conecte-se conosco


POLÍTICA NACIONAL

Pesquisa: Maioria acredita que Auxílio Brasil reduz chance de voto em Bolsonaro

Publicado


source
Maioria acredita que Auxílio Brasil reduz chance de voto em Bolsonaro
Reprodução/Flickr

Maioria acredita que Auxílio Brasil reduz chance de voto em Bolsonaro

O instituto Genial/Quaest divulgará, nesta quarta-feira (27), uma pesquisa que mostra a opinião pública sobre o lançamento do Auxílio Brasil. Segundo o levantamento, 54% dos entrevistados dizem que o novo programa diminuirá as cnahces de voto no  presidente Jair Bolsonaro (sem partido) para a próxima corrida ao Planalto. As informações são do jornalista Guilherme Amado.

Segundo o documento, cerca de 25% afirmam que o sucessor do Bolsa Família aumentará a probabilidade de Bolsonaro ter mais votos na próxima eleição. Outros 20% não souberam responder ou não opinaram.

De acordo com o levantamento, 70% dos participantes disseram estar informados a respeito do Auxílio Brasil. Outros 30% afirmaram que não sabiam do novo programa.

Se o novo benefício, que deve furar o teto de gastos, seria um risco fiscal à saúde financeira do país, 53% responderam que sim. Outros 47% disseram que desconhecem o risco que o país pode correr.

Leia Também


Ao questionar a preferencia e simpatia dos participantes sobre Bolsonaro e o ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva (PT), 53% disseram ser simpáticos ao petista, enquanto 39% revelaram que preferem o atual mandatário. Outros 8% não responderam.

A pesquisa entrevistou 1.038 pessoas nos dias 23 e 24 de outubro e a margem de erro é de 3,1%.

Comentários Facebook
Leia mais:  Evangélicos cedem 8 jatinhos para garantir senadores em votação de Mendonça
publicidade

POLÍTICA NACIONAL

Evangélicos cedem 8 jatinhos para garantir senadores em votação de Mendonça

Publicado


source
null
Agência Brasil

undefined


A fim de garantir que o Supremo Tribunal Federal (STF) tenha um ministro “terrivelmente evangélico”,  como prometido pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em 2019, lideranças religiosas não têm poupado esforços. Elas conseguiram pelo menos oito jatinhos e aeronaves de pequeno porte para levar senadores a Brasília na próxima semana. 

Na próxima terça-feira (30), o ex-advogado-geral da União, André Mendonça,  será sabatinado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado. O colegiado vai apreciar a indicação feita por Bolsonaro para a Corte.

Segundo a coluna de Igor Gadelha, no Metrópoles, os aviões foram colocados à disposição de apoiadores por empresários e pastores que possuem aeronaves. O esquema foi organizado de tal forma que os jatinhos serão distribuídos estrategicamente em quase todas as regiões do Brasil. Serão dois no Norte, dois no Nordeste, três no Sudeste e um no Sul.


De acordo com a publicação, a medida foi pensada porque pilotos e comissários anunciaram greve para a próxima segunda (29) e as lideranças ainda temem que o presidente da CCJ, senador Davi Alcolumbre (DEM-AP) consiga fazer com que senadores não compareçam à votação. O parlamentar  retardou a votação de Mendonça ao longo dos últimos quatro meses.

Comentários Facebook
Leia mais:  Rachadinhas: STF agenda julgamento de Flávio Bolsonaro por foro privilegiado
Continue lendo

POLÍTICA NACIONAL

Evangélicos cedem 8 jatinhos para garantir senadores em votação de Mendonça

Publicado


source
null
Agência Brasil

undefined


A fim de garantir que o Supremo Tribunal Federal (STF) tenha um ministro “terrivelmente evangélico”, como prometido pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) anos atrás, lideranças religiosas não têm poupado esforços. Elas conseguiram pelo menos oito jatinhos e aeronaves de pequeno porte para levar senadores a Brasília na próxima semana. 

Na próxima terça-feira (30), o ex-advogado-geral da União, André Mendonça, será sabatinado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado. O colegiado vai apreciar a indicação feita por Bolsonaro para a Corte.

Segundo a coluna de Igor Gadelha, no Metrópoles, os aviões foram colocados à disposição de apoiadores por empresários e pastores que possuem aeronaves. O esquema foi organizado de tal forma que os jatinhos serão distribuídos estrategicamente em quase todas as regiões do Brasil. Serão dois no Norte, dois no Nordeste, três no Sudeste e um no Sul.

De acordo com a publicação, a medida foi pensada porque pilotos e comissários anunciaram greve para a próxima segunda (29) e as lideranças ainda temem que o presidente da CCJ, senador Davi Alcolumbre (DEM-AP) consiga fazer com que senadores não compareçam à votação. O parlamentar retardou a votação de Mendonça ao longo dos últimos quatro meses.

Comentários Facebook
Leia mais:  PGR pede ao STF adoção de providências com base em relatório da CPI da Covid
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana