conecte-se conosco


POLICIAL

Dois suspeitos de adquirirem pacotes de jogos em golpes são presos pela Polícia Civil na Arena Pantanal

Publicado


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT 

Dois homens foram detidos em flagrante pela Polícia Civil, na noite desta terça-feira (17.11), na Arena Pantanal, em Cuiabá, pelo crime de receptação dolosa. A prisão foi feita em um dos camarotes do espaço esportivo, durante uma partida pela Série A, do Campeonato Brasileiro de Futebol.

A investigação da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos da Capital (Derf) apontou que os suspeitos, um de 46 e outro de 38 anos, pagaram menos da metade do valor por um pacote na categoria diamante para assistir a jogos do Cuiabá Esporte Clube pela Série A e adquiriram o serviço de golpistas.

A diligência dentro da Arena Pantanal contou com apoio da Delegacia do Torcedor, inaugurada nesta terça-feira pela Polícia Civil e que atuará em eventos esportivos com público acima de 10 mil pessoas e no entorno do espaço.

A investigação da Derf de Cuiabá iniciou a partir da comunicação registrada na semana passada, quando o Cuiabá Esporte Clube informou que foi vítima de estelionato virtual.

De acordo com a apuração realizada pela delegacia, os criminosos fizeram uma associação ao plano Sócio Dourado,  na categoria Diamante, do clube de futebol, utilizando cartões de crédito clonados. As operadoras dos cartões cancelaram as vendas, pois detectaram que as compras não foram realizadas pelos titulares dos cartões. O pacote Diamante ofertado pelo clube esportivo dá direito a vários benefícios ao sócio-torcedor, como descontos, camiseta oficial, entradas livres na Arena nos dias de jogos, ações exclusivas e camarote open bar. 

O delegado Guilherme de Carvalho Bertoli explica que os suspeitos auferiram  benefícios com a prática criminosa, uma vez que foram comprados pacotes de jogos com acesso a camarotes para assistir a partidas do Cuiabá pelo Campeonato Brasileiro, contudo, com o cancelamento do pagamento pelas operadoras, o clube cuiabano amargou prejuízo.

Leia mais:  Ato em combate à violência contra a mulher lembra vítimas de feminicídios em MT

O clube então registrou boletim de ocorrência e a delegacia iniciou a investigação para identificar os golpistas e quem se beneficiou da prática criminosa.

Nesta terça-feira, a equipe de investigação da Derf Cuiabá apurou que os beneficiários das fraudes possivelmente compareceriam ao jogo entre o Cuiabá e o Internacional. Durante a partida, os policiais civis conseguiram identificar e prender os suspeitos em um dos camarotes da Arena Pantanal.

Conduzidos à delegacia especializada, os dois confessaram a prática do crime de receptação dolosa, uma vez que adquiriram os pacotes com a ciência de que eram provenientes de atividade criminosa.

Os suspeitos foram autuados em flagrante pelo crime e foi arbitrada fiança, que deve ser recolhida pelos dois.

O delegado Guilherme Bertoli observa que as investigações continuam para identificar os golpistas e outros possíveis receptadores que se beneficiaram dos crimes praticados.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
publicidade

POLICIAL

Delegados-gerais das Polícias Civis do País se reúnem em encontro nacional no RS

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT 

Gestores das Polícias Civis dos 26 estados e do Distrito Federal estão reunidos desde esta quarta-feira (01.12), em Gramado (RS), na 55ª Reunião Ordinária do Conselho Nacional de Chefes de Polícia (CONCPC). O encontro segue até sexta-feira e trata de temas de interesse das instituições. A reunião foi aberta pela presidente do CONCPC, delegada Nadine Anflor, do Rio Grande do Sul.

O vice-presidente do CONCPC e delegado-geral da Polícia Civil de Mato Grosso, Mário Dermeval, apresentou um balanço da Operação Nacional Voleur, realizada no último dia 17 de novembro para repressão qualificada a crimes contra o patrimônio e coordenada pelo conselho. Em um esforço integrado que reuniu um efetivo de 9.700 profissionais das Polícias Civis dos 26 estados e do Distrito Federal, a operação resultou no cumprimento de 2.112 prisões e 978 mandados de buscas e apreensões em todos os estados, além da recuperação de 1.500 celulares objetos de furtos e roubos.

 

A reunião do CONCPC conta com a presença dos secretários do Ministério da Justiça e Segurança Pública: Alfredo Coelho Carrijo, de Operações Integradas; Carlos Renato Machado Paim, de Segurança Pública e Luiz Roberto Beggiona, de Políticas sobre Drogas.

 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Delegados-gerais das Polícias Civis do País se reúnem em encontro nacional no RS
Continue lendo

POLICIAL

Encontro debate atuação de Delegacias de Homicídios e metodologia única no esclarecimentos de crimes

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil de Mato Grosso participou nesta semana 2º Encontro Nacional de de Diretores de Departamentos de Homicídios, realizado em Canela (RS), que reuniu representantes dos 26 estados e do Distrito Federal. 

Imagens: DCS/PC-RS

O delegado Fausto Freitas da Silva, titular da DHPP de Cuiabá, representou a insituição no evento, realizada nesta terça e quarta-feiras, que teve como proposta promover a troca de experiências entre os departamentos que atuam em investigações de crimes dolosos contra a vida e trabalhar uma metodologia única para o cálculo de resolução de crimes.

“O encontro foi importante para que as Polícias Civis pudessem debater estratégias de padronização das unidades no País e fortalecer as instituições na atuação nos crimes contra a vida. Trocamos boas práticas e atuamos no sentido de buscar uma metodologia única no País para o cálculo da resolutividade dos crimes de homicídios ”, destacou Fausto.

O evento contou com a participação da chefe da Polícia Civil rio-grandense, delegada Nadine Anflor e da diretora do DHPP da instituição, Vanessa Pitrez. A presidente do CONCPC destacou que as discussões do encontro serão apresentadas aos delegados-gerais que participam, também no Rio Grande do Sul, da 55ª Ordinária do Conselho Nacional.

Palestras

Na primeira parte do encontro, os participantes assistiram uma palestra sobre o sistema penitenciário como fonte de produção de conhecimento na investigação de homicídios, com o Departamento Penitenciário Nacional.

 

O coordenador-geral de Crime Organizado da Secretaria de Operações Integradas (Seopi), do MJSP, delegado Carlos Augusto Bock falou sobre as estatégias nacionais de redução de homicídios no País.

O segundo dia do evento contou com palestras do vice-governador secretário de Segurança Pública do Rio Grande do Sul, Ranolfo Vieira, que falou sobre a estratégia de redução de homicídios no estado.

Leia mais:  Polícia Civil incinera cerca de 200 quilos de entorpecentes no norte de MT

A diretora do Insituto Sou da Paz, Carolina Ricardo, também participou do encontro e falou da participação da sociedade civil organizada na criação de políticas para a redução de crimes contra a vida no País.

Carta de Canelas

Ao final do encontro, os delegados apresentaram a Carta de Canelas com as propostas debatidas, como a padronização da metodologia para elucidação dos crimes, elaboração da estratégia nacional de redução de homicídios, fortalecimento das equipes das unidades policiais, cadeia de custódia e rede integrada de informações. O documento será entregue ao Conselho Nacional dos Chefes e Delegados-Gerais.

 

Foi também criado o Comitê Nacional de Chefes de Departamentos de Homicídios, sendo escolhida a delegada Vanessa Pitrez como presidente e o delegado Fausto Freitas como o representante da Região Cebtro-Oeste.

Com informações do DCS/ PC-RS

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana