conecte-se conosco


TCE MT

TCE-MT reforça compromisso de combate ao suicídio com adesão ao Setembro Amarelo

Publicado


Tony Ribeiro/TCE-MT

Durante a sessão ordinária remota desta terça-feira (14) o presidente do Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT), conselheiro Guilherme Antonio Maluf, reforçou o compromisso da instituição com a proposta do Setembro Amarelo, mês dedicado ao alerta a transtornos mentais e combate ao suicídio.

“Iniciamos a sessão plenária de hoje abordando um tema que requer nossa atenção: o suicídio. Embora o assunto ganhe visibilidade ao longo do Setembro Amarelo, mês escolhido para reforçar a disseminação de informações e prevenir essas mortes, devemos nos manter atentos durante todo o ano”, disse.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o número anual de mortes anuais por esta causa em todo mundo chega a 1 milhão. Só no Brasil são registrados cerca de 12 mil suicídios por ano. Os dados apontam ainda  que uma pessoa se suicida a cada hora, enquanto outras três tentaram se matar sem sucesso no mesmo período.

“Um problema de saúde pública dessa magnitude não pode ser negligenciado. Por isso é nosso dever reforçar a todos que, ao perceberem sinais de alerta em familiares, amigos ou colegas de trabalho, os incentivem a procurar ajuda de profissionais de serviços de saúde, de saúde mental, de emergência ou apoio”, ponderou o presidente.

Para simbolizar o engajamento do Tribunal, a fachada do órgão foi iluminada com luzes amarelas e todos os membros do plenário e servidores passaram a usar um laço desta mesma cor, símbolo mundial do Setembro Amarelo.

Na ocasião, Maluf lembrou ainda o serviço prestado pelo Centro de Valorização da Vida (CVV), que oferece suporte emocional e prevenção do suicídio, atendendo voluntária e gratuitamente todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo, por telefone, email, chat e voip 24 horas todos os dias. Basta ligar 188.

Leia mais:  Municípios participam do Conexão TCE e agradecem por aproximação com os gestores

Andre Garcia Santana
Secretaria de Comunicação/TCE-MT
E-mail: [email protected]
Flickr: clique aqui

Fonte: TCE MT

Comentários Facebook
publicidade

TCE MT

Titular da SAI representa TCE-MT em Conferência Preparatória para Conae-SC

Publicado


Clique para ampliar

A titular da Secretaria de Articulação Institucional e Desenvolvimento da Cidadania (SAI) do Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT), Cassyra Vuolo, é uma das palestrantes da Conferência Preparatória que antecede a Conferência Nacional da Educação de Santa Catarina (Conae-SC). O encontro será realizado na segunda-feira (27) às 16h.

Na ocasião, serão debatidos assuntos como planos de educação, controle social, peças orçamentárias e direito à educação, além de gestão e transparência no financiamento da educação.

O evento é uma realização do Tribunal de Contas de Santa Catarina (TCE-SC) em parceria com o Fundo Nacional de Educação (FNE) e o Fundo Estadual de Educação de Santa Catarina (FEE).

Também participam o conselheiro substituto do Tribunal de Contas de Santa Catarina (TCE-SC) e membro do Comitê Técnico da Educação do Instituto Rui Barbosa (IRB), Gerson dos Santos Sicca e o representante da Associação dos Administradores Escolares de Santa Catarina, João Carlos da Gama.

Fonte: TCE MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Pleno aprecia auditoria de conformidade na Seplag
Continue lendo

TCE MT

Pleno aprecia auditoria de conformidade em secretaria de estado

Publicado


Tony Ribeiro/TCE-MT

O Pleno do Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT) apreciou auditoria de conformidade instaurada para apurar possíveis irregularidades no não parcelamento do objeto do pregão eletrônico 48/2015, realizado pela então Secretaria de Estado de Planejamento (Seplan).

O processo, sob relatoria do conselheiro Antonio Joaquim, diz respeito ao exercício de 2015 e averiguou se o procedimento licitatório estava em conformidade com as legislações Federal e Estadual.

Durante a sessão ordinária remota de terça-feira (21), ao fazer a leitura do voto, o relator chamou a atenção para o fato de que, em inspeção realizada pela equipe técnica, foi constatada a ausência de justificativa de inviabilidade técnica e econômica para o não parcelamento do objeto.

“Entendo que a administração deveria ter realizado um estudo antecipado comprovando que o não parcelamento do objeto teve preço mais vantajoso”, ponderou. Diante disso, emitiu determinações para que a atual gestão da Pasta adote as medidas cabíveis.

Clique aqui e confira o vídeo completo do julgamento.

Secretaria de Comunicação/TCE-MT
E-mail: [email protected]
Flickr: clique aqui

Fonte: TCE MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Conselheiro Waldir Teis é reintegrado ao TCE-MT
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana