conecte-se conosco


POLICIAL

Preso em flagrante por roubo contra promotoras de vendas, suspeito cometeu seis crimes em três dias

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

Policiais da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Várzea Grande (Derf) prenderam em flagrante na tarde desta terça-feira (21) D.S.P, de 20 anos, por roubo tentado e consumado, em continuidade delitiva. O suspeito vinha aterrorizando o comércio de Várzea Grande com a prática dos crimes.

Após diligências, os investigadores conseguiram localizar o suspeito do roubo cometido contra duas promotoras de vendas da Amtu. Na tarde de segunda-feira, ele abordou uma promotora de venda que estava em seu posto de trabalho, um ponto de ônibus em frente a uma agência da Caixa Econômica Federal, na Avenida Filinto Muller, no centro de Várzea Grande.

Ele colocou a mão na cintura, demonstrando estar armado, e anunciou o roubo ordenando que a vítima entregasse o dinheiro da venda de cartões telefônicos. Temendo por sua vida, em uma reação desesperada a vítima saiu correndo e pediu socorro em uma lanchonete próxima, impedindo que o roubo se consumasse.

Não se contentando em não ter consumado o roubo, o suspeito foi até outro ponto de ônibus, na mesma avenida, e rendeu outra promotora de venda, da mesma forma anterior. Ameaçando a vítima, ele ordenou que ela entregasse o dinheiro e fugiu levando R$ 396,55 da venda de cartões de transporte coletivo.

Outros roubos

De acordo com as investigações da Derf de Várzea Grande, o suspeito é reincidente na prática de roubos. Somente no último sábado, 18 de setembro, ele praticou quatro roubos, sendo três contra postos de combustíveis localizados nas Avenidas Alzira Santana, Júlio Campos e Filinto Muller utilizando o mesmo modus operandis. Ele chegava aos locais, colocava a mão na cintura demonstrando estar armado e rendia os operadores de caixa ordenando que entregassem o dinheiro.

Leia mais:  Quatro são presos pela Polícia Civil em 'escritório do crime' criado para aplicar golpes de estelionato

Além dos três postos de combustíveis, no sábado ele roubou uma farmácia na Avenida Ari Leite de Campos, no Jardim Itororó, quando também rendeu o caixa do estabelecimento e mandou que entregasse o dinheiro.

Na Delegacia, ele relatou que recebeu no ano passado cinco parcelas do auxílio emergencial e atualmente está desempregado. Afirmou ser usuário de maconha e cocaína e, ao ser indagado o que fez com os valores levados nos seis roubos praticados, disse que entre sábado e terça-feira gastou o dinheiro com bebida, mulheres e droga.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
publicidade

POLICIAL

Quatro são presos pela Polícia Civil em ‘escritório do crime’ criado para aplicar golpes de estelionato

Publicado


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT 

Quatro pessoas foram na tarde desta sexta-feira, 22 de outubro, em Rondonópolis, depois que a Polícia Civil flagrou um grupo, no bairro Jardim Atlântico, que mantinha um ‘escritório do crime’ criado para a prática de golpes de estelionato.

Uma investigação da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) apontou que na residência, diversas pessoas se reuniram para planejar e executar golpes, entre eles, de estelionato.

No local havia seis pessoas, todas com vários registros criminais, e quatro delas estavam com mandados de prisões decretados e em aberto por crimes como roubo, tráfico e organização criminosa.

A equipe da DERF apurou ainda que o grupo planejava cometer crimes neste final de semana, em Rondonópolis.

Com os suspeitos foram apreendidas anotações, documentos, chips lacrados de telefonia celular. Eles foram autuados em flagrante por associação criminosa e posse de drogas.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Policiais civis são homenageados com mérito Guardiões do Roncador
Continue lendo

POLICIAL

Policiais civis de Barra do Garças são capacitados em atendimento humanizado a vítimas de violência

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

Policiais civis de Barra do Garças (509 km a leste de Cuiabá) participaram, nesta sexta-feira (22.10), de uma capacitação voltada a servidores da Segurança Pública para o atendimento humanizado a vítimas de violência.

A capacitação foi promovida pela Rede de Enfrentamento à Violência Contra a Mulher de Barra do Garças, em parceria com a faculdade Unicathedral, e conta com a participação de policiais civis e militares. 

Os temas abordados na capacitação são “Princípios e práticas de formação de policiais para atendimento às mulheres em situação de violência”, “Como, quando e como a submissão feminina passou a existir”, “Crimes com investigações atribuídas à Delegacia da Mulher”.

Entre os palestrantes estão a professora Fiona Macaulay, de uma universidade da Inglaterra, a representante do Ministério Público, Michelle Moraes Santos e a delegada Jozirlethe Criveletto, da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher (DEDM) de Cuiabá.

Segundo a diretora de projetos da Rede de Frente, investigadora Andréa Guirra, a capacitação é ministrada presencialmente na Câmara Municipal de Vereadores de Barra do Garças e também on-line. 

“Além dos servidores da área de segurança, a capacitação também conta com a participação do público em geral, como alunos e pessoas de outros municípios que acessam o conteúdo de forma remota”, disse a investigadora.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Polícia Civil prende autor de tortura e cárcere privado contra funcionário de empresa na região Oeste de MT
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana