conecte-se conosco


POLÍTICA MT

O Programa Mais MT Cirurgias é tema de audiência pública realizada pela Comissão de Saúde

Publicado


Foto: JLSIQUEIRA / ALMT

Em audiência pública realizada na manhã desta terça (16), a Comissão de Saúde, Previdência e Assistência Social da Assembleia Legislativa recebeu o secretário de saúde do estado, Gilberto Figueiredo, para discutir o “Programa Mais MT Cirurgias”. Ele falou sobre análise das propostas enviadas pelos municípios e os encaminhamentos que já estão sendo feitos para dar celeridade na liberação dos recursos e na realização dos procedimentos.

“Essa é uma questão muito séria, para a qual estamos trabalhando com força tarefa no intuito de concluir o cadastramento o mais breve possível e retomar o quanto antes as cirurgias eletivas no estado”, afirmou.

Figueiredo explicou que o prazo para os gestores municipais apresentarem propostas encerrou no último dia 10. A Secretaria Estadual de Saúde (SES) recebeu 110 propostas, sendo que cinco foram negadas por não atenderem aos critérios definidos pelo programa, três foram aprovadas pela Comissão Intergestores Bipartite de Mato Grosso (CIB) e outras 66 aguardam análise para validação ou encaminhamento para ajustes.

Entre os requisitos exigidos para acessar o incentivo está o credenciamento do hospital junto ao Sistema Único de Saúde (SUS), a especificação do quantitativo de procedimentos eletivos a serem atendidos e o serviço a ser executado deve ser complementar às pactuações já existentes na unidade. Ao validar o cadastro, o estado faz um aporte inicial de 30% do valor total e o valor restante será realizado pós-produção.

Segundo ele, com o início dos trabalhos do Mais MT Cirurgias, a intenção é que até o final do próximo ano sejam realizadas pouco mais de 22 mil cirurgias, 69 mil exames de alta complexidade e 90 mil procedimentos ambulatoriais, com investimento estimado em R $105 milhões. Gilberto destacou ainda que com a união dos esforços entre o estado, municípios e consórcios intermunicipais de saúde, vai ser possível alcançar a meta do programa, que é zerar a fila de espera por cirurgias eletivas.

Leia mais:  João Batista é eleito para nova diretoria da Unale

“Com a diminuição dos casos de covid, já não há mais filas por vagas nas Unidades de Tratamento Intensivo (UTIs) e, por isso, as cirurgias devem ser retomadas imediatamente, já que muitos pacientes necessitam urgentemente desse procedimento”, explicou o presidente da comissão, deputado Dr. João (MDB). “Esses procedimentos foram suspensos há mais de ano, pois os leitos e todos os aparatos médicos precisavam ser direcionados ao tratamento de pacientes acometidos pelo coronavírus. Mas agora a prioridade é atender essa fila que aumenta cotidianamente e não pode mais esperar”, defendeu.

O defensor público Fábio Barbosa questionou sobre os critérios de prioridades que serão utilizados para atendimento da fila. “A preocupação é que seja feita uma análise cuidadosa dos casos e as decisões atendem às urgências”, afirmou.

Os gestores municipais de saúde, junto com as centrais de regulação, serão os responsáveis em analisar os casos e decidir sobre as prioridades, conforme explicou o secretário. “Nossa meta é atender todos que estão na fila, e estamos empenhados em fazer isso o mais rápido possível”, afirmou.

O Programa – Lançado em julho deste ano, o programa Mais MT Cirurgias, tem o objetivo de reduzir drasticamente a fila por procedimentos eletivos no estado. As cirurgias estavam suspensas no estado desde março de 2020, devido à pandemia, e foram retomadas após publicação no Diário Oficial do Decreto n° 989/2021. A autorização do retorno dos procedimentos eletivos considerou a redução na taxa de ocupação dos leitos de internação de pacientes em tratamento do coronavírus.

O aporte financeiro poderá ser acessado por qualquer estabelecimento de saúde, seja público ou privado, que se adeque às regras estabelecidas pela SES. As cirurgias previstas contemplam as especialidades de Geniturinário, Aparelho Digestivo, Ortopedia, Cardiovascular, Neurocirurgia e Oftalmologia. Dentre os exames de alta complexidade, estão: Ressonância Magnética, Ultrassonografia com Dopper, Tomografia Computadorizada, Cintilografia, Eletroneuromiografia, Arteriografia, Cateterismo e Colangiopancreatofiaendoscópica.

Leia mais:  Bairro Três Barras recebe neste sábado Gabinete Itinerante do deputado Thiago Silva
Fonte: ALMT

Comentários Facebook
publicidade

POLÍTICA MT

Deputado Thiago Silva defende correção da tabela salarial dos servidores do Detran

Publicado


Deputado Thiago reúne com servidores do Detran

Foto: HENRIQUE COSTA PIMENTA BRAGA

O deputado estadual Thiago (MDB) Silva reforçou sua cobrança, durante a sessão legislativa de quarta-feira (24), para que o governo do estado possa fazer a correção da tabela salarial para os servidores do Detran-MT.

“Hoje os servidores da autarquia estão com o salário defasado em comparação a carreiras semelhantes no quadro do governo de Mato Grosso”, de acordo com o deputado, e por isso vem cobrando insistentemente que o governo priorize o reajuste salarial para a categoria que presta serviço direto com a população.

“Recebemos, em nosso gabinete na Assembleia e em Rondonópolis, os servidores do Detran solicitando a intermediação junto ao governo para que possa ter o entendimento de corrigir o salário dos servidores, que  encontra-se defasado. Precisamos priorizar a valorização dos servidor e é o nosso dever ser porta-voz desses profissionais que tão bem servem nosso Estado”, disse o deputado Thiago.

“Continuaremos em busca da construção do entendimento para a correção dessa defasagem salarial que sofremos nos nossos salários e fortalecendo essa luta”, disseram os servidores do Detran.

Thiago Silva recebeu os representantes do Sindicato dos Servidores do Detran também na quarta-feira, em Rondonópolis, que apresentaram a defasagem na tabela salarial. O deputado informou que irá se reunir, na próxima semana, em Cuiabá, com representantes do governo para que uma solução possa ser definida.

Fonte: ALMT

Comentários Facebook
Leia mais:  Deputado Thiago Silva defende correção da tabela salarial dos servidores do Detran
Continue lendo

POLÍTICA MT

Procurador da ALMT participa das atividades da Unale como palestrante

Publicado


Foto: Marcos Lopes

Entidades com atuação nacional no âmbito do Poder Legislativo realizaram atividades simultâneas durante a 24ª Conferência da Unale (União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais). Uma dessas instituições é a Associação Nacional dos Procuradores e Advogados do Poder Legislativo (ANPAL), que promoveu seu 48º Encontro Nacional. A programação da quarta-feira (24) teve como palestrante Grhegory Maia, procurador da Assembleia Legislativa de Mato Grosso.

Na apresentação, intitulada “Resgate e reconfiguração: a odisseia do Parlamento”, o procurador abordou as mudanças e renovações sofridas pelo Poder Legislativo, onde a democracia se materializa e se consolida. “A ideia também era mostrar que o parlamento deve ser valorizado, pois é o local ideal e legítimo para determinadas discussões. Pude provocar os participantes e levá-los a refletir sobre o papel do Legislativo. Não devemos ultrapassar os limites constitucionais, mas não podemos estar submissos em relação aos demais poderes”, disse Grhegory.

Para Gabriel Caixeta, presidente da ANPAL, a palestra proferida pelo procurador de Mato Grosso foi importante por defender que um parlamento ativo e independente é condição de exercício do Estado Democrático de Direito. “De forma didática, Grhegory Maia colocou as casas legislativas como protagonistas, como responsáveis e atuantes na busca por soluções para os problemas da sociedade”, explicou o presidente, ressaltando que esses encontros colaboram para o fortalecimento do Legislativo e das carreiras que fazem parte dele. 

Foto: Marcos Lopes

As palestras da ANPAL durante o 48º Encontro trouxeram discussões sobre temas diversos, desde impeachment de governadores de Estado até normas ambientais estaduais que tenham como conteúdo a instalação e funcionamento de usinas nucleares no território dos estados. 

Encerramento – A 24ª Conferência Nacional da Unale foi concluída na manhã desta sexta-feira (26), com a premiação Assembleia Cidadã, que tem como objetivo incentivar ações voltadas à humanização do serviço público e dos parlamentos estaduais. Confira as instituições vencedoras: 

Leia mais:  Orquestra CirandaMundo apresenta trilha sonora de cinema neste sábado (27)

Categoria Gestão – Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte

Categoria Atendimento ao cidadão – Assembleia Legislativa do Amazonas

Categoria Projetos Especiais – Assembleia Legislativa de Pernambuco

Foto: Marcos Lopes

Fonte: ALMT

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana