mandetta, com 1,4%; Tebet, com 0,5%; Vieira, com 0,4%; e Pacheco, com 0,3%.

No 3º cenário, Lula lidera com 35,5%, contra 29,6% de Bolsonaro. Neste caso, Moro tem 11,2%, à frente de Ciro, com 6,6%; e de Doria, com 3,4%.

Leia Também

No 4º cenário, Lula alcança 35,8% e Bolsonaro, 30,1%. Atrás deles vêm Moro, com 11,7%; Ciro, com 6,6%; e Leite, com 1,7%.

Ainda, na projeção mais provável de 2º turno, Lula chega a 42,5%, contra 35,6% de Bolsonaro. Se fosse contra Moro, o petista teria 40,7% e o ex-juiz 29,8%.

Leia mais:  Vereador de Fortaleza é preso acusado de atropelar mulher após discussão

O Paraná Pesquisas afirmou que foram feitas entrevistas presenciais em 164 municípios de 26 estados e do Distrito Federal entre 16 e 19 de novembro. A margem de erro é de 2% para os resultados gerais, segundo o instituto.

Comentários Facebook
publicidade

POLÍTICA NACIONAL

Grupo de evangélicos pede que senadores rejeitem André Mendonça no STF

Publicado


source
Sabatina de Mendonça no Senado será nesta quarta
Isaac Amorim/ MJSP

Sabatina de Mendonça no Senado será nesta quarta


O ex-advogado-geral da União (AGU), André Mendonça, foi indicado para o Supremo Tribunal Federal (STF) como o nome “terrivelmente evangélico” prometido pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) . Mas nem por isso ele é um consenso entre os seguidores da religião. Uma frente de evangélicos com perfil progressista quer que os senadores rejeitem a indicação.

A sabatina será realizada nesta quarta-feira (1º) , na Comissão de Constituição e Justiça do Senado. A senadora Eliziane Gama (Cidadania-MA) foi escolhida para a relatoria.


Com isso, segundo informações da Folha de S. Paulo, nesta terça (30), o grupo vai divulgar uma carta pedindo a não-aprovação de Mendonça. Eles argumentam que a indicação ocorreu “em circunstância absolutamente estranha aos requisitos da carta constitucional, vinculada a uma particularidade do presidente da República”. Desse modo, o grupo também se contrapõe à ala de pastores bolsonaristas que têm impulsionado o nome do ex-AGU .

Comentários Facebook
Leia mais:  Bolsonaro libera uso das Forças Armadas em eleições suplementares em Coari (AM)
Continue lendo

POLÍTICA NACIONAL

Bolsonaro no PL: Transmissão da filiação deixa ruas vazias em Brasília

Publicado


source
Bolsonaro no PL: Transmissão da filiação deixa ruas vazias em Brasília
Reprodução/Eduardo Barreto

Bolsonaro no PL: Transmissão da filiação deixa ruas vazias em Brasília

presidente Jair Bolsonaro (PL) realizou na manhã desta terça-feira (30) a sua filiação ao Partido Liberal, de Valdemar Costa Neto – condenado por corrupção e lavagem de dinheiro. A transmissão ao vivo do evento, realizada na parte externa do Complexo Brasil 21, em Brasília, contou com uma pequena quantidade de apoiadores. As informações são do jornalista Guilherme Amado.

Durante a filiação de Jair, seu filho e senador Flávio Bolsonaro (PL) – que também se filiou à sigla – disse que seria possível realizar o evento “no Maracanã”. Valdemar, presidente da sigla, ressaltou que Jair iria sentir “o povo que está lá fora”. Flávia Arruda, ministra-chefe da Secretaria de Governo, também pontou que “o povo” aguardava pelo capitão o Exército. A realidade, porém, foi diferente.


A sigla disponibilizou um trio elétrico com telões que realizavam a transmissão em tempo real do que ocorria no prédio do evento. O ato, porém, foi acompanhado por cerca de 30 militantes.

Comentários Facebook
Leia mais:  ‘Quero construir uma chapa para ganhar as eleições’, diz Lula sobre Alckmin
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana