conecte-se conosco


ESPORTES

Com gols de Marinho e Marcos Guilherme, Santos FC vence mais uma na Vila Belmiro

Publicado


Em mais uma boa apresentação da equipe santista, e aproveitando o apoio maciço do torcedor, o Santos FC obteve mais uma grande vitória na noite desta quarta-feira (17), ao vencer a Chapecoense por 2 a 0. Marinho, de pênalti, e Marcos Guilherme, na segunda etapa, foram os autores do triunfo do Peixe, em jogo válido pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O Alvinegro volta a campo no domingo, para enfrentar o Corinthians na Arena de Itaquera, às 16h00.

O jogo
A primeira boa chegada do time santista ocorreu aos 7 minutos. Marinho achou Felipe Jonatan na entrada da área, e o camisa 3 chutou forte e de longe, e a bola explodiu na marcação dentro da área.

Sete minutos depois, Vinícius Zanocelo ficou com o rebote na entrada da área, e chutou firme pela lado esquerdo, e a bola foi desviado e o Peixe ganhou o escanteio.

Aos 22 minutos, Marinho foi para cima da marcação e sofreu pênalti no começo da área. Após revisão no VAR, a penalidade foi confirmada, e o camisa 11 foi para a cobrança. Com um chute forte, o atacante santista deslocou o goleiro, e abriu o placar na Vila Belmiro. Gol de número 41 de Marinho pelo Alvinegro.

Minutos depois, o mesmo Marinho acabou sofrendo uma lesão, e deixou o gramado para a entrada de Ângelo. Ao sair do campo, o atacante foi imensamente aplaudido pela torcida.

Na volta para o segundo tempo, Gabriel Pirani entrou na vaga de Camacho, e o professor Carille deixou a equipe mais ofensiva.

Os autores dos gols! (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

O arqueiro João Paulo e a defesa santista mais uma vez fizeram uma excelente partida, inibindo qualquer reação da equipe adversária.

Para finalizar mais um ótimo triunfo do time da Vila Belmiro, aos 38 minutos, Gabriel Pirani faz jogada pelo lado direito do ataque, e cruza rasteiro na medida para Marcos Guilherme, que com um leve toque na bola, amplia para 2 a 0, e assegura mais uma vitória para o Santos.

Leia mais:  Em segundo tempo bastante movimentado, Flamengo e Grêmio empatam por 2 a 2 em Porto Alegre

FICHA TÉCNICA
Santos FC 2 x 0 Chapecoense
Local: 
Estádio Vila Belmiro, em Santos.
Data: quarta-feira, 17 de novembro de 2021
Horário: 19h00
Árbitro: Paulo Cesar Zanovelli
Assistentes: Guilherme Dias Camilo e Ricardo Junio de Souza
Cartões Amarelos: Ângelo (SFC); Jordan e Busanello (ACF)
Gols: Marinho (p) aos 26min do primeiro tempo; Marcos Guilherme aos 38min do segundo tempo.
Santos FC: João Paulo; Danilo Boza, Luiz Felipe e Pará (Wagner Leonardo); Madson (Moraes), Camacho (Gabriel Pirani), Vinícius Zanocelo e Felipe Jonatan; Marcos Guilherme, Marinho (Ângelo) Diego Tardelli (Raniel). Técnico: Fábio Carille
ACF: João Paulo; Ezequiel, Láercio e Jordan; Busanello (Marquinho), Moisés Ribeiro (Alan Santos), Anderson Leite e Dener (Lima); Mike (Bruno Silva), Henrique Silva e Kaio Nunes (Geuvânio). Técnico: Felipe Endres.

Comentários Facebook
publicidade

ESPORTES

Abel comanda primeiro treino do Palmeiras em Montevidéu

Publicado


Felipe Melo treinou durante com o grupo (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

O Palmeiras treinou na tarde desta quinta-feira (25), no estádio Gran Parque Central, em Montevidéu (URU), na preparação à final da CONMEBOL Libertadores 2021 contra o Flamengo, neste sábado (27), às 17h, no Estádio Centenário. Sob forte chuva, foi o primeiro trabalho do Verdão em solo uruguaio desde o desembarque no país na noite desta quarta-feira (24).

Após uma atividade de vídeo no hotel e trabalhos de ativação física na academia, os jogadores foram ao campo do Nacional-URU para um treino tático de cerca de 1h de duração comandado pelo técnico Abel Ferreira e sua comissão técnica. Divididos em dois times, os jogadores ensaiaram o posicionamento, movimentações e jogadas, entre outros aspectos.

Assim como no treino de quarta (24), o meio-campista Felipe Melo treinou durante todo o tempo com o grupo. Ao final, o elenco praticou bolas paradas e cobranças de pênaltis e faltas.

Esta é a sexta final de Libertadores na história do Palmeiras. Primeiro clube brasileiro a chegar à decisão do torneio (em 1961, contra o Peñarol-URU, com o jogo de ida em Montevidéu), o Verdão é o que mais vezes alcançou a fase decisiva da competição, ao lado do São Paulo – foi campeão em 1999 e 2020 e vice-campeão em 1961, 1968 e 2000.

O Maior Campeão do Brasil é ainda o clube brasileiro com mais participações de Libertadores (21, ao lado de São Paulo e Grêmio), mais jogos (209), mais vitórias (116), mais vitórias como visitante (44), mais gols (390), mais gols como mandante (233) e mais gols como visitante (156 tentos).

Os jogadores Wesley e Gustavo Gómez (à direita) durante treinamento no Estádio Gran Parque Central, em Montevidéu (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)
fonte: https://www.palmeiras.com.br/pt-br/noticias/abel-comanda-atividade-tatica-no-primeiro-treino-do-palmeiras-em-montevideu/

Comentários Facebook
Leia mais:  São Paulo empata como Athletico pelo Brasileirão
Continue lendo

ESPORTES

Corinthians é superado pelo Ceará, na Arena Castelão.

Publicado



Rodrigo Coca / Agência Corinthians

Na noite desta quinta-feira (25), o Corinthians foi até o Ceará para mais uma partida do Brasileirão 2021. Pela 35ª rodada do nacional, o Timão foi derrotado na Arena Castelão, pelo placar de 2 a 1. O gol corinthiano foi marcado por Róger Guedes.

Com a derrota, o Timão continua com 53 pontos na competição e ocupa a 4ª posição da tabela.
Timão escalado
Para a partida diante do Ceará, o técnico Sylvinho escalou um onze inicial formado por: Cássio (capitão); Fagner, João Victor, Gil e Lucas Piton; Gabriel, Du Queiroz, Luan, Gabriel Pereira, Róger Guedes e Jô. À disposição no banco de reservas estavam: Matheus Donelli, João Pedro, Renato Augusto, Willian, Léo Santos, Gustavo Silva, Fábio Santos, Adson, Gustavo Mantuan, Raul Gustavo, Xavier e Vitinho
Primeiro tempo
A partida começou com grande pressão do Ceará e com 6 minutos, conseguiu abrir o placar. Após erro na saída de bola, o adversário conseguiu interceptar e finalizar para fazer 1 a 0.
A primeira chegada do Timão foi aos 11 minutos. Após boa troca de passes na intermediária, Luan rolou para Gabriel Pereira e o camisa 38 finalizou em cima da marcação, no rebote, Jô tentou, mas novamente a zaga adversária conseguiu o corte.
O Corinthians começou boa pressão para empatar a partida, e aos 20 minutos conseguiu uma grande chance. Gabriel Pereira fez ótima jogada individual e sofreu uma falta na entrada da área. No rebote da cobrança, Du Queiroz cruzou, mas a zaga afastou no momento em que Luan ia cabecear.
A melhor chegada do Corinthians no primeiro tempo foi aos 35 minutos. Du Queiroz arrancou bem pelo meio, tocou para Gabriel Pereira, que fez boa tabela com Róger Guedes. O camisa 123 devolveu para GP, que dentro da área finalizou no chão, mas o goleiro conseguiu boa defesa para evitar o empate.
Aos 39, outra boa chegada do Timão. João Victor desarmou o zagueiro adversário e a bola sobrou para Róger Guedes, que chutou forte rasteiro no canto direito, mas o goleiro adversário apareceu novamente para evitar o gol.
A última oportunidade da primeira metade foi de Gil. A bola caiu com o zagueiro após cobrança de falta e ele bateu de fora da área levando muito perigo.
Segundo tempo
O Corinthians voltou sem alterações para a segunda etapa, mas começou pressionando a saída de bola e criando espaços na defesa cearense.
Em busca de fôlego novo no time, Sylvinho fez duas alterações na equipe. Aos 11, Willian e Renato Augusto entraram no lugar de Du Queiroz e Luan, respectivamente.
Aos 22, a terceira substituição. Gabriel Pereira deu lugar à Gustavo Silva.
Na metade do segundo tempo, o Timão pressionava e tinha a posse de bola, mas não conseguia criar grandes chances para finalização.
A primeira chegada perigosa aconteceu aos 25, quando Renato Augusto recebeu em profundidade e cruzou rasteiro na primeira trave. Jô tentou o desvio, mas o zagueiro atrapalhou e a bola cruzou a área inteira sem desvio.
Logo em seguida, aos 27, João Victor jogou para Fagner que cruzou na cabeça de Jô, e novamente o goleiro adversário evitou o empate.
As últimas alterações do Timão vieram aos 36 minutos. João Pedro entrou no lugar de Fagner e Vitinho assumiu a vaga de Gabriel.
Aos 38, a pressão corinthiana surtiu efeito. Willian fez grande jogada pela ponta esquerda, rolou para Róger Guedes que driblou o zagueiro e finalizou forte no alto para empatar a partida.
Poucos minutos depois, aos 41, o Ceará conseguiu marcar o segundo gol em cruzamento na área.
O Timão teve uma última chance aos 46, quando Gustavo Silva finalizou após escanteio, mas não conseguiu marcar o gol de empate e assim acabou a partida. Ceará 2 x 1 Corinthians.
Próximo jogo
O Corinthians volta a entrar em campo no próximo domingo (25). Na Neo Química Arena, o Timão recebe o Athletico-PR, às 16h (horário de Brasília). Partida será válida pela 36ª rodada do Brasileirão.

Tags: Futebol, Notícias

  Corinthians empata com o em São Paulo e mantém o tabu contra o rival na Neo Química Arena

Leia mais:  Corinthians é superado pelo Ceará, na Arena Castelão.

fonte: https://www.corinthians.com.br/noticias/corinthians-e-superado-pelo-ceara-na-arena-castelao

COMENTE ABAIXO:

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana