conecte-se conosco


POLICIAL

Investigação sobre homicídio de motorista de aplicativo é concluída e autor indiciado

Publicado


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil de Mato Grosso, por meio da Delegacia de Primavera do Leste, concluiu o inquérito sobre o homicídio do motorista de transporte por aplicativo, Erivaldo Eloi da Silva, 32 anos, e indiciou o autor do crime por homicídio qualificado. O crime ocorreu em outubro do ano passado.

O delegado Allan Vitor Sousa da Matta também representou à Justiça pela prisão preventiva do homem que matou Erivaldo,localizado e preso em setembro deste ano.

O investigado pelo crime, de 50 anos, foi preso na zona rural do município de Pontal do Araguaia depois que policiais da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Barra do Garças foram até o sítio onde ele morava para apurar uma ocorrência de violência doméstica e familiar. Os investigadores identificaram que contra ele havia o mandado de prisão temporária em aberto expedido pela Comarca de Primavera do Leste. 

Motivo torpe

O autor do crime também trabalhava como motorista de corridas por aplicativo e, no dia 21 de outubro do ano passado, desferiu quatro disparos de arma de fogo que atingiram o rosto e o tórax de Erivaldo. O crime ocorreu em uma via pública, no bairro Primavera 3.

De acordo com a investigação da Polícia Civil, o autor do homicídio já havia ameaçado a vítima em situação anterior por causa de ordem de preferência nas corridas de passageiros, pois a vítima queria que fosse seguida uma ordem e o denunciado não respeitava.

No dia do crime, a vítima saiu para atender uma corrida e ao chegar no bairro Primavera 3 e viu o investigado, que estava estacionado no local com seu carro, que pediu a Erivaldo que se aproximasse do veículo. Enquanto a vítima se aproximava a pé do veículo do investigado, ele, de dentro do carro, fez os disparos contra a vítima, matando Erivaldo. Depois de cometer o crime, o autor do homicídio fugiu da cidade.

Leia mais:  Polícia Civil prende um dos envolvidos em roubo a motorista de caminhão em Sinop

O delegado Allan Vitor destaca que o crime foi cometido por motivo torpe. “Uma vez que o autor não aceitava que a vítima lhe cobrasse que respeitasse a ordem das corridas de passageiros de aplicativo”, disse o delegado, na representação pela conversão da prisão temporária em preventiva.

O Ministério Público encaminhou nesta semana, denúncia à Justiça contra o autor do homicídio, que está detido na unidade prisional de Primavera do Leste.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
publicidade

POLICIAL

Três suspeitos de tráfico e porte ilegal de arma de fogo são presos em Pontes e Lacerda

Publicado


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT 

Três suspeitos de tráfico de drogas e posse e porte ilegal de arma de fogo, em Pontes e Lacerda foram presos na última semana pela Polícia Civil. Os suspeitos são investigados pela Delegacia do município na Operação Progressão, realizada em outubro deste ano, para desarticular a atuação suspeitos envolvidos com tráfico doméstico e crimes contra o patrimônio.

 

Em dois endereços alvos de mandados de busca e apreensão, os policiais civis apreenderam pacotes e porções de drogas, duas armas de fogo, 79 munições de calibres 900 e 38 e quase R$ 6 mil.

Dois suspeitos, de 27 e 32 anos tiveram as prisões em flagrante convertidas em preventiva. O outro, de 18 anos, recebeu liberdade provisória da Justiça. Um deles, de 32 anos, responde por tráfico e o outro, tem passagem por homicídio, ambos na Comarca de Nova Mutum.

Com o suspeito de 18 anos foram apreendidas deenas de porções de entorpecentes, uma arma e munições.

Ao chegar em um dos endereços, no bairro Morada da Serra, os policiais notaram os suspeitos fugindo, mas logo foram detidos em uma casa na vizinhança. Um deles portava uma arma de fogo, que tentou esconder dos investigadores. Os entorpecentes, dinheiro e munições foram localizados em diferentes cômodos da casa.

 

Foram apreendidos também objetos de procedência duvidosa, televisor, caixa de som, caixa térmica, receptor de sinal de TV, chinelos novos e uma motocicleta honda.

Um dos suspeitos apresentou um documento de identificação com a foto dele, mas nome de outra pessoa. Ele responderá também pelo crime de uso de documento falso. O investigado de 27 anos saiu recentemente da prisão, em outubro.

Leia mais:  Foragido por integrar organização criminosa é preso em Campo Novo do Parecis

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

POLICIAL

Foragido por integrar organização criminosa é preso em Campo Novo do Parecis

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

Um homem de 36 anos foi preso no fim de semana pela Polícia Civil, em Campo Novo do Parecis, por integrar organização criminosa.

O mandado de prisão é oriundo da Comarca de Primavera do Leste , onde ele responde ao processo judicial.

Conforme o delegado Honório Gonçalves Neto, a polícia estava monitorando o suspeito desde o início deste mês, quando ele ameaçou a ex-companheira.

A vítima procurou a delegacia informando que foi ameaçada pelo suspeito com uma faca, quando ela pediu informações para onde ele iria levar o filho.

Após o cumprimento da prisão, o foragido foi encaminhado para uma unidade prisional da região.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Polícia Civil prende um dos envolvidos em roubo a motorista de caminhão em Sinop
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana