conecte-se conosco


POLÍTICA NACIONAL

Doria e Virgílio querem prévias no domingo; Leite defende conclusão em 48 horas

Publicado


source
Eduardo Leite e João Doria nas Prévias do PSDB
Twitter/ PSDB

Eduardo Leite e João Doria nas Prévias do PSDB


Enquanto o PSDB não define uma nova data para concluir a votação das prévias, os candidatos fazem suas reivindicações. O governador de São Paulo, João Doria, e o ex-prefeito de Manaus, Arthur Virgílio, pedem a conclusão do pleito no próximo domingo (28). Já o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, espera a continuidade do processo em 48 horas.

A votação teve início e tinha previsão de conclusão neste domingo (21), às 18h. Mas o aplicativo disponibilizado para registro dos votos apresentou instabilidade desde o início do dia, o que dificultou o processo.

No início da tarde, o diretório paulista chegou a dizer que cerca de 26 mil tucanos apenas no estado não conseguiram votar . Com isso, a Executiva Nacional decidiu pausar o processo , preservando os votos já registrados via urna e aplicativo, e estabelecer uma nova data para concluir o pleito.

Leia Também

Depois disso, os políticos que disputam para representar o PSDB na eleição presidencial se manifestaram. Doria e Virgílio disseram, em entrevista coletiva, que querem terminar a votação no dia 28. Além disso, os dois assinaram uma nota conjunta em que lembram ter defendido o uso de urnas eletrônicas no processo partidário .

“Foi alertado durante todo o processo sobre a fragilidade do aplicativo e os problemas de instabilidade e insegurança que o modelo proposto poderia trazer para as primárias”, disseram os pré-candidatos.


Já Leite se pronunciou pouco depois para defender um prazo ainda mais justo, de dois dias. De acordo com ele, é o tempo necessário “para arrumar tecnicamente o aplicativo”. O partido disse que o app não suportou a demanda de acessos.

Leia mais:  Vereador de Fortaleza é preso acusado de atropelar mulher após discussão

Comentários Facebook
publicidade

POLÍTICA NACIONAL

Grupo de evangélicos pede que senadores rejeitem André Mendonça no STF

Publicado


source
Sabatina de Mendonça no Senado será nesta quarta
Isaac Amorim/ MJSP

Sabatina de Mendonça no Senado será nesta quarta


O ex-advogado-geral da União (AGU), André Mendonça, foi indicado para o Supremo Tribunal Federal (STF) como o nome “terrivelmente evangélico” prometido pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) . Mas nem por isso ele é um consenso entre os seguidores da religião. Uma frente de evangélicos com perfil progressista quer que os senadores rejeitem a indicação.

A sabatina será realizada nesta quarta-feira (1º) , na Comissão de Constituição e Justiça do Senado. A senadora Eliziane Gama (Cidadania-MA) foi escolhida para a relatoria.


Com isso, segundo informações da Folha de S. Paulo, nesta terça (30), o grupo vai divulgar uma carta pedindo a não-aprovação de Mendonça. Eles argumentam que a indicação ocorreu “em circunstância absolutamente estranha aos requisitos da carta constitucional, vinculada a uma particularidade do presidente da República”. Desse modo, o grupo também se contrapõe à ala de pastores bolsonaristas que têm impulsionado o nome do ex-AGU .

Comentários Facebook
Leia mais:  Ciro Gomes sobre livro de Moro: "Confissão de crimes, oportunismo e cinismo"
Continue lendo

POLÍTICA NACIONAL

Bolsonaro no PL: Transmissão da filiação deixa ruas vazias em Brasília

Publicado


source
Bolsonaro no PL: Transmissão da filiação deixa ruas vazias em Brasília
Reprodução/Eduardo Barreto

Bolsonaro no PL: Transmissão da filiação deixa ruas vazias em Brasília

presidente Jair Bolsonaro (PL) realizou na manhã desta terça-feira (30) a sua filiação ao Partido Liberal, de Valdemar Costa Neto – condenado por corrupção e lavagem de dinheiro. A transmissão ao vivo do evento, realizada na parte externa do Complexo Brasil 21, em Brasília, contou com uma pequena quantidade de apoiadores. As informações são do jornalista Guilherme Amado.

Durante a filiação de Jair, seu filho e senador Flávio Bolsonaro (PL) – que também se filiou à sigla – disse que seria possível realizar o evento “no Maracanã”. Valdemar, presidente da sigla, ressaltou que Jair iria sentir “o povo que está lá fora”. Flávia Arruda, ministra-chefe da Secretaria de Governo, também pontou que “o povo” aguardava pelo capitão o Exército. A realidade, porém, foi diferente.


A sigla disponibilizou um trio elétrico com telões que realizavam a transmissão em tempo real do que ocorria no prédio do evento. O ato, porém, foi acompanhado por cerca de 30 militantes.

Comentários Facebook
Leia mais:  Bolsonaro libera uso das Forças Armadas em eleições suplementares em Coari (AM)
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana