conecte-se conosco


MATO GROSSO

Nomeação de novos auditores vai fortalecer o controle preventivo

Publicado


A nomeação de 14 novos auditores para a Controladoria Geral do Estado (CGE-MT) demonstra a preocupação da atual gestão em fortalecer o sistema de controle interno do Poder Executivo, formado pelas atividades de Ouvidoria, Auditoria, Controle e Corregedoria, principalmente sob a perspectiva preventiva. A avaliação é do secretário-controlador geral do Estado, Emerson Hideki Hayashida. 

Com a convocação, publicada no Diário Oficial desta terça-feira (16.11), o quadro de auditores do Estado será ampliado de 85 para 99. Os novos servidores nomeados foram classificados no concurso público realizado em 2015 para o cargo de auditor.

“O objetivo da ampliação da equipe é reforçar a atuação da CGE na prevenção a falhas, erros e desvios na gestão dos recursos públicos, fazendo com que os servidores e gestores tenham um maior assessoramento técnico no desenvolvimento das suas atividades”, destaca o chefe da CGE-MT.

O reforço no quadro de auditores também possibilitará à CGE focar mais nas análises dos programas de governo para contribuir com os gestores estaduais no alcance dos objetivos das políticas de investimentos.  Nesse contexto, estão no radar da CGE 86 ações do Programa “Mais Mato Grosso” e dos programas do Plano Plurianual (PPA 2020-2023).

“A ideia é direcionar a atuação em riscos, controle e governança dos programas de governo para agregar valor à administração estadual e contribuir para a melhoria dos serviços públicos. Numa nova abordagem do controle interno, queremos cada vez mais reunir indicadores sobre programas de governo, testar se de fato o Governo do Estado alcançou o que foi idealizado e definido como prioridade”, pontua o titular da CGE.

Ganhará também mais celeridade à conclusão de processos administrativos contra servidores estaduais por infrações funcionais e contra fornecedores por descumprimento de regras contratuais e prática de atos ilícitos previstos na Lei Anticorrupção na execução de contratos com o Governo do Estado.

Leia mais:  Governo dará desconto no IPVA para participantes do Programa Nota MT

Com a ampliação do quadro de auditores, a CGE pretende também fortalecer o incentivo à transparência das ações públicas, como forma de contar cada vez mais com a parceria da população na fiscalização das atividades governamentais, na perspectiva de que o controle interno e o controle social são complementares.

Preparação

Antes de começarem a atuar de fato, os novos auditores serão submetidos a um programa de formação de cerca de 450 horas, com a abordagem de assuntos técnico-operacionais inerentes ao adequado desempenho das atribuições do cargo.

Do concurso de 2015, já haviam sido convocados 25 auditores, no ano de 2017. Agora, com a nova nomeação, em  comemoração ao Dia do Auditor Interno, celebrado em 20 de novembro, foram chamados, no total, 39 auditores do último certame.

Dia do Auditor Interno

No Brasil, a Dia do Auditor Interno é comemorado anualmente em 20 de novembro. A data foi definida em alusão à fundação do Instituto dos Auditores Internos do Brasil (Audibra), em 1960, em São Paulo.

Algumas das atribuições do auditor interno são: avaliação da gestão orçamentária, financeira e patrimonial; análise contábil, auditoria contábil e de programas governamentais; assessoramento especializado em todos os níveis funcionais do Sistema de Controle Interno (Ouvidoria, Auditoria, Controle e Corregedoria); avaliação dos resultados alcançados pelos gestores públicos.  

No Poder Executivo do Estado de Mato Grosso, o cargo é de carreira típica do Estado, exige ingresso mediante concurso público (de provas e títulos) para profissionais com formação de nível superior e registro no respectivo conselho de classe nas áreas de: Ciências Contábeis, Engenharia Civil, Administração, Direito, Ciências da Computação e Economia.

Confira AQUI o Ato nº 5.495/2021, de nomeação dos novos auditores. 

Leia mais:  Programa de incentivo concede crédito de até 65% para produtores de algodão

Os convocados são:

  1. LYS MARISA GONÇALVES
  2. GREGORY DIEGO SACAL LEITE
  3. STEPHANIE ALENCASTRO DA COSTA RIBEIRO
  4. MÁRCIO DE ALMEIDA MONTEIRO DA COSTA
  5. KLEBSON LEONARDO DE SOUZA SILVA
  6. SANDRA BACANI
  7. NICK ANDREW PEREIRA UGALDE
  8. RONILDO BARBOSA DE SOUZA
  9. CAUE QUEIROZ LEMOS
  10. VALTER GETULIO PEDROTTI JUNIOR
  11. DIEGO SILVA COSTA
  12. DEUZI CRISTINI NUNES DA CUNHA
  13. GIOVANNA SFREDDO SALLA
  14. ARIEL AFONSO PINHO
Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
publicidade

MATO GROSSO

Seminário vai debater a valorização da produção literária e dos autores mato-grossenses

Publicado


Ocorre nesta quarta-feira (1º.12), às 19h, o seminário “Caminhos e desafios para a valorização dos autores mato-grossenses”. O evento será online, com transmissão pelo canal Instituto Saberes no YouTube. A proposta do seminário é debater políticas públicas que valorizem e fortaleçam a produção literária mato-grossense e seus autores. O evento é um dos projetos contemplados no edital Movimentar, da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT).

Durante o evento será apresentado um panorama das produções mato-grossenses e exemplos de municípios que implementaram políticas de fomento à produção, leitura, e aquisição de obras. Além disso, o Instituto Saberes apresentará uma minuta de projeto de lei para criação da Feira Literária Mato-grossense (FLIM) e a Política Estadual de Valorização dos Autores Mato-grossenses, que serão colocados sob consulta pública e posteriormente protocolados na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT).

O seminário pretende envolver gestores públicos, profissionais que atuam em bibliotecas, profissionais da educação e mediadores de leitura, na valorização dos autores e das obras mato-grossenses, bem como a inclusão dessas obras no currículo escolar.

O evento contará com a participação do secretário de estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT), Beto Dois a Um, e do secretário-adjunto de Cultura (Secel-MT), Jan Moura. Também participam os escritores Eduardo Mahon, Marta Cocco e Luciene Carvalho, a professora Dra. Vanilda Reis, e a presidente do Instituto Saberes, Vanilda Reis.

Serviço

Seminário “Caminhos e desafios para a valorização dos autores mato-grossenses”

Quando: 1º de dezembro de 2021 (quarta-feira), às 19h

Link para a transmissão: https://www.youtube.com/watch?v=f3-ZWuF55k0

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Primeira-dama e Vila Konceito promovem evento beneficente em prol do Hospital Estadual Santa Casa
Continue lendo

MATO GROSSO

Polícia Civil abre investigação para apurar crime de maus-tratos e lesão contra bebê de 10 meses

Publicado


A Polícia Civil em Paranatinga abriu investigação para apurar o crime de maus-tratos seguido de lesão corporal grave contra uma bebê de apenas 10 meses de idade, que deu entrada no Hospital Regional de Rondonópolis, no último sábado (27.11), com diversas fraturas pelo corpo.

A mãe da criança, de 25 anos, foi detida em flagrante após o hospital acionar o Conselho Tutelar, que comunicou a Polícia Militar. Os militares conduziram a mulher à 1ª Delegacia de Rondonopópolis, onde ela foi atuada em flagrante por lesão corporal qualificada.

A criança deu entrada na unidade hospitalar em Rondonópolis depois de ser encaminhada pelo Hospital de Paranatinga. As lesões apresentadas não condiziam com o que a mãe havia informado, de que a bebê havia caído de um triciclo. A menina estava com ferimentos em várias partes do corpo, inclusive com sinais antigos das lesões. A equipe do hospital então acionou o Conselho Tutelar, que posteriormente chamou a polícia.

Um tio da criança ficou responsável por ela no hospital de Rondonópolis, enquanto a mãe foi conduzida à delegacia.

Paranatinga

Nesta segunda-feira, em diligências para localizar o padrasto e suspeito também das agressões contra a criança, os policiais chegaram até a residência do casal, na Vila Concórdia, em Paranatinga. No local, os investigadores encontraram uma pessoa que tem diversas passagens por tráfico de drogas, além do dono da casa. Em buscas no imóvel, foram apreendidas porções de entorpecentes, como maconha, cocaína e pasta base de cocaína.

Os dois suspeitos foram conduzidos à Delegacia de Polícia e autuados em flagrante por tráfico. Em relação ao crime de maus tratos, o suspeito de 24 anos será investigado pelo delito contra a criança. 

Leia mais:  Empaer promove curso com cabaça para mulheres do campo em Alto Boa Vista

O delegado Hugo Abdon explica que a apuração sobre o crime de maus tratos seguido de lesão corporal segue pela Delegacia de Paranatinga e vai reunir os laudos médicos sobre o estado da criança, além da declaração dos Conselhos Tutelares de Paranatinga e de Rondonópolis, entre outras diligências necessárias.

O Poder Judiciário em Rondonópolis converteu a prisão em flagrante da mãe em prisão preventiva e ela segue detida na unidade prisional feminina do município.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana