conecte-se conosco


DIAMANTINO

Diamantino recebe caminhão caçamba do Governo Federal

Publicado


O prefeito municipal, Manoel Loureiro Neto (MDB) recebeu na manhã desta segunda-feira (29) um caminhão caçamba zero quilômetro, obtido através de convênio firmado entre o município e a Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia – SUDAM. O equipamento é parte do projeto do Governo Federal de destinar caminhões e máquinas como forma de incentivo a produção agrícola, além de auxílio na recuperação de estradas vicinais.

Adquirido pelo valor total de R$ 423 mil, teve o recurso destinado através de emenda parlamentar do deputado federal Emanuel Pinheiro Neto (PTB) com contrapartida do município de R$ 73 mil, vai incrementar a frota de veículos do município atendendo às secretarias de Infraestrutura no auxílio à manutenção dois mais de 1,4 mil quilômetros de estradas vicinais e na Agricultura nos programas de auxílio a agricultura familiar, com o transporte de fertilizantes doados pela suinocultura e indústria sucroalcooleira.

“O caminhão vem para reforçar os trabalhos desenvolvidos pela frota municipal nas varias frentes de trabalho organizadas nas zonas urbanas e rurais do município, principalmente em atendimento aos agricultores e pecuaristas, conservando os mais de 1,4 mil quilômetros de estradas e também servirá a agricultura familiar com os programas de distribuição de fertilizantes, proporcionando renda ao pequeno produtor”, disse Dr. Manoel Loureiro.

Comentários Facebook
Leia mais:  Prazo para pedidos de isenção no IPTU 2022 vai até 31 de março
publicidade

DIAMANTINO

Prazo para pedidos de isenção no IPTU 2022 vai até 31 de março

Publicado


O Governo Municipal de Diamantino, concede a isenção do Imposto Predial e Territorial Urbano – IPTU 2022, aos proprietários de imóveis que se enquadrem em algumas categorias. O Prazo para a solicitação vai até o dia 31 de março.

O benefício é válido apenas para imóveis residenciais de área urbana do município de Diamantino e devem ser requeridas através de processo administrativo, cujo o modelo está disponível para download no site da prefeitura, ou no Protocolo Central (hall de entrada do Paço Municipal), localizado na Av. JPF Mendes, 2287, bairro Jardim Eldorado, sendo posteriormente protocolizado junto a documentos comprobatórios de enquadramento. O benefício tem validade de um ano e deve ser renovado no exercício fiscal subsequente de modo a comprovar que mantém os requisitos.

A protocolização do processo, pode ser realizada presencialmente no Paço Municipal ou eletronicamente, através do e-mail [email protected], ou pelo WhatsApp (65) 98458-1126. Confira abaixo quem pode solicitar o benefício.

Quem tem direito a isenção?

  • Pessoas viúvas com idade superior há 50 anos, ou pessoas idosas com mais de 65 anos de idade, com tenham renda familiar até 120 Unidades Padrão Fiscal de Diamantino – UPFD (R$ 4.281,16) e não tenham contraído novas núpcias ou esteja em relacionamento de união estável.
  • Imóvel residencial onde resida pessoa portadora de necessidades especiais, pacientes oncológicos, portadores do da síndrome da imunodeficiência adquirida – HIV, e pacientes que nefrológicos em tratamento, desde que seja proprietário do imóvel, cônjuge ou parente até 3º grau deste sob seus cuidados.
  • Em todos os casos, é vedado ao proprietário que realize edificações para o uso comercial do imóvel cujo pretende-se a isenção, sob pena de fim do benefício da isenção.

Como requerer a isenção do IPTU 2022?

O contribuinte interessado, deverá apresentar no Protocolo Central, ou nos canais eletrônicos até o dia 31 de março, os seguintes documentos:

  1. Comprovante da renda dos componentes da família que residam no imóvel. (apenas para pessoas viúvas, conforme citado)
  2. Declaração de que os membros da família, que habitam sob o mesmo teto, possuam apenas aquele imóvel e que residam no mesmo.
  3. Comprovante da viuvez, da invalidez, necessidade especial ou das enfermidades acima descritas.
  4. Documento que comprove a idade do requerente.

Vale ressaltar que a as informações, poderão ser constatadas ´in loco´, caso a autoridade fiscal entenda necessário e a comprovação a qualquer tempo de informações falsas e a apresentação de documentos inidôneos, ensejará a revogação do benefício, bem como a cobrança dos débitos tributários de forma retroativa do contribuinte.

Leia mais:  Dor de garganta é sintoma mais comum da variante Ômicron, saiba todos

Comentários Facebook
Continue lendo

DIAMANTINO

Dor de garganta é sintoma mais comum da variante Ômicron, saiba todos

Publicado


A variante com maior velocidade de transmissão comunitária, desde o início da pandemia, a Ômicron, tem lotado os postos de atendimento médico e também o Centro de Triagem Covid-19 – CTC, de Diamantino com pessoas apresentando sintomas gripais, sendo a queixa mais comum a “dor de garganta”.

Perguntado sobre os efeitos da nova variante presente no município e em todo o Estado, o médico anestesiologista, Dr. Renan Loureiro, ressalta que a doença mutada não tem alteração nas condições clínicas, porém se manifestando de forma menos agressiva do que as variantes anteriores e enaltece a importância pela confirmação ao menor sinal de sintomas gripais para a contenção da disseminação do vírus.

“Tenho observado que a grande maioria dos casos de infecção pelo novo coronavírus, se manifestam de forma “leve” nos pacientes, o que via de regra leva às pessoas a não desconfiarem que possa ser a Covid-19. Contudo, se você tiver o menor sintoma respiratório, como tosse, coriza, espirros, por mais leve que seja, tem de suspeitar que possa ser o novo coronavírus”, adverte o médico. “Vale salientar que, em pessoas vacinadas, os sintomas da Ômicron parecem se concentrar no trato respiratório superior, como nariz e garganta”, acrescenta.

Sintomas da Ômicron

O período de incubação, ou seja, o intervalo entre a data de contato com o vírus, até o início dos sintomas, parece ser menor em pessoas contaminadas pela variante Ômicron em detrimento de outras variantes, sendo estimado em apenas 3 dias, mais rápido do que nas variantes Beta, Delta e Gama, que apresentavam sintomas entre o 2º e o 10º dia da exposição ao vírus.

Contudo, se a nova variante leva menos tempo para manifestar sintomas, assim também como leva menos tempo para começar a transmitir o vírus, também leva menos tempo para a se recuperar da infecção.

Há ainda um contrassenso entre os especialistas sobre essas novas condições, se por consequência da imunidade adquirida pelo ciclo vacinal, ou se é uma característica específica da Ômicron.

Veja os principais sintomas da Ômicron:

  • Febre e calafrios
  • Tosse
  • Dificuldade para respirar
  • Cansaço
  • Dor muscular, ou no corpo
  • Dor de cabeça
  • Perda de olfato ou paladar
  • Dor de Garganta
  • Congestão nasal, ou coriza
  • Náusea ou vômito
  • Diarreia

A Secretaria de Saúde e Vigilância Sanitária de Diamantino, reforça as ações em resposta aos surtos de covid-19 detectados no município, sendo a principal proposta, o funcionamento do Centro de Triagem Covid-19 – CTC, entre as 07:30 e 18:30 horas, durante os 7 dias da semana, bem como o recebimento dos pacientes com sintomas gripais no período vespertino pelas unidades básicas de saúde (PSF e ESF) em toda a zona urbana.

A orientação para os pacientes do bairro Novo Diamantino e adjacências é a de que ao sentir qualquer um dos sintomas relacionados acima, procurem a unidade de saúde do seu bairro para avaliação médica e com a notificação do médico, realizar o teste de antígeno no Laboratório Municipal de Diamantino, localizado anexo ao ESF Central.

Como evitar a infecção pela Ômicron?

As medidas de prevenção da covid-19, continuam valendo: vacinar-se, lavar as mãos constantemente com água e sabão, utilizar corretamente as máscaras de proteção facial (de preferência a PFF2, mais recomendada para conter a Ômicron, ou qualquer variante) evitar contato pessoal, aglomerações e ambientes pouco ventilados, assim como não tocar olhos, nariz e boca, quando as mãos não estiverem higienizadas, além de ficar isolado em casa se estiver doente ou com sintomas gripais.

Se você não estiver doente, ou não sentir sintomas gripais, não é necessário a realização do teste de antígeno, e no caso de contato com pessoas com confirmação de infecção, observar o aparecimento dos sintomas entre o 3º e 7º dia.

Dr. Renan loureiro reforça que para mitigar a transmissão comunitária de todas as variantes do novo coronavírus, é necessário que sejam realizados esforços conjuntos, entre Poder Público e a população.

“O principal fator para vencermos o vírus é a cooperação entre todos, em uma pandemia não dá para ser cada um por si. A situação requer esforço de todos, cabendo ao Poder Público o tratamento e imunização e a população adotar as medidas de enfrentamento amplamente disseminada desde o início da pandemia”, reforça.

Leia mais:  Prazo para pedidos de isenção no IPTU 2022 vai até 31 de março

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana