conecte-se conosco


POLÍTICA NACIONAL

Moro diz estar pronto para ser presidente: “Construindo um projeto consistente”

Publicado


source
Moro no programa Conversa com Bial
Reprodução

Moro no programa Conversa com Bial

Em entrevista concedida ao programa Conversa com Bial, o  ex-juíz e ex-ministro da Justiça Sergio Moro (Podemos) falou sobre sua provável candidatura à presidência da República em 2022 e justificou ter ‘quebrado’ a promessa de não ingressar na política. Segundo ele, houve uma “mudança de contexto”.

“Eu estou preparado para assumir a liderança de um projeto de governo e certamente não estou sozinho. Me sinto pronto para liderar, nós estamos construindo um projeto consistente. Se o povo brasileiro tiver essa confiança, seguiremos adiante”, disse.

“Eu estava confortável no setor privado e acabei aceitando um convite para morar no exterior, mas eu via com tristeza isso [a política]. Acabei me sentindo compelido a vir pra cá. Eu não faltei com a verdade naquele momento, mas o contexto mudou tão completamente. Eu acreditava que o sistema político ele ia consertar e não vi isso acontecendo. E me surgiu a opção de voltar agora para o Brasil e buscar essa reforma através do sistema político”, alegou, justificando seu ingresso na política.

O ex-ministro da Justiça e Segurança Pública do governo Bolsonaro disse que deveria ter deixado o cargo antes. Ele pediu demissão em agosto de 2020, após Bolsonaro trocar o diretor-geral da Polícia Federal sem consultá-lo .

Leia Também

“Eu tinha expectativa do presidente ser mais estadista. Fiz o máximo que eu pude, até o momento que me foi retirada a possibilidade de continuar o governo e foi aberto aquele inquérito. O que foi gravado naquela reunião ministerial, aquilo é bastante revelador, todo mundo que assiste aquilo viu o que estava acontecendo”, completou.

Leia mais:  Deputados aprovam relatório que criminaliza disseminação em massa de fake news

Comentários Facebook
publicidade

POLÍTICA NACIONAL

Mendonça não vai defender casamento gay no STF, ressalta aliado do ministro

Publicado


source
André Mendonça em coletiva de imprensa após aprovação no Senado
Jefferson Rudy/ Agência Senado

André Mendonça em coletiva de imprensa após aprovação no Senado


O deputado Sóstenes Cavalcante (DEM-RJ), apoiador do futuro ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), André Mendonça, disse que a pergunta sobre o casamento entre pessoas do mesmo sexo foi a que o ex-advogado-geral da União mais se preparou para responder. Mendonça foi questionado sobre o assunto pelo senador Fabiano Contarato (Rede-ES) durante sua sabatina na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado nesta quarta-feira (1º).

“Eu defenderei o direito constitucional do casamento civil de pessoas do mesmo sexo”, respondeu Mendonça. Mas Cavalcante pondera que a interpretação na imprensa foi equivocada .

“O que ele falou é que ele defende garantias e direitos constitucionais. Na Constituição não consta garantia nenhuma de direitos civis de pessoas do mesmo sexo. O que a Constituição garante é de homem e mulher”, ressaltou o deputado. Na avaliação dele, a resposta de Mendonça foi tecnicamente perfeita por agradar senadores progressistas e evangélicos conservadores.

Leia Também

“Existe uma decisão do STF [sobre casamento de pessoas do mesmo sexo]. Na Constituição só existe um apelo, casamento homem e mulher. Não existe casamento do mesmo sexo no texto constitucional”, acrescentou.


O novo ministro foi aprovado na CCJ por 18 votos a 9. Em seguida, o plenário do  Senado votou e aprovou a indicação do presidente Jair Bolsonaro (PL) por 47 a 32 votos.

Comentários Facebook
Leia mais:  Datena sela acordo para apoiar Doria em 2022 e critica chapa Lula e Alckmin
Continue lendo

POLÍTICA NACIONAL

Fux sobre aprovação de Mendonça ao STF: “Pretendo dar posse ainda neste ano”

Publicado


source
Luiz Fux, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF)
Fellipe Sampaio /SCO/STF

Luiz Fux, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF)

Na noite desta quarta-feira (1º), o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, disse que pretende dar posse ao mais novo ministro da Corte, André Mendonça , ainda neste ano. O nome do ex-advogado da União foi aprovado em sessão do plenário no Senado, com 47 votos a favor e 32 contra .

Em nota, Fux celebrou a aprovação de Mendonça ao Supremo. “Manifesto satisfação ímpar pela aprovação de André Mendonça porque sei dos seus méritos para ocupar uma cadeira no Supremo Tribunal Federal”, escreveu o ministro.

“Além disso, em função da atuação na Advocacia Geral da União, domina os temas e procedimentos da Suprema Corte, que volta a ficar mais forte com sua composição completa. Pretendo dar posse ao novo ministro ainda neste ano”, acrescentou.

Mendonça é o primeiro advogado da União de carreira a ingressar no STF e o segundo a ser indicado pelo presidente Jair Bolsonaro (PL).

Leia Também

Mendonça foi indicado pelo chefe do Executivo para ocupar a vaga do ex-ministro Marco Aurélio Mello, após sua aposentadoria, em julho deste ano . A sabatina ocorreu após mais de quatro meses de espera. O atraso se deu devido ao presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado,  Davi Alcolumbre (DEM-AP), que se recusou a agendar uma data para pautar a sabatina anteriormente, já que não concordava com a indicação de Mendonça ao cargo.

Leia mais:  André Mendonça diz que democracia no Brasil veio sem 'derramamento de sangue'

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana