conecte-se conosco


MATO GROSSO

Indea inicia vigilância da produção de alevinos em Mato Grosso

Publicado


O Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (Indea-MT), por meio do Programa Estadual de Sanidade dos Animais Aquáticos, iniciou nesta semana ações sistemáticas de vigilância veterinária e educação sanitária nas propriedades produtoras de alevinos do Estado.

A iniciativa visa criar um canal de comunicação entre médicos veterinários oficiais e piscicultores, garantindo fluxo de informação imprescindível para a produção de alevinos saudáveis em Mato Grosso.

As informações sobre os alevinos devem ser disponibilizadas, presencialmente, pelo piscicultor em uma unidade do Indea.

As equipes de vigilância veterinária irão verificar junto às alevinoculturas as medidas de biosseguridade implantadas nos estabelecimentos produtores. Bem como, orientar sobre a importância dessas ações para o crescimento da atividade no Estado. 

Dados

Atualmente Mato Grosso é o 2º maior produtor de peixes nativos (Tambaqui, Surubim, Pacu e Piau) do Brasil. E ocupa a 5ª posição como maior produtor de peixe de cultivo em nível nacional, tendo produzido em 2019, 49 mil toneladas de pescado.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Mato Grosso conquista 21 medalhas nas Paralimpíadas Escolares 2021
publicidade

MATO GROSSO

Terça-feira (30): Mato Grosso registra 552.833 casos e 14.001 óbitos por Covid-19

Publicado


A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta terça-feira (30.11), 552.833 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 14.001 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 220 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 552.833 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 1.186 estão em isolamento domiciliar e 537.149 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 46 internações em UTIs públicas e 30 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 25,56% para UTIs adulto e em 6% para enfermaria adulto. 

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (114.304), Várzea Grande (41.902), Rondonópolis (38.514), Sinop (26.801), Sorriso (18.593), Tangará da Serra (17.867), Lucas do Rio Verde (15.778), Primavera do Leste (14.860), Cáceres (12.014) e Alta Floresta (11.338).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

O documento ainda aponta que um total de 402.742 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, não restam amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na segunda-feira (29.11), o Governo Federal confirmou o total de 22.084.749 casos da Covid-19 no Brasil e 614.376 óbitos oriundos da doença. Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados desta terça-feira (30.11).

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

Leia mais:  Curta-metragem "Olhos da Alma" estreia no Cine Floresta nesta quarta-feira (1º)

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;
– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;
– Evitar contato próximo com pessoas doentes;
– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;
– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

MATO GROSSO

Mato Grosso conquista 21 medalhas nas Paralimpíadas Escolares 2021

Publicado


A delegação mato-grossense marcou sua participação nas Paralimpíadas Escolares 2021 com recorde de medalhas conquistadas. Representando o Estado na competição nacional, que ocorreu em São Paulo (SP) de 23 a 27 de novembro, 15 estudantes com deficiência garantiram 21 medalhas, sendo 12 de ouro, seis de prata e três de bronze. 

A modalidade com mais conquistas foi a de atletismo, com sete atletas alcançando 14 pódios. Do município de Paranatinga, Amanda Lima e Amanda Sales garantiram o primeiro lugar em duas provas cada uma:  100m “A” e lançamento de disco e 100m e arremesso de peso. 

Também de Paranatinga, João Antônio Angelim conquistou três medalhas de ouro, repetindo a proeza da última edição dos Jogos Escolares Paralímpicos, em 2019. O jovem atleta venceu as provas de lançamento de dardo, arremesso de peso e lançamento de disco.

Outro atleta de Paranatinga trouxe mais três medalhas no atletismo. Kauã Francisco foi ouro nas provas de lançamento de dardo “A” e lançamento de disco, e prata no arremesso de peso.

O estudante de Rondonópolis, Thallysson Enrick, assegurou mais duas medalhas de ouro nas provas de 75m e salto em distância. Nos 100 m, a estudante de Alta Floresta Estheffany Roque ficou com a medalha de prata.

Pedro Lucas, de Várzea Grande, completa os pódios do atletismo com o terceiro lugar no arremesso de peso “A”. O estudante várzea-grandense ainda garantiu o ouro na modalidade de tênis de mesa. 

Quem também assegurou medalhas no tênis de mesa foi o estudante de Alto Araguaia, Guilherme Oliveira, que foi prata em três categorias diferentes. A modalidade confirmou ainda o quinto pódio com o estudante Andrei de Souza.

Na natação, as medalhas vieram na prova de 50m nado crawl, com as estudantes de Cuiabá Kayenne karoline e Aline Nascimento, que conquistaram prata e bronze (respectivamente).

Leia mais:  Curta-metragem "Olhos da Alma" estreia no Cine Floresta nesta quarta-feira (1º)

Cada modalidades esportiva em disputa é dividida por naipe (masculino e feminino), por faixa etária (12 a 14 anos e 15 a 17 anos) de acordo com o tipo de deficiência. De Mato Grosso, participaram alunos-atletas com deficiência física, visual e intelectual. 

A mobilização, organização e viagem para São Paulo dos atletas, técnicos e dirigentes foram providenciadas pela Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT).   

“A participação dos estudantes mato-grossenses nas Paralimpíadas Escolares entra para a história do Estado. O que esses atletas nos ensinam é algo sem precedentes. Agradeço a Deus, ao time do Governo de Mato Grosso, ao governador Mauro Mendes, ao secretário Beto Dois a Um, e a todo time da Secel, que se dedicou muito para efetivar essa ação tão incrível”, comemora o secretário adjunto de Esporte e Lazer da Secel, Jefferson Carvalho Neves.

As Paralimpíadas Escolares 

Maior evento do mundo para pessoas com deficiência em idade escolar, de 12 a 17 anos, as Paralimpíadas Escolares é organizada pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB). 

A competição teve a sua primeira edição em 2009 e é considerada um grande celeiro de atletas, revelando medalhistas paralímpicos como os velocistas Petrúcio Ferreira, Alan Fonteles, Verônica Hipólito, Washigton Nascimento, o jogador de goalball Leomon Moreno, e os nadadores Talisson Glock, Cecília Araújo e Gabriel Araújo, entre outros.

Além disso, é um evento que proporciona a convivência entre adolescentes com diversos tipos de limitações, já que as modalidades contemplam três grandes grupos de deficiência: visual, física e intelectual.  

Após ser suspensa em 2020 por causa da pandemia, as Paralimpíadas Escolares retornaram em 2021, reunindo 902 atletas de todo o país, que competiram em  13 modalidades. 

Delegação mato-grossense acompanhada por equipe da Secel nas Paralimpíadas Escolares 2021

Leia mais:  SES recebe 10 novos carros para composição de frota
Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana