conecte-se conosco


POLÍTICA NACIONAL

Bolsonaro é convidado a se filiar em partidos nanicos, que buscam crescimento

Publicado


source
Presidente Jair Bolsonaro é convidado a se filiar em partidos nanicos, que buscam crescimento
Isac Nóbrega/ PR

Presidente Jair Bolsonaro é convidado a se filiar em partidos nanicos, que buscam crescimento

Diante das dificuldades encontradas pelo PL e por  Jair Bolsonaro (sem partido) para fechar um acordo para 2022, partidos nanicos renovaram a disposição de abrigar o presidente da República. Sem um futuro definido, Bolsonaro chegou a negociar nos últimos meses com PTB, PRTB, PSC e Patriota, siglas que perderam a preferência por não possuírem a capilaridade de legendas do Centrão.

Além do partido de Valdemar Costa Neto, PP e Republicanos chegaram a sinalizar ao presidente da República.

Presidente interina do PTB, Graciela Nienov reafirmou nesta segunda-feira (15), em suas redes sociais, que o PTB está disposto a abrir espaço a pautas “conservadoras”. Ela ocupa o cargo provisoriamente, já que Roberto Jefferson, alvo de investigação por promover atos antidemocráticos, foi preso após decisão do Supremo Tribunal Federal (STF).

“Muita gente me ligando, falando da importância em convidar o Presidente Bolsonaro. Importante esclarecer que a nossa proposta já foi entregue nas mãos dele. Nós do PTB respeitamos o espaço do nosso Presidente. Ele sabe que aqui é a casa dos conservadores, então, é a casa dele”, disse Graciela.

Não há, porém, unanimidade entre os principais integrantes da sigla. Em episódio recente, o próprio Roberto Jefferson escreveu uma carta da prisão em que acusava Bolsonaro e seu filho, o senador Flávio Bolsonaro, de se “viciarem” em dinheiro público.

Na quarta-feira da semana passada, o PRTB formalizou um convite a Bolsonaro. Aldineia Fidélix, presidente da legenda, veio a público se manifestar em um vídeo.

Leia Também

Leia Também

“O PRTB está de braços abertos para recebê-los”, disse ela.

Leia Também

Evocando o lema “Deus, pátria e família”, Aldineia disse ainda que a legenda está a disposição do presidente, além de relembrar que a sigla indicou o vice da chapa em 2018, general Hamilton Mourão.

Leia mais:  Eleições 2022: PT negocia federação partidária com PCdoB e PSB

Patriota desiste

Por outro lado, há quem tenha desistido de Bolsonaro, diante da negociação errática colocada em prática nos últimos meses. Presidente nacional do Patriota, Ovasco Resende afirma que a legenda não tem mais interesse em contar com o presidente da sigla.

“Por decisão da Executiva Nacional, o Partido fará ampla consulta aos seus membros, sobre o assunto candidatura a Presidente da República. Se vai ter candidato próprio, ou se irá apoiar alguém. A tendência é não ter candidato. Quanto a vinda do Presidente para o Patriota, a atual Direção do Partido entende que é um assunto encerrado definitivamente”, disse ao Globo Resende.


Ainda há outros partidos que dialogam com Bolsonaro, mas ainda não se manifestaram, como o PSC. Parte da bancada de bolsonaristas na Câmara chegou a anunciar que iria para a legenda, mesmo com a negociação com o PL em andamento. O movimento, porém, arrefeceu.

Bolsonaro recebeu convites da sigla comandada por Pastor Everaldo, mas até o momento não deu sinais de que esse seria o seu caminho.

Comentários Facebook
publicidade

POLÍTICA NACIONAL

Bolsonaro grava vídeo pedindo que senadores aceitem Mendonça para o STF; assista

Publicado


source
Bolsonaro e André Mendonça
Reprodução

Bolsonaro e André Mendonça

O presidente Jair Bolsonaro gravou um vídeo nessa segunda-feira desejando ”boa sorte” ao ex-ministro da Justiça André Mendonça, que será sabatinado na próxima quarta-feira para o cargo de ministro do Supremo Tribunal Federal no Congresso . Na gravação, o mandatário disse que terá ”um representante de todos nós dentro do Supremo Tribunal Federal”.

[


“A gente espera, obviamente, que seja aprovado e tenhamos, então, um representante de todos nós dentro do Supremo Tribunal Federal. André, boa sorte. Senhores senadores, espero, de coração, que aprovem o nome dele […] Ao ser aprovado, temos um representante lá a altura dos interesses da nossa nação”, declarou o chefe do Executivo.

Leia Também

Indicado ao STF por Bolsonaro desde julho, Mendonça enfrentou resistência de Davi Alcolumbre (DEM-AP), presidente da Comissão de Constituição e Justiça do Senado, para pautar sua sabatina na Casa. Alcolumbre chegou a dizer que estava ”tudo parado” ao ser questionado sobre a indicação do ex-palaciano de Bolsonaro.

Para assumir a cadeira na Corte, Mendonça precisa ser aprovado pela maioria simples no Senado Federal, ou seja, ter o ”sim’ de 41 dos 81 parlamentares. O ex-advogado-geral da União foi indicado para vaga no STF após a aposentadoria do ministro Marco Aurélio Mello.

Leia mais:  Doria não descarta aliança com Sérgio Moro na eleições presidenciais de 2022

Comentários Facebook
Continue lendo

POLÍTICA NACIONAL

Alckmin diz que possibilidade para ser vice de Lula ‘caminha’

Publicado


source
 Geraldo Alckmin e Lula
Reprodução

Geraldo Alckmin e Lula

Em reunião na manhã desta segunda-feira (29), o ex-governador Geraldo Alckmin , que está de saída do PSDB , ouviu um apelo de dirigentes de centrais sindicais para que aceite ser vice na chapa encabeçada pelo ex-presidente Lula (PT).

Estavam presentes os comandos da Força Sindical, UGT, Nova Central e CTB. Apenas os representantes da última, que é ligada ao PCdoB, não foram diretos no apelo.

Em resposta, Alckmin disse ter se preparado novamente para concorrer ao governo do estado, mas afirmou que “surgiu a hipótese federal”. Essa hipótese exigirá trabalho, mas, segundo o ex-governador, “caminha”.

“Preparei-me novamente pra ser governador do estado. Surgiu a hipótese federal. Os desafios são grandes. Essa hipótese caminha e eu considero essa reunião com as quatro principais centrais histórica”.

Leia Também

Chamou a atenção dos presentes o fato de Alckmin ter tratado em sua fala da conjuntura internacional e dos caminhos para o Brasil sair da crise. As questões estaduais ficaram de fora.

Outro ponto foi o fato de o ex-governador ter aceitado rapidamente o encontro. O convite havia ocorrido na sexta-feira. Com saída anunciado do PSDB, Alckmin não deu pistas para qual partido migrará.

“Dentro da situação atual, seria muito importante que ele aceitasse (ser vice de Lula). Nós daremos todo o apoio”, afirmou Miguel Torres, presidente da Força.

O ex-governador paulista deve se reunir com sindicatos ligados à alimentação no dia 8 e aos metalúrgicos no dia 16.

Leia mais:  Pela primeira vez, pesquisa mostra aprovação do governo Bolsonaro abaixo dos 20%

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana